Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Twitter anunciou ontem (26) o fim do limite de 140 caracteres. A característica – considerada uma das mais marcantes do microblog – foi derrubada inicialmente, apenas para um pequeno grupo de usuários. No entanto, após estes primeiros testes, há a possibilidade de que todas as mensagens passem a ter 280 caracteres.

Na própria rede social, muitas pessoas comentaram a mudança e afirmaram que a alteração não era uma solicitação do público. Em 2016, após boatos, o CEO do Twitter, Jack Dorsey, havia declarado que o limite seria mantido.

Pequeno grupo de usuários agora poderá testar mensagens com 280 caracteres no Twitter (Foto: Divulgação/Twitter)Pequeno grupo de usuários agora poderá testar mensagens com 280 caracteres no Twitter (Foto: Divulgação/Twitter)

Pequeno grupo de usuários agora poderá testar mensagens com 280 caracteres no Twitter (Foto: Divulgação/Twitter)

De acordo com o Twitter, a abertura para tuítes com 280 caracteres serve para ajudar os usuários do Ocidente a publicarem mais seus pensamentos e ideias. O microblog afirma que o público de idiomas como japonês, chinês e coreano pode transmitir longas informações em 140 caracteres e, no caso dos japoneses, atingir o limite de texto em apenas 0,4% dos posts. Entretando, usuários que falam inglês precisam cortar palavras e expressões importantes com mais frequência para caber no mesmo espaço.

"A maioria dos tuítes japoneses tem 15 caracteres, enquanto a maioria dos tuítes em inglês tem 34. Nossa pesquisa nos mostra que o limite de caractere é uma grande frustração para pessoas que tuítam em inglês, mas não é para quem tuíta em japonês. Além disso, em todos os mercados, quando as pessoas não precisam colocar seus pensamentos em 140 caracteres e, na verdade, têm muito de sobra, vemos mais pessoas tuitando, o que é fantástico!", afirma o Twitter em seu blog oficial.

Em uma pesquisa, rede social descobriu que usuários que escrevem em inglês costumavam atingir limite mais vezes (Foto: Divulgação/Twitter)Em uma pesquisa, rede social descobriu que usuários que escrevem em inglês costumavam atingir limite mais vezes (Foto: Divulgação/Twitter)

Em uma pesquisa, rede social descobriu que usuários que escrevem em inglês costumavam atingir limite mais vezes (Foto: Divulgação/Twitter)

A mudança, por enquanto, ficará restrita a um pequeno grupo de usuários. Segundo o Twitter, o período de testes servirá para coletar dados e reunir feedbacks sobre a novidade antes de decidir se o limite de 280 caracteres será lançado para todos.

Desde o ano passado, o fim dos 140 caracteres já era trabalhado na plataforma. Em maio de 2016, o Twitter deixou de contabilizar links para outros sites e mídias (fotos e vídeos) dentro das mensagens. A mudança já fez com que o usuário ganhasse cerca de 15 caracteres extras ao publicar imagens. Além disso, em março de 2017, uma alteração nas replys também influenciou no limite e facilitou conversas dentro do microblog.

Jack Dorsey descumpre garantia

Em 2016, o CEO do Twitter, Jack Dorsey, garantiu que o limite de 140 caracteres seria mantido no microblog após a mudança no texto das Mensagens Diretas (DM), que passou a aceitar mensagens de até 10 mil caracteres na época. Após o anúncio oficial desta terça-feira, porém, Dorsey se pronunciou em sua conta pessoal sobre a novidade.

CEO do Twitter afirma que mensagens com 280 irão manter velocidade e essência do microblog (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)CEO do Twitter afirma que mensagens com 280 irão manter velocidade e essência do microblog (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

CEO do Twitter afirma que mensagens com 280 irão manter velocidade e essência do microblog (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

"Esta é uma pequena mudança, mas um grande passo para nós. 140 foi uma escolha arbitrária, com base no limite de 160 caracteres de SMS. Orgulhoso de como o time tem resolvido um problema real das pessoas quando tentam tuítar. E ao mesmo tempo mantendo nossa brevidade, velocidade e essência", comentou o CEO, recordando o motivo para o limite de 140. Quando foi criado, em 2006, o Twitter recebia publicações a partir de mensagens de texto do celular (SMS) e por isso a limitação da época foi implementada no microblog.

Usuários não aprovaram a mudança

Logo após o anúncio da queda do limite de 140 caracteres, usuários do Twitter começaram a se manifestar contra a mudança. Muitos afirmam que a alteração não é necessária e alguns aproveitaram para relembrar o finado Orkut. Para quem já está com o recurso habilitado no perfil, foi a hora dos primeiros testes.

Usuários do Twitter se manifestam sobre novo limite de caracteres (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)Usuários do Twitter se manifestam sobre novo limite de caracteres (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

Usuários do Twitter se manifestam sobre novo limite de caracteres (Foto: Reprodução/Isabela Giantomaso)

Twitter não mostra notificação: como resolver problema? Opine no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.