O CCleaner, popular programa de otimização de PCs com Windows, foi alvo de um ataque hacker. Comprado recentemente pela Avast, o software é conhecido por remover lixo eletrônico para acelerar o computador e foi baixado mais de 2 bilhões de vezes só em 2016. Segundo especialistas do grupo Talos, vinculado à empresa de infraestrutura de rede Cisco, uma versão modificada do CCleaner foi baixada por mais de 2,2 milhões ao longo de um mês. O software contém um código malicioso capaz de baixar automaticamente ransomwares (sequestrador de dados) e keyloggers (gravador de digitação).
A Avast e a empresa desenvolvedora do CCleaner, a Piriform Ltd., estão cientes do problema e já disponibilizaram uma nova versão sem infecção para download. Por enquanto, investigações indicam que, apesar do software afetado ter sido baixado milhões de vezes, não houve roubo de dados bancários ou arquivos sigilosos das vítimas.
CCleaner foi infectado por hackers (Foto: Divulgação/CCleaner) CCleaner ou PrivaZer: Qual o ...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.