Na semana passada, o Google lançou o Pixelbook, um notebook 2 em 1 que pode ser uma boa escolha para designers e entusiastas do sistema operacional Chrome OS. É possível que muitos brasileiros já estejam pensando na possibilidade de comprar o computador, que conta com configurações com Core i5 ou i7. Mas será que vale a pena? Para descomplicar, listamos três prós e contras do Pixelbook para tirar suas dúvidas. Confira.
Lançamento dos smartphones Google Pixel 2 e Pixel 2 XL: veja especificações e preços
Novo Google Pixelbook: veja prós e contras (Foto: Divulgação/Google)
Prós Configurações poderosas Um dos aspectos que mais chamam atenção no Pixelbook é a ficha técnica poderosa. Todas as versões contam com processadores Intel Core de 7ª geração, seja no modelo com i5 ou i7. A memória RAM também não deixa a desejar, disponível nas versões com 8 GB ou 16 GB. O armazenamento é em SSD, o que costuma garantir mais velocidade aos computadores, e vai dos 128 GB até os 512 GB. Outro ponto que vale ser citado é a bateria que, de acordo com a fabricante, aguenta até 10 horas por carga, dependendo do uso. E mais: uma carga de somente 15 minutos deve possibilitar 2 horas com ele ligado. Google Assistente Uma novidade interessante do Pixelbook é a integração com a Google Assistente. Assim, a exemplo do que ocorre com a Cort...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.