Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O Moto G5S (2017) e o Zenfone 3 (2016) são celulares intermediários da Motorola e Asus que têm preço em torno dos R$ 1 mil. Enquanto o primeiro é uma edição especial do Moto G5, que traz algumas evoluções, como a nova câmera e e tela maior, o Zenfone aposta em processador mais rápido para proporcionar um melhor desempenho.

Vale lembrar que a linha Zenfone 3 da Asus se multiplica em seis variantes, e que o Zenfone 3 normal é vendido com tela de 5,2 polegadas ou com tela de 5,5 polegadas. Para este comparativo consideramos o modelo com display menor.

Testamos o Zenfone 3, novo top de linha da Asus

Testamos o Zenfone 3, novo top de linha da Asus

Tela

Em relação ao display, os dois celulares oferecem resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) em 5,2 polegadas, o que resulta em uma densidade de pixels de 424 ppi – números devem entregar imagens nítidas e bem definidas.

Asus e Motorola adotaram tela do tipo IPS em ambos os smartphones. Na prática, essa tecnologia promete um maior ângulo de visão e cores mais fiéis. O painel também deve oferecer boa experiência para cenas em movimento, evitando trepidações.

Zenfone 3 tem tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (Foto: Ana Marques/TechTudo)Zenfone 3 tem tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Zenfone 3 tem tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Design e acabamento

O Moto G5S é construído em uma única peça de metal, seguindo o visual empregado pela Motorola nos seus últimos lançamentos. A câmera saltada do G5 permanece neste modelo, o que pode causar incômodo. O Zenfone 3, por sua vez, também tem design em alumínio, mas o revestimento é em vidro na parte de trás.

Nas medidas, o G5S apresenta 150 x 73,5 x 8,2 mm; pesando 156,5 g. O Zenfone 3 é perceptivelmente mais fino, com 7,7 mm de espessura, e menor, com 146,9 mm de altura. A largura fica em aproximadamente 74 mm. Além disso, o Zenfone é mais leve do que o rival, pesando 144 g.

Corpo do Moto G5S em é revestido em metal (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)Corpo do Moto G5S em é revestido em metal (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Corpo do Moto G5S em é revestido em metal (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Na frente, os celulares trazem ainda o botão Home, que abriga o leitor de impressões digitais no Moto G5S. O leitor biométrico do Zenfone 3, no entanto, fica na traseira, logo abaixo da câmera principal.

Processador, memória RAM e armazenamento

O Zenfone 3 tem processador octa-core de até 2 GHz (Snapdragon 625), enquanto o da Motorola, traz Snapdragon 430, outro chip com oito núcleos, mas com velocidades inferiores: o conjunto pode atingir 1,4 GHz em alta performance. Os componentes trabalham em conjunto com memória RAM de 3 GB no celular da Asus, contra 2 GB do Moto G5S.

A memória RAM é um componente essencial para a performance do dispositivo: quanto mais memória disponível, maior a capacidade do aparelho de dar conta de tarefas mais exigentes, como editar um vídeo ou executar jogos pesado.

Zenfone 3 tem processador octa-core de até 2 GHz (Foto: Ana Marques/TechTudo)Zenfone 3 tem processador octa-core de até 2 GHz (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Zenfone 3 tem processador octa-core de até 2 GHz (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Os dois celulares têm armazenamento de 32 GB. A coisa muda de figura quando o assunto é a memória expansível: o Zenfone 3 pode receber cartões microSD de até 2 TB (que, vale lembrar, nem sequer existe no mercado). O limite da Motorola é mais modesto: até 128 GB no Moto G5S.

Câmeras

Em relação às câmeras principais, as resoluções máximas são iguais: 16 megapixels nos dois modelos. A abertura de lente também é a mesma: f/2.0. Em geral, quanto menor a numeração, maior a capacidade do sensor de receber luz na hora de capturar uma foto. Isso é uma vantagem para fotografias em ambientes escuros.

Na câmera frontal, o celular da Asus traz sensor de 8 megapixels, contra os 5 megapixels empregados pela Motorola. O Moto G5S deve agradar aos usuários que gostam de selfies em grupos, pois traz câmera de ângulo aberto. No entanto, o Zenfone também não decepciona nesse sentido, oferecendo o recurso de selfie panorâmica.

Moto G5S tem sensor principal de 16 MP (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)Moto G5S tem sensor principal de 16 MP (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Moto G5S tem sensor principal de 16 MP (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Android

Lançado em 2016, o Zenfone 3 sai de fábrica com o Android 6, mas a atualização oficial para o Android 7 Nougat já está disponível para o modelo. Do outro lado, o Moto G5S se beneficia do lançamento mais recente: o celular já vem com o Android 7 e faz parte do elenco da Motorola que receberá o Android 8 Oreo.

O que varia mesmo é a experiência de uso, já que as fabricantes personalizam o Android: enquanto a Asus aplica intervenções mais pronunciadas com a sua ZenUI, a Motorola entrega um Android mais próximo da experiência "pura" do sistema do Google.

Bateria

Em relação à capacidade de bateria, o Moto G5S leva vantagem por conter componente com 3.000 mAh, enqunato o Zenfone 3 tem bateria de 2.650 mAh. Com tecnologias e tamanhos de tela iguais, a diferença no consumo deve ficar à mercê do processador.

Zenfone 3 é carregado via USB tipo C (Foto: Ana Marques/TechTudo)Zenfone 3 é carregado via USB tipo C (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Zenfone 3 é carregado via USB tipo C (Foto: Ana Marques/TechTudo)

Preço e disponibilidade

O Moto G5S chegou ao mercado em agosto de 2017 com preço sugerido de R$ 1.099. Entretanto, já é encontrado em promoções por cerca de R$ 930. O Zenfone 3, que foi lançado por R$ 1.499, também sofreu redução no preço e custa a partir de R$ 1 mil em lojas online. Há ainda uma variante mais barata do celular da Asus, com 16 GB, por R$ 940.

Para saber qual smartphone oferece melhor custo-benefício é preciso considerar o seu perfil de uso. A performance do Asus pode ser superior em games, por exemplo: há mais memória e o processador é mais rápido. No entanto, se você não faz uso de apps muito pesados e também não abre mão da experiência do Android mais "puro", o G5S é a opção mais indicada.

Caso ainda não esteja convencido, vale a pena ler outros comparativos do TechTudo com celulares intermediários, como Galaxy J5 Pro e LG Q6.

Qual é o melhor celular barato para comprar em 2017? Opine no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.