Redes 4,5G prometem velocidades até quatro vezes maiores para os usuários de telefonia que ainda utilizam o 4G. Usando novas tecnologias e, em alguns casos, tirando proveito do fim da TV analógica, as operadoras de telecomunicações começaram a expandir esse tipo de rede no país.
Claro, TIM e Vivo já oferecem internet móvel nesse padrão, mas o serviço pode apresentar variações em relação à velocidade e disponibilidade. A seguir, entenda o que configura uma rede 4,5G (ou 4G+), saiba quais operadoras oferecem esse serviço no país e descubra se seu celular é compatível com as redes 4,5G.
O que é 4,5G?
Moto Z2 Force é um lançamento recente da Motorola compatível com 4,5G (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Internet 4G do Brasil é uma das piores do mundo, diz pesquisa Também chamado de 4G+, esse tipo de rede de dados para dispositivos móveis oferece velocidades superiores àquelas garantidas no padrão 4G, mas inferiores ao que se espera do futuro 5G, ainda não adotado no Brasil. Isso significa que uma rede 4,5G pode atingir taxas de 600 Mb/s (megabits por segundo), enquanto o padrão 4G opera em 100 ou 150 Mb/s. Da mesma forma, 600 Mb/s por segundo é igual a 75 megabytes por segundo (MB/s), enquanto 150 Mb/s equivale a 18,75 MB/s. Ou seja, o 4,5G é, em média, quatro a cinco vezes maiores do que o 4G original. Entretanto, na prática, esses valores podem variar bastante. A Claro, por exemplo, anuncia que sua rede 4,5G tem velocidade dez vezes maior do que o 4G, chegando a 270 Mb/s. O 4G+ da Vivo tem promessa de chegar a 400 Mb/s, mesma faixa anunciada pela TIM na sua rede.
Por que não há consenso sobre a velocidade do 4,5G? As variações ocorrem porque o 4,5G não é em si um padrão homologado no mundo todo. Ao contrário do atual 4G e do futuro 5G, em desenvolvimento, não há um consenso na indústria em torno desse tipo de rede, o que ajuda a explicar porque há diferenças entre o que os criadores da rede entendem como 4,5G e o serviço que operadoras individuais oferecem.
Como funciona?
Redes 4G+ são divididas em categorias. Uma rede 4,5G Cat 9/10 tem acesso a três portadores de 20 MHz ao mesmo tempo. (Foto: Divulgação/Qualcomm) Na prática, para o usuário, o 4,5G não oferece nenhuma diferença de operação: basta ativar o plano de dados do celular numa área com cobertura da sua operadora para tirar proveito da rede. Nesse caso, os requisitos são que o aparelho seja compatível com 4,5G e o plano dê direito a essa forma de acesso. Por trás dos panos, o 4,5G funciona permi...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.