Nesta segunda-feira (27), o Facebook anunciou três novidades para ajudar pessoas que expressam pensamentos suicidas. São conhecidos inúmeros casos de mortes em vídeos ao vivo, recados pré-suicídio e cartas de despedida publicados na rede social. Para prevenir e tentar evitar novas vítimas, a plataforma pretende usar tecnologia para detectar indícios em posts ou lives que possam ter sinais de autores suicidas, e responder denúncias de suicídio e automutilação mais rapidamente no site.
O que fazer se alguém publicar fotos suas sem autorização no Facebook
Usar tecnologia para detectar sinais em posts ou transmissões ao vivo que possam ter pensamentos suicidas, e para ajudar a responder a denúncias de conteúdos de suicídio ou automutilação mais rapidamente;
Melhorar a forma como identificamo as melhores opções de ajuda;
Dedicar mais revisores do time de especialistas para analisar denúncias de conteúdos de suicídio ou automutilação;
Facebook (Foto: Melissa Cruz Cossetti/TechTudo)) De acordo com a rede social, durante o último mês, o Facebook trabalhou com serviços de emergência em mais de 100 ocasiões em que a tecnologia (no caso, a inteligência artificial) ajudou a identificar sinais de comportamento suicida ou de automutilação. Isso muda a maneira de operar da rede social que, até então, demanda de denúcias de outros usuários para entrar em ação em casos do tipo. "Isso se soma às notificações que recebemos de pessoas na nossa comunidade", explica Guy Rosen, vice-presidente de gerenciamento de produto do Facebook. Mais tecnologia também vai ser aplicada para acelerar respostas às denúncias sérias que envolvam risco à vida e casos que merecem uma ação prioritária. "Autoridades locais são notificadas até duas vezes mais rápido do que em outras denúncias. Estamos comprometidos em continuar investindo em tecnologias para identificar padrões que possam indicar risco à integridade física das pessoas", diz.
Tecnologia que reconhece padrões
A inteligência artificial começa agora a ser usada fora dos Estados Unidos para ajudar a identificar situações em que alguém possa estar expressando pensamentos que levem ao suicídio, inclusive no Facebook Live. A abordagem usa tecnologia de reconhecimento de padrões para ajudar a identificar posts e transmissões ao vivo como possíveis formas de expressar pensamentos suicidas. O site segue tentando aumentar a precisão para evitar "falsos positivos". Que tipo de sinais são usados? De acordo com o Facebook...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.