Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Google Pixel 2 foi anunciado na última semana com ficha técnica de peso para bater de frente com o iPhone 8. Os celulares têm muito em comum, como câmeras avançadas e a presença das versões com tela maior, Pixel 2 XL e iPhone 8 Plus. Eles também têm hardware e software feitos por uma só empresa – um do Google, outro da Apple.

Por outro lado, há diferenças importantes, que vão do sistema operacional ao preço – que ainda não foi revelado no Brasil, mas parte de US$ 649 (R$ 2.030, sem impostos) para o Pixel 2 e US$ 699 (R$ 2,2 mil) para o iPhone 8.

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple

Tela

O Pixel 2 e o iPhone 8 vêm em dois tamanhos. A versão menor do celular do Google tem tela de 5 polegadas, contra 4,7 polegadas do iPhone 8 comum. Já o Pixel 2 XL salta para um painel de 6 polegadas, enquanto o iPhone 8 Plus estaciona em 5,5 polegadas.

A qualidade de exibição de imagem tende a agradar a maioria dos usuários nos dois aparelhos, apesar da diferença de tecnologia – OLED no Pixel e IPS no iPhone. No geral, telas OLED tendem a consumir menos energia, o que é uma vantagem para o smartphone do Google.

Google Pixel 2 XL tem tela mais alongada, com proporção 18:9 (Foto: Divulgação/Google)Google Pixel 2 XL tem tela mais alongada, com proporção 18:9 (Foto: Divulgação/Google)

Google Pixel 2 XL tem tela mais alongada, com proporção 18:9 (Foto: Divulgação/Google)

Quanto à resolução, o Pixel 2 oferece display Full HD (1920 x 1080 pixels), superior aos 1334 x 750 pixels do iPhone 8. A versão XL tem tela Quad HD em formato 18:9 (mesma do LG G6), mais alongada e bem definida do que o Full HD do iPhone 8 Plus.

O resultado dessas configurações é uma densidade de pixels maior para o Pixel nas duas versões, o que deve garantir imagens mais nítidas para o celular do Google.

Design

Pixel 2 e iPhone 8 têm várias similaridades no design, a começar pelas bordas espessas ao redor da tela, algo que vem sendo abandonado por modelos premium de outras fabricantes, como o Samsung Galaxy S8. Já nas versões maiores, a aparência muda mais entre os rivais: enquanto o Pixel 2 XL tem tela com menos bordas e de proporção 18:9, o iPhone 8 Plus mantém o design tradicional, sem alterar o formato do painel frontal.

Google Pixel 2 é resistente a água (Foto: Reprodução/Google)Google Pixel 2 é resistente a água (Foto: Reprodução/Google)

Google Pixel 2 é resistente a água (Foto: Reprodução/Google)

As principais diferenças estão na parte de trás. O Pixel 2 traz um visor de vidro na parte superior, escondendo a câmera e as antenas de transmissão. Já no iPhone, pela primeira vez, não há inscrições de órgãos regulatórios – somente a maçã e o nome “iPhone” estampam a carcaça.

Em termos de construção, ambos trazem acabamento refinado com vidro e alumínio, e contam com certificação IP67 contra água e poeira. Além disso, nenhum dos dois apresenta entrada P2 para fones de ouvido – e, não por acaso, oferecem fones sem fio compatíveis vendidos à parte: Google Pixel Buds e Apple AirPods.

Câmeras

Embora só um review completo possa dar o veredito, é possível dizer que as câmeras dos Pixel 2 e iPhone 8 chegam com a proposta de serem as melhores do mercado. Google e Apple prometem melhoria na captura de imagens, inclusive em ambiente noturno, com um misto de hardware e recursos de software. Os aparelhos contam com sensores parecidos, de 12,3 MP (Pixel) e 12 MP (iPhone) na traseira. Na parte frontal há uma diferença pequena, com câmeras que podem ser de 8 MP (Pixel) ou 7 MP (iPhone).

iPhone 8 Plus tem câmera dupla (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)iPhone 8 Plus tem câmera dupla (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

iPhone 8 Plus tem câmera dupla (Foto: Thássius Veloso / TechTudo)

A diferença maior deve surgir entre os Pixel 2 XL e iPhone 8 Plus, pois só o segundo conta com duas câmeras traseiras, ambas de 12 MP. Com um sensor a mais, o aparelho da Apple é o único a oferecer zoom óptico de 2x. No entanto, os dois aparelhos prometem efeito bokeh, chamado pela Apple de Modo Retrato, borrando o fundo seja com a ajuda de uma lente extra (iPhone) ou tecnologia de aprendizado de máquina (Pixel).

Processador, memória RAM e armazenamento

Google e Apple entregam hardware de ponta nos seus smartphones, cada um com um conjunto de especificações distinto. Os modelos Pixel trazem processador octa-core de 2,35 GHz (Snapdragon 835) em conjunto com memória RAM de 4 GB. Nos iPhone 8 e 8 Plus, o processador é o A11 Bionic, fabricado pela Apple, que trabalha ao lado de 2 GB ou 3 GB de RAM, dependendo da versão.

O armazenamento mínimo nos aparelhos é de 64 GB. O iPhone 8 ganha na quantidade máxima, com 256 GB, o dobro do oferecido pelo Pixel 2 mais avançado.

iPhone 8 Plus tem processador em 64 GB ou 256 GB (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)iPhone 8 Plus tem processador em 64 GB ou 256 GB (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

iPhone 8 Plus tem processador em 64 GB ou 256 GB (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Bateria

Apesar da diferença na capacidade das baterias, Pixel e iPhone tendem a durar tempo parecido com uma carga. Com 1.821 mAh e 2.691 mAh, os iPhone 8 e 8 Plus prometem até 12 e 13 horas de uso com internet, respectivamente. Os Pixel 2 e Pixel 2 XL contam com 2.700 mAh e 3.520 mAh, mas não há estimativas quanto à duração.

No carregamento, o iPhone oferece, pela primeira vez, recarga sem fio – nas primeiras impressões do TechTudo, a funcionalidade foi um dos destaques. Já o telefone do Google se destaca pela recarga rápida que promete 7 horas de uso com apenas 15 minutos ligado à tomada.

Sistema

A Apple costuma levar vantagem sobre o Android na rapidez de chegada de atualizações, mas isso cai por terra na comparação com o Pixel. Com software e hardware controlados pelo Google, os celulares recebem a versão mais recente do Android com a mesma velocidade do iPhone. Ambos, portanto, contam com os sistemas operacionais mais recentes iOS 11 e Android 8 (Oreo). As diferenças, nesse caso, ficam por conta dos recursos já conhecidos dos softwares rivais, como a inteligência das assistentes virtuais.

Preço e disponibilidade

O iPhone 8 está à venda nos Estados Unidos, enquanto o Google Pixel 2 chega às lojas em 19 de outubro. Os preços variam conforme a versão, e partem de US$ 649 (R$ 2.050, sem considerar impostos) no celular do Google e US$ 699 (cerca de R$ 2,2 mil) no da Apple. Nas variantes maiores, a vantagem muda de lado, já que o iPhone 8 Plus custa US$ 799 (R$ 2.528) e o Pixel 2 XL salta para US$ 849 (R$ 2.686).

Espera-se que o iPhone 8 seja disponibilizado no Brasil entre o final de outubro e início de novembro, mas o preço segue indefinido. Os smartphones Pixel, por outro lado, não têm previsão de chegada ao país – a loja online do Google ainda não opera no mercado nacional.

Se eu comprar um Google Pixel nos EUA, funciona no Brasil? Descubra no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.