Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A nova Fusion foi oficialmente apresentada pela GoPro e já tem data para chegar ao mercado norte-americano: 30 de novembro. A novata terá uma série de rivais interessantes, com destaque à Gear 360 2017 da Samsung: câmera compacta e de boas especificações, a Gear é mais barata e pode ser encontrada no Brasil atualmente. A seguir, vamos comparar a GoPro Fusion e Samsung Gear 360 2017 a partir de recursos, funções extras e especificações técnicas para você descubrir qual é o melhor modelo para suas necessidades.

Comparativo câmeras 360: veja qual a melhor para investir (Foto: Arte/TechTudo)Comparativo câmeras 360: veja qual a melhor para investir (Foto: Arte/TechTudo)

Comparativo câmeras 360: veja qual a melhor para investir (Foto: Arte/TechTudo)

Especificações técnicas: GoPro Fusion

Nas especificações técnicas, sobretudo do ponto de vista da captura de vídeo, a vantagem é toda da GoPro. A Fusion permite gravação de vídeo em 360 graus a uma resolução máxima equivalente a 5.2K a 30 quadros por segundo. A câmera da Samsung estaciona no 4K, a 24 quadros.

Para captura de fotos, a câmera da GoPro também tem vantagem, com resolução máxima de 18 megapixels diante dos 15 MP suportados pela Gear 360 2017.

Outra vantagem em termos de ficha técnica está na captura de áudio. A câmera da GoPro possui um sistema de quatro microfones que atuam não só no sentido da captura de som, mas também para compensar ruídos indesejados, como o vento.

Resistência: GoPro Fusion

GoPro Fusion pode resistir a mergulhos de até 15 metros (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)GoPro Fusion pode resistir a mergulhos de até 15 metros (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

GoPro Fusion pode resistir a mergulhos de até 15 metros (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Assim como outras câmeras da marca, a Fusion oferece robustez e resistência: segundo a GoPro, o dispositivo pode resistir a mergulhos de até 15 metros de profundidade.

A Samsung também aplica um certo grau de proteção na sua câmera, ainda que distante da resistência da rival: a Gear 360 2017 tem certificação IP53, que garante resistência contra água e poeira.

Funções: GoPro Fusion

Desde as primeiras demonstrações da Fusion, a GoPro vem desenvolvendo softwares para "costurar" as imagens capturadas pelas lentes da Fusion, criando uma imagem com juntas perfeitas.

Em outras câmeras, essa área pode mostrar elementos que acabam com a imersão, como um pedaço do tripé que apoia a câmera em aspecto distorcido. Em muitos casos, esse tipo de defeito é escondido com cículos, logos e outros métodos que acabam estragando um pouco a ideia de estar presente num ambiente.

Outro recurso interessante da Fusion é o “OverCapture”, que promete transformar vídeos e imagens 2D em material 360 graus. Outro recurso exclusivo da câmera da GoPro é a operação por meio de controle de voz.

Do lado da Samsung, há funções relativamente comparáveis (o editor de vídeo da câmera permite a criação de “costuras” para unir material das duas lentes), mas não com o mesmo escopo do que a Fusion promete.

Um trunfo da câmera da Samsung está em conviver com uma ecossistema de dispositivos, que envolve celulares top de linha da marca desde o Galaxy S6 às sucessivas edições do Gear VR. Para usuários mais casuais, a solução da Samsung acaba bastante interessante – especialmente se você não possui algum dispositivo da marca.

Conectividade: empate

Ambas as câmeras tem as mesmas interfaces (Foto: Divulgação/Samsung)Ambas as câmeras tem as mesmas interfaces (Foto: Divulgação/Samsung)

Ambas as câmeras tem as mesmas interfaces (Foto: Divulgação/Samsung)

Ambas as câmeras permitem conectividade com Wi-Fi e Bluetooth. Para acesso via cabos, as duas se conectam a outros dispositivos usando interfaces USB-C.

Há apenas um diferencial nesse quesito: a Fusion possui GPS embutido, enquanto que a Gear 360 2017 depende de um celular pareado para acessar funções de geolocalização na hora de incluir metadados de posicionamento geográfico em vídeos e fotos.

Armazenamento: GoPro Fusion

Fusion aceita dois cartões de memória simultâneos (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)Fusion aceita dois cartões de memória simultâneos (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Fusion aceita dois cartões de memória simultâneos (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Em termos de armazenamento, as duas fabricantes recorreram a uma mesma solução: as câmeras usam cartões de memória tipo microSD para dados, com suporte anunciado de até 256 GB nos dois casos.

A vantagem da GoPro nesse aspecto está no fato de que a Fusion tem dois slots, permitindo um total de 512 GB de armazenamento. Tendo em vista os arquivos de vídeo em alta resolução, pode fazer sentido investir na GoPro apenas pela possibilidade de dobrar a capacidade de armazenamento.

Bateria: GoPro Fusion

A Fusion tem uma bateria de 2.620 mAh que é inclusive removível (você pode comprar mais de uma e manter sempre uma de reserva carregada para uma eventualidade). A Samsung tem uma bateria muito menor, de 1.160 mAh, e que não pode ser removida.

Preço: Samsung Gear 360

Gear 360 2017 é uma opção mais barata (Foto: DIvulgação/Samsung)Gear 360 2017 é uma opção mais barata (Foto: DIvulgação/Samsung)

Gear 360 2017 é uma opção mais barata (Foto: DIvulgação/Samsung)

Como você deve ter percebido, a Gear 360 é uma câmera mais simples do que a Fusion e isso se traduz também no preço do dispositivo. No Brasil, é possível comprar a câmera da Samsung por preços na casa dos R$ 1.100 (embora a loja oficial da marca venda a Gear 360 2017 a R$ 1.999).

Em qualquer caso, o preço ainda fica abaixo do valor cobrado por uma Fusion nos Estados Unidos: já em pré-venda, a nova câmera da GoPro é oferecida por US$ 699 a unidade, valor que em conversão direta, sem considerar os impostos, ficaria em torno de R$ 2.230.

Conclusão

Em linhas gerais, a GoPro Fusion é uma câmera mais sofisticada a Gear 360 2017. Tem recursos mais avançados, resiste a incursões debaixo d’água, é compatível com arsenal de suportes e acessórios da GoPro, tem possibilidade de uso de dois cartões de memória ao mesmo tempo e a bateria, muito maior do que a usada na Samsung, é removível. Além de tudo isso, a GoPro ainda trabalha com resoluções maiores tanto para vídeo como para foto.

A câmera da Samsung, no entanto, não decepciona: ela é uma alternativa melhor para usuários mais casuais, que dispensam a pegada mais profissional da Fusion. Além disso, para quem já tem dispositivos da marca, como smartphones e o Gear VR, a Gear 360 2017 acaba sendo a melhor opção de compra, se encaixando perfeitamente no ciclo de produção e reprodução de conteúdo com o auxílio dos aparelhos da marca.

Qual a melhor câmera semi-profissional até R$ 2.000? Comente no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.