O Android Pay, carteira digital do Google, chegou ao Brasil nesta terça-feira (14), conforme prometido pela empresa na semana passada. O serviço, que permite realizar compras ao aproximar o smartphone da maquininha de pagammento, está disponível para celulares com suporte à tecnologia NFC (Near Field Comunication).
Além de anunciar a novidade, companhia aproveitou para divulgar parcerias com uma série de estabelecimentos, como redes de postos de gasolina, mercados, farmácias e lojas de roupas e também revelou quais são os cartões e bancos que vão funcionar com o sistema nesta primeira etapa. O aplicativo já está disponível para download na Play Store.
Android Pay facilita pagamento em lojas físicas e online (Foto: Divulgação/Google) Android Pay no Brasil: os detalhes do sistema de pagamentos do Google Inicialmente, o Android Pay vai permitir o cadastro de cartões de três bancos. Clientes do Banco do Brasil, Caixa e do Banco Neon poderão usar o serviço. Alguns cartões da Porto Seguro e da Brasil Prepagos também irão funcionar com a tecnologia. Neste primeiro momento, apenas cartões da bandeira Visa serão suportados. Clientes do Bradesco e do Itaú, além de donos de cartões Mastercard, ficaram de fora nesta primeira fase, contrariando o que foi dito na Google I/O, quando a empresa divulgou que o Android Pay seria lançado no Brasil. Os cartões Elo também estão de fora. Ainda não foi confirmado quando clientes destes bancos poderão se cadastrar na carteira digital. O serviço, lançado pelo Google em 2015, chega ao Brasil para concorrer com o Samsung Pay, disponível por aqui desde 2016. Eles funcionam de forma semelhante: a transação é efetivada após o smartphone se posicionar próximo ao terminal de pagamento. Para isso, basta que o celular tenha NFC e rode o sistema operacional Android 4.4 Kit Kat ou superior.
Android Pay não traz custo extra para o lojista ou cliente (Foto: Divulgação/Google) A empresa diz que o número do cartão não é compartilhado com o lojista, garantindo desta forma a segurança do processo. Para realizar a transação, um número único criptografado é criado para autorizar aquela transação especificamente. Se o aparelho estiver perdido ou for roubado, é possível fazer o bloqueio do Android Pay pela internet. Vale destacar que o serviço não implica em custos extras para o cliente ou comerciante. O Android Pay permite cadastrar cartões de crédito e débito – mais de um, inclusive – assim como cartões fidelidade e programa de milhas. O...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.