Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Galaxy J7 é vendido em três variantes no Brasil, além da versão mais básica, de 2015: Galaxy J7 Metal (2016), Galaxy J7 Prime (2016) e Galaxy J7 Neo (2017). Diante de tantas opções, é possível que o consumidor fique confuso na hora de escolher o melhor modelo da Samsung para seu perfil de uso. Na ficha técnica, os celulares diferem em tela, memória RAM e armazenamento. Já a câmera principal permanece a mesma em todos os modelos.

Para ajudar você a entender melhor o que muda em cada versão do Galaxy J7, o TechTudo preparou um artigo que explica em detalhes as especificações dos smartphones.

Galaxy J7 Prime é a versão mais potente entre as opções da linha J7 vendidas no Brasil (Foto: Ana Marques/TechTudo)Galaxy J7 Prime é a versão mais potente entre as opções da linha J7 vendidas no Brasil (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Galaxy J7 Prime é a versão mais potente entre as opções da linha J7 vendidas no Brasil (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Especificações técnicas

O Galaxy J7 Prime é a opção mais avançada entre os modelos da família J7 vendidos no Brasil. O celular tem o mesmo processador octa-core de até 1,6 GHz (Exynos 7870) das versões Neo e Metal, porém conta com maior quantidade de memória RAM: são 3 GB contra 2 GB dos outros smartphones.

Desse modo, é provável que o J7 Prime tenha a melhor performance ao executar jogos e outros aplicativos pesados. O telefone também deve ter boa fluidez ao rodar dois apps simultaneamente.

O armazenamento do modelo Prime também é maior. São 32 GB, com possibilidade de expansão em até 256 GB via cartão microSD. O J7 Metal e Neo têm memória interna de 16 GB – a diferença fica por conta do suporte à cartões de memória: o Metal comporta microSD de até 128 GB, enquanto o Neo é compatível com entrada para microSD de até 256 GB.

Galaxy J7 Metal tem desempenho mais modesto, com 2 GB de memória RAM (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)Galaxy J7 Metal tem desempenho mais modesto, com 2 GB de memória RAM (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Galaxy J7 Metal tem desempenho mais modesto, com 2 GB de memória RAM (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Design e acabamento

Apesar da nomenclatura, qualquer um dos três J7 analisados aqui oferece corpo em metal, o que garante o visual premium do celular. No J7 Metal, apenas as bordas laterais do telefone são feitas em alumínio – a parte de trás é de plástico. Para quem valoriza o fácil acesso e remoção da bateria, esse detalhe pode ser positivo: dos três, o J7 Metal é o único que permite remoção da tampa.

Em termos de dimensões, os três modelos têm perfil muito parecido, já que todos são construídos em torno de uma tela de 5,5 polegadas. O J7 Metal mede 151,7 x 76 x 7,8 mm, o J7 Prime fica em 151,7 x 75 x 8 mm e, por fim, o J7 Neo tem 152,4 x 78,6 x 7,6 mm. Os celulares pesam 169 g, 167 g e 170 g, respectivamente.

Galaxy J7 Neo é vendido nas cores preto (foto) e dourado (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)Galaxy J7 Neo é vendido nas cores preto (foto) e dourado (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Galaxy J7 Neo é vendido nas cores preto (foto) e dourado (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Os três modelos têm botão Home na frente, porém apenas o J7 Prime conta com leitor de digitais, localizado sobre o botão.

Com relação às cores, as variações também existem. O J7 Metal e o J7 Neo têm versões em preto e dourado. O J7 Prime também é vendido nas cores das versões anteriores, mas também há modelos em rosa.

Tela

Conforme adiantado anteriormente, os três Galaxy J7 comparados aqui contam com displays de 5,5 polegadas. Mas há diferenças nas resoluções: enquanto Prime traz tela Full HD (1920 x 1080 pixels), o Metal e o Neo têm paineis mais simples, com resolução apenas HD (1280 x 720 pixels). Dessa forma, J7 Prime também tem maior densidade de pixels, o que deve proporcionar imagens mais nítidas.

Além disso, as tecnologias de tela variam: o J7 Metal e o J7 Neo têm display Super AMOLED, que prometem cores intensas mesmo sob a luz do sol. Já o J7 Prime traz tela ainda no antigo LCD TFT, que exige uma luz de fundo sempre acesa, o que resulta em um preto menos profundo e contrastes menos intensos.

Galaxy J7 Prime tem tela Full HD de 5,5 polegadas (Foto: Ana Marques/TechTudo)Galaxy J7 Prime tem tela Full HD de 5,5 polegadas (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Galaxy J7 Prime tem tela Full HD de 5,5 polegadas (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Câmeras

A câmera principal dos três smartphones têm 13 megapixels com abertura de lente f/1.9, o que é considerado um bom número para tirar fotos em ambientes com pouca luminosidade. As diferenças ficam por conta dos sensores frontais, que são de 5 MP nos modelos Metal e Neo e 8 MP no J7 Prime.

A abertura de lente do J7 Metal é f/1.9 – maior do que a f/2.2 do Galaxy J7 Neo. Nesse caso, o modelo mais recente é também o que tem menos entrada de luz para selfies, o que deve dificultar bons resultados em ambientes escuros.

Galaxy J7 Prime tem câmera traseira de 13 MP (Foto: Ana Marques/TechTudo)Galaxy J7 Prime tem câmera traseira de 13 MP (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Galaxy J7 Prime tem câmera traseira de 13 MP (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Com relação a gravação de vídeos, há um empate entre os três modelos: a resolução máxima de gravação é o Full HD (1920 x 1080 pixels) a uma taxa máxima de 30 quadros por segundo. Nenhum dos modelos apresenta recursos de estabilização ótica de imagem mais avançados.

Sistema

Lançado em 2016, o J7 Metal sai de fábrica ainda com o Android 6. O modelo Prime também usa essa versão do Android. Nesse sentido, a vantagem recai sobre o Neo que, com lançamento em 2017, já chega com o Android 7 à bordo e deve estar entre os aparelhos da Samsung que receberão o Android 8, com foco em otimização de bateria.

Bateria

O J7 Metal tem bateria de 3.300 mAh, suficiente para 14 horas de duração com o uso de 4G, nas estimativas da Samsung. O J7 Prime tem um componente de mesma capacidade, mas a autonomia é de até 15 horas no 4G. Já o J7 Neo traz 3.000 mAh e tem a menor estimativa de duração de bateria: 13 horas com o uso do 4G.

Galaxy J7 Neo tem menor capacidade de bateria entre os modelos da linha J7 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)Galaxy J7 Neo tem menor capacidade de bateria entre os modelos da linha J7 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Galaxy J7 Neo tem menor capacidade de bateria entre os modelos da linha J7 (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Preço no Brasil

O J7 Prime, com configurações mais avançadas, custa R$ 1.499 no site da Samsung. No entanto, ele é vendido por cerca de R$ 950 no mercado brasileiro. Apesar de vir com Android 6, o celular deve oferecer melhores condições de uso a longo prazo, já que conta com mais memória RAM e espaço para armazenar arquivos.

A escolha tende a ser mais difícil entre os modelos J7 Metal e o J7 Neo. Com especificações mais simples e mais tempo no mercado, o Metal é vendido por R$ 1.099 na loja da fabricante. No e-commerce nacional, no entanto, o celular é encontrado em promoções a partir de R$ 765. Já o Neo, além de mais recente, é o modelo mais barato: R$ 999 na loja oficial e a partir de R$ 680 no varejo.

Qual o melhor celular intermediário? Opine no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.