A JBL Pulse 3 chegou em dezembro no Brasil custando R$ 1.299. A versão, que traz um design totalmente remodelado, veio para substituir a Pulse 2, lançada em 2015. A proposta da linha se manteve, trazendo como diferencial a iluminação interativa em LED, ideal para quem quer animar festas. Porém, no modelo de 2017 este recurso foi aprimorado com uma espécie de tela que cobre quase todo o corpo do dispositivo. O resultado é um aspecto futurista graças às cores mais vibrantes.
Entre os dois modelos é apenas o visual que mudou? Preparamos um guia para explicar as principais diferenças entre a JBL Pulse 2 e a JBL Pulse 3. Se você está em dúvida sobre qual caixa de som comprar, vale a pena conferir. JBL Go é boa? Confira se a caixa de som vale a pena Veja dicas para aproveitar sua caixa de som ao máximo:
Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor
Design É no design a mudança mais significativa. Na Pulse 3 a tecnologia de iluminação subiu de patamar. Enquanto na Pulse 2 a caixinha traz uma proteção em malha de metal para os LEDs, no modelo de 2017 a luz fica dentro de uma proteção plástica transparente, como se fosse uma tela. O resultado é um aspecto visual bem bonito, com uma coloração mais forte e vívida. Com isso, os alto-falantes foram deslocados para a parte inferior, assim como todos os botões de controle, de iluminação e as entradas USB e P2 , o pino tradicional de 3,5 mm para áudio. Com o novo design, a Pulse 3 perdeu a função JBL Prism, um sensor que permite à Pulse 2 reproduzir cores por proximida...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.