O Moto G5S e o Galaxy J7 Neo são celulares intermediários que atraem olhares de quem busca por um smartphone de até R$ 1 mil. Os modelos da Motorola e Samsung chegaram ao Brasil em agosto trazendo em comum a capacidade da bateria de 3.000 mAh, a memória RAM de 2 GB, o processador octa-core (de modelos diferentes) e a câmera frontal de 5 MP com flash.
Anunciados por R$ 1.099 e R$ 999, respectivamente, os dois já podem ser encontrados a preços mais baixos no comércio eletrônico. Entre as diferenças, está a capacidade de armazenamento, a câmera traseira, o tamanho e a resolução da tela. Abaixo, o TechTudo preparou uma análise de ficha técnica para te ajudar a descobrir qual dos celulares é o mais indicado para o seu perfil.
Moto G5S disputa com Galaxy J7 Neo no segmento de celulares intermediários (Foto: Ana Marques/TechTudo) Galaxy A8 é o primeiro celular Samsung com câmera frontal dupla
Design e tela O Moto G5S tem visual sofisticado, com revestimento em metal e vidro, similar ao usado nos celulares da linha Moto Z. Já o Galaxy J7 Neo não traz o aspecto premium por ter acabamento em plástico. Uma vantagem do material usado no celular da Samsung, no entanto, é que ele tende a ficar livre de riscos, mais comuns em celulares feitos em alumínio.
Galaxy J7 Neo tem tela de 5,5 polegadas com resolução HD (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) O Moto G5S tem tela de 5,2 polegadas e resolução Full HD (1920 x 1080 pixels). Esses números resultam em uma densidade de pixels de 424 ppi, maior do que a do Galaxy J7 Neo, que traz uma tela maior (5,5 polegadas) com resolução HD (1280 x 720 pixels). Na prática, a tendência é que o Moto G5S entregue imagens mais definidas. O painel do J7 Neo tem tecnologia Super AMOLED, conhecida por seu brilho e cores fortes. Já o G5S traz display IPS, com cores mais fiéis à realidade e maior ângulo de visão. A fabricante do Moto G5S informa ainda a presença da proteção Gorilla Glass 3 na tela, para evitar danos como arranhões, além do nanorrevestimento contra respingos d'água. Vale lembrar que essa característica não protege contra imersão.
Câmera O Moto G5S tem câmera traseira de 16 megapixels com abertura de lente f/2.0 e foco automático por detecção de fase (PDAF). Em nossos testes, os resultados à noite e em ambientes escuros deixaram a desejar, bem como a gravação de vídeos, pela falta de estabilização da imagem. Além disso, no modo automático, o celular tem dificuldade de distinguir cores de tonalidades próximas. A recomendação, para qu...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.