A HyperX veio para a Brasil Game Show 2017 com o objetivo de apresentar novas tecnologias e soluções para jogadores, principalmente profissionais e praticantes dos “esportes eletrônicos”, os eSports. Uma destas novidades foi o teclado HyperX Alloy Elite, que já está disponível no mercado brasileiro por R$ 699,90, e acompanha switches mecânicos Cherry MX – o que garante resposta rápida e suave ao pressionar as teclas. Saiba mais sobre o equipamento e quais as possíveis vantagens, ou pontos fracos, que ele pode trazer.
Razer ManO' War: confira nosso review completo do headset gamer
Teclado HyperX Alloy Elite (Foto: Felipe Vinha/TechTudo)
Tecnologia Cherry MX Há outros teclados da linha HyperX que utilizam Cherry MX na sua estrutura, mas a vantagem do modelo Alloy Elite é apresentar três opções: Red, Brown e Blue. Cada um possui sensibilidade diferente – o primeiro é linear, o usuário pressiona o botão e tem uma resposta exata e equalizada até o fim; o segundo apresenta diferença na pressão do ponto da tecla, mas sem feedback audível; já o terceiro é audível e tátil, ou seja, emite um pequeno barulho sensível a cada tecla pressionada, e tem um rápido clique que pode ser sentido na ponta dos dedos. Esse tipo de diferença é essencial para que o consumidor possa escolher. Na ocasião do teste na BGS, tivemos contato principalmente com o modelo de switch Cherry MX Blue, onde a resposta foi exata na velocidade de digitação ou ativação de comandos. O único desconforto inicial é que este tipo de equipamento possui teclas muito altas, o que causa estranheza para quem está acostumado com teclados mais baixos, como na maioria dos modelos de notebooks atuais.
Detalhe superior do Alloy Elite (Foto: Felipe Vinha/TechTudo) Iury Santos, especialista técnico da HyperX, explicou que no modelo “Pro”, da mesma linha do Elite, porém mais básico, somente o Red está presente. “Na maioria dos casos, os jogadores profissionais de games como League of Legends ou Counter-Strike preferem dessa forma, pois as teclas são mais rápidas e é preciso fazer menos força para ativar um comando”, explicou. Ainda segundo o técnico, entre os consumidores gerais no Brasil, há uma divisão de opinião geral pelo Blue e o Red, mas que realmente vai de cada um. Vale lembrar que, na caixa do Elite, há um selo que indica qual switch é usado naquela unidade. Para exemplificar aos consumidores, a Kingston trabalha com estações de teste, assim cada um pode testar as teclas e ver qual agrada mais – porém, ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.