O sistema dual camera do iPhone X evoluiu em relação ao iPhone 7 Plus, primeiro smartphone da Apple a ter o recurso. A comprovação foi feita em um experimento da empresa Studio Net, que mostra como a lente teleobjetiva, aliada ao novo processador A11 Bionic do novo iPhone, consegue reagir melhor em ambientes com pouca luz.
O teste colocou o iPhone 7 Plus e o iPhone X lado a lado em um local fechado com a iluminação controlada. Com a ajuda de refletores, Dan Provost, fundador da Studio Net, foi aumentando a intensidade da luz gradativamente. A ideia era ver quando os telefones fariam a troca da lente grande angular para a teleobjetiva.
iPhone 8, 8 Plus e X: preço e especificações dos lançamentos da Apple Edição de luxo do iPhone X tem diamantes e custa mais que vários carros No teste executado por Provost, o iPhone X conseguiu fazer a troca entre as lentes grande angular e teleobjetiva dois estágios antes do iPhone 7 Plus. Na prática, isso prova que a câmera do novo smartphone consegue fazer imagens melhores em lugares com pouca iluminação, ainda mais para fotografias do tipo macro. As câmeras dos dois iPhones funcionam de forma semelhante: uma lente grande angular fica responsável por captar uma área com ângulo maior. A lente teleobjetiva é usada para capturar objetos que precisam de aproximação. Os dois celulares trazem sensor duplo de 12 MP, mas a lente telefoto do iPhone X traz uma abertura maior – f/2.4 contra f/2.8 do iPhone 7 Plus. Além disso, o modelo mais atual também traz estabilização óptica.
Em ambientes com pouca luz, ao dar o zoom 2x em um objeto, o sistema dá preferência para aproximar a imagem usando o zoom digital, utilizando a lente grande angular. Desta forma, o iOS faz um "recorte" na cena para oferecer uma foto com menor incidência de granulados provocados pela falta de iluminação.
Câmera dupla do iPhone 7 Plus requer mais luz para capturar fotos com a lente teleobjetiva (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)
iPhone X chega antes do Natal no Brasil O iPhone X começa a ser vendido no Brasil em 8 de dezembro. O modelo traz tela Super Retina de 5,8 polegadas, processador 70% mais rápido do que o do iPhone 7 e 64 GB ou 256 GB para armazenar arquivos. Além do Face ID, para desbloqueio de tela por reconhecimento facial, outro recurso interessante é o Portrait Lightning. A ferramenta de pós processamento da câmera permite alterar a iluminação da fotografia e aplicar efei...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.