Alguns sites na Internet estão usando scripts para minerar bitcoins e moneros nos computadores dos visitantes. A prática busca usar aplicações escritas em JavaScript (linguagem de programação amplamente difundida na Web) para aproveitar a capacidade de processamento do computador dos seus próprios leitores e usuários para explorar criptomoedas como Bitcoins, Monero, Ethereum, Litecoin e outras espécies virtuais. Na prática, a manobra não causa riscos ao seu computador, mas pode sobrecarregar o seu processador e aumentar o consumo de energia. As aplicações de mineração são, em geral, muito intensas do ponto de vista de processamento.
Entenda por que hackers pedem resgate de ransomware em bitcoin Ou seja, o computador pode ficar mais lento e deixar outras operações importantes para você em segundo plano. Normalmente, o site sequer informa o que está acontecendo nem pede autorização. A atividade é, no mínimo, polêmica. De acordo com a Avast, nesses casos, é mais comum que sejam minerados moneros — e não bitcoins. Os chamados "mineradores de ponta" usam computadores específicos que garantem vantagem significativa sobre os usuários que fazem o mesmo em computadores comuns. A China tem fazendas de bitcoin, com galpões recheados e que funcionam 24 horas — são aproximadamente 70% dos mineradores no mundo. Segundo o analista Alexej Savčin, o algoritmo de mineração do Monero foi projetado especialmente para rodar em PCs comuns. "Este é também o objetivo de outras criptomoedas como o Litecoin", completa.
Como descobrir uma mineração remota? A atividade, porém, não é nada discreta. Os sites que a usam aumentam significativamente o uso da sua CPU e deixam o computador operando bem devagar. Em sua defesa, o desenvolvedor costuma afirmar que, em vez de bombardear o visitante com anúncios, permite uma navegação sem publicidade, ao custo do "sequestro do seu computador" para gerar renda e manter o site. A instalação é simples. Hoje, qualquer administrador de site pode se inscrever em serviços de mineração como o Coinhive ou o JSEcoin e começar a lucrar com visitas nas páginas. Ainda de acordo com a Avast, no topo das 10 principais detecções de mineração, não foi uma surpresa encontrar muitos sites "conhecidos e legítimos". "Os plugins completos para servidores de gerenciamento de conteúdo (CMSs), como o WordPress, estão prontos para serem instalados", disse Savčin.
Sites, como The Pirate Bay, estão usando aplicações em JavaScript para minerar bitcoins em computadores de usuá...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.