Uma pesquisa da Kaspersky Lab com internautas de 32 países aponta que 13% das pessoas que usam aplicativos de namoro online como Tinder, Happn e outros costumam revelar informações sensíveis — como nome completo, perfis de redes sociais ou endereços residenciais e de trabalho — após conversarem online com outros usuários por apenas poucos minutos.
Pesquisa revela desleixo de usuários com senhas e lista riscos de invasão Além disso, o estudo constatou que o público que usa este tipo de aplicativo costuma ser duas vezes mais suscetível a se envolver em incidentes de segurança, como instalação de malwares e roubos de informações e de identidade.
Países que a pesquisa engloba (Foto: Divulgação/Kaspersky) O estudo foi realizado através de um questionário online com 21.081 usuários com mais de 16 anos em 32 países diferentes. Os dados analisados correspondem a uma amostra de 6.458 pessoas que admitiram usar aplicativos de encontro. Uma parcela dos entrevistados (13%)...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.