Super Mario Odyssey foi o motivo que fez muita gente comprar o Nintendo Switch. Lançado no console em 27 de outubro, o título traz de volta a série de plataformas da empresa, com seu personagem mais famoso. Desta vez, ficam de fora os karts e os outros milhares de heróis e aliados para que o foco esteja todo em Mario e nos novos desafios que a aventura apresenta. Se você, assim como muita gente, adquiriu o Switch só para jogar este título, saiba que seu investimento valeu a pena. Confira detalhes, na nossa análise completa:Confira as novidades confirmadas para Super Mario Odyssey no Switch“Maaaarioooo”
Super Mario Odyssey começa com o já clássico grito da Princesa Peach, clamando por socorro ao seu amado, frente a um novo rapto do vilão Bowser. Porém, a situação agora parece ainda pior, já que não foi apenas Peach que sofreu com o inimigo. Mario começa a aventura vencido pelo oponente, com sua clássica boina rasgada e jogado em um mundo cinza, abatido e sem vida. O clima é de derrota completa.
Super Mario Odyssey MAIOR (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)
O ambiente ruim, porém, dura pouco. Nosso herói azul e vermelho encontra salvação na figura de Cappy, um misterioso aliado em forma de chapéu com consciência – e olhos! – que propõe unir-se a Mario, assumindo forma de sua nova boina para também salvar sua querida, raptada junto com Peach. A dupla parte com um objetivo único, mas para isso terão de passar por mundos diversos e com vários desafios.Como sempre, a história de um Super Mario é contada em apenas um punhado de cenas. Ao longo do jogo, vamos descobrindo mais sobre o rapto de Peach e sobre os novos aliados de Bowser, bizarros coelhos que usam chapéus mágicos - mas não há nada muito mais além disso. A narrativa singular da Nintendo, sem usar quase nenhuma linha de diálogo, é o que brilha neste tipo de game.
Super Mario Odyssey (Foto: Reprodução/Felipe Vinha)
Como um exemplo de jogo de plataforma 3D, Super Mario Odyssey narra seu conto pela diversidade de cenários, pelos personagens do computador encontrados pelo herói em cada mundo, pelas conversas de Cappy, sem falas, apenas com texto na tela, ao longo da jornada. Mario ainda é um protagonista “silencioso”, que só esboça reações e repete suas famosas frases básicas na voz insubstituível de Charles Martinet. Mesmo assim, é algo tão simples capaz de conquistar qualquer pessoa. Uma lição sobre como jogos podem e devem ser narrados em alguns casos.
Mario X GTA
Não é só na narrativa de sua histór...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.