Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Project CARS foi lançado como o que deveria ser o simulador definitivo para os fãs de corrida. Apesar de ser um ótimo jogo, existiam elementos nele que poderiam ser melhorados. Com o anúncio de sua sequência, Project CARS 2, surgiu a esperança de que agora teríamos o melhor jogo de corrida da atualidade. Será que o game, disponível para PC, Xbox One e PlayStation 4 conseguiu atender à essa expectativa? Confira no review a seguir.

Confira o review do primeiro Project CARS

Trabalhando em cima de uma base bem estabelecida

O anúncio de Project CARS 2 foi visto por alguns como um tanto precipitado, vide que o primeiro game ainda estava recebendo atualizações e novos carros e pistas. Mesmo assim, a ideia de que ele traria, além de melhorias, novidades como corridas off-road.Essas corridas funcionam muito bem e apresentam talvez a maior mudança dessa sequência em relação ao jogo anterior: sua jogabilidade.

Project CARS 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project CARS 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)

No primeiro Project CARS, ficava claro que o melhor jeito de se jogar era usando um volante, enquanto no controle, você teria uma experiência, no máximo, aceitável. Isso mudou em Project CARS 2, já que os controles são bem melhores, respondendo com precisão aos seus comandos.

Obviamente, isso é potencializado caso você utilize um volante. Ao mesmo tempo que isso entrega uma experiência incrível para aqueles que querem curtir um bom simulador de corridas, se você não tem tanta experiência, pode sofrer um bocado até pegar o jeito. Mesmo ativando vários facilitadores, o jogo ainda é bem cruel caso você realize um erro sequer.

O game ainda consegue trazer algumas facilidades para aqueles que não dominam muito as várias configurações que podem tornar um carro em uma máquina vencedora. Agora, é possível consultar um mecânico e, respondendo algumas perguntas, receber dicas exatas do que você deve fazer com o carro para deixá-lo com a melhor configuração para uma corrida.

Isso ajuda demais, principalmente nas corridas off-road, em que um setup diferenciado pode fazer a diferença na hora de diminuir o seu tempo em relação aos seus oponentes. A inteligência artificial também está bem melhor, conseguindo agir de maneiras mais realistas do que antes. Uma vantagem é que você pode configurar a habilidade do computador para se adaptar melhor ao seu estilo de gameplay.

Um conteúdo mais rico

O primeiro Project CARS tinha uma quantia considerável de carros e pistas disponíveis, mas muitas das máquinas ali presentes não causavam muita emoção no jogador. Project CARS 2 mudou isso, trazendo uma ótima variedade de modelos, com algumas marcas famosas, como Ferrari, Porsche e Lamborghini. Particularmente, correr com uma Lamborghini Diablo é muito mais divertido do que outros possantes do game anterior.

Project CARS 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project CARS 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)


O modo online do jogo também é bem interessante, com modos que parecem ter sido criados para um público que curte eSports, com competições preparadas para a transmissão pela internet.

Caso você queira só aproveitar tudo o que o jogo tem para oferecer, o modo offline permite que você crie corridas com todos os elementos possíveis, tendo acesso a todos os carros e pistas do game, aplicando mudanças climáticas para gerar corridas absurdas e emocionantes.

Gráficos e som de tirar o chapéu

Assim como no primeiro jogo, Project CARS 2 traz gráficos e sons excelentes, mas essa sequência conseguiu deixar tudo ainda melhor. Os detalhes gráficos do jogo têm como destaque o clima. Caso você comece uma corrida e chova, é possível ver poças d’água se formando no asfalto. Se a corrida é longa, a chuva para e sai sol, é possível ver as mesmas poças começarem a desaparecer. Isso dá uma sensação de que o mundo de Project CARS 2 é como o nosso, que está em um constante estado de mudança.

Project CARS 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)Project CARS 2 (Foto: Divulgação/Bandai Namco)




O som do game também impressiona, com efeitos que vão além do ronco dos motores. É possível ouvir o vento no parabrisas, o pneu raspando no asfalto, tudo com um realismo sem igual. Caso você tenha um bom sistema de som ou fones de qualidade, poderá aproveitar ainda mais as suas corridas.

Conclusão

Project CARS 2 tinha como objetivo, desde o seu anúncio, melhorar elementos do jogo original, além de mostrar sua necessidade de existir, já que foi anunciado com pouco tempo do primeiro game nas lojas. O lançamento da Bandai Namco não só cala aqueles que duvidavam que ele poderia ser melhor, como também se torna obrigatório para os fãs de bons simuladores de corrida, sejam no asfalto ou fora dele.

Project CARS é o melhor simulador de corrida? Comente no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.