O ano de Intel e AMD foi movimentado, inclusive com direito a grandes surpresas, como a parceria entre as duas marcas em futuros produtos, o ressurgimento da AMD com uma arquitetura eficiente e poderosa de processadores e os novos superprocessadores Core i9 e Threadripper, que tornam disponíveis tecnologias de processadores de servidores a usuários de computadores comuns. A seguir, você relembra a trajetória dessa disputa ao longo de 2017, quais foram os principais lançamentos de ambas as marcas e as principais notícias em torno de AMD e Intel.
Dell ou Samsung: qual fabricante tem os melhores notebooks?
Intel lança a sétima geração
Sétima geração chegou em março ao Brasil; em novembro, a oitava já marcava presença em alguns notebooks vendidos no país (Foto: Divulgação/Intel) A Intel começou o ano trazendo ao mercado o restante dos processadores de sétima geração, que seria lançada oficialmente apenas em março no Brasil. Embora representem evolução diante dos modelos de sexta, a família de CPUs da marca foi ofuscada diante da chegada da arquitetura Ryzen da AMD: mais baratos e com performance competitiva, os processadores da rival acabaram roubando a cena. Em todo caso, alguns lançamentos da sétima geração foram importantes. O mais significativo deles é o Core i3 7350K: pela primeira vez, a Intel lançou um processador i3 com capacidade de overclock, dando a gamers e entusiastas uma opção de custo mais baixo na hora de montar um PC para jogos.
A AMD renasce com o Ryzen
Arquitetura Ryzen resgatou a AMD como alternativa de bom preço e performance nos processadores (Foto: Divulgação/AMD) Desde a arquitetura Bulldozer, de 2011, a AMD tinha dificuldades em colocar no mercado processadores competitivos diante das opções da rival Intel. Mesmo a preços inferiores, os produtos da AMD tinham performance muito mais baixa, além de problemas de consumo e aquecimento que foram tornando esses processadores inviáveis em notebooks cada vez mais finos e projetados para cada vez mais horas longe das tomadas. A arquitetura Ryzen, inaugurada em 2017, corrigiu o rumo: as novas séries de processadores R3, R5 e R7 da Advanced Micro Devices se mostraram não apenas competitivas no preço, mas também rivais na performance: os novos processadores da AMD se posicionaram de forma a brigar com a Intel em termos de desempenho pela primeira vez em mais de uma década.
Core i9 e Threadripper
Enorme quantidade de núcleos, mais tecnologia e velocidade são os destaques dos Core i9 (Foto: Divulgação...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.