Representantes da queima de fogos em Copacabana inovaram ao pedir, neste ano, que os participantes do revéillon usem o celular para interagir. O comentário foi altamente criticado por internautas, que apontam a ausência de segurança no Rio de Janeiro.

Visto que o celular é um bem de alto valor e bastante visado pelos criminosos, não é surpresa para ninguém que, nesta virada de 2017 para 2018, mais uma leva de pessoas tenha o celular roubado. Saiba, porém, que existem formas de rastrear e bloquear remotamente o smartphone. As dicas a seguir são válidas para usuários de iPhone (iOS), Android e até mesmo telefones com outros sistemas operacionais.

Saiba o que fazer caso o seu celular seja furtado nas festas de fim de ano (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)

Como rastrear e bloquear o iPhone

Passo 1. Em um computador, acesse o site do iCloud (icloud.com) e faça login na sua conta Apple. É importante usar a mesma conta que está logada no iPhone. Em seguida, clique em "Buscar iPhone".

... ramenta de busca do iPhone (Foto: Reprodução/Helito Bijora)" src="data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wBDAAMCAgMCAgMDAwMEAwMEBQgFBQQEBQoHBwYIDAoMDAsKCwsNDhIQDQ4RDgsLEBYQERMUFRUVDA8XGBYUGBIUFRT/2wBDAQMEBAUEBQkFBQkUDQsNFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBT/wgARCAAPABkDASIAAhEBAxEB/8QAFwABAQEBAAAAAAAAAAAAAAAABQQCA//EABYBAQEBAAAAAAAAAAAAAAAAAAYDBP/aAAwDAQACEAMQAAABh4zaRF0TQz9dv//EAB0QAAEEAgMAAAAAAAAAAAAAAAQBAgMFAAYSExT/2gAIAQEAAQUCFE15ZIAaBVGr9ZVeimyS7a7CLljoyDvRFyz/xAAdEQACAgEFAAAAAAAAAAAAAAABAgADERITgbHR/9oACAEDAQE/AaLdxW1YU9+R7GBwoB4n/8QAHxEAAgEDBQEAAAAAAAAAAAAAAQIRAAMiBBIhUXGR/9oACAECAQE/AXW8oRghMzOQ469mrWnG3It9r//EACoQAAADBQQLAAAAAAAAAAAAAAECAwAREhMhBDFBYRAUIjIzUVJicXKS/9oACAEBAAY/AhBVRYE5dKjvPYs44hs9Zu2+ns1km2lapBnX0Nhh5bjL/LJwWREkKUsXle/NkC6uVGAkMSbnjdkyZYALDy0f/8QAHxABAAMAAgEFAAAAAAAAAAAAAQARIVFhMUGBodHw/9oACAEBAAE/ISwq6NPa4g3q1aRejLwMwl1EeAOR8non4v1EbEjBe9zGApx1vL030hE9cOK4lJ//2gAMAwEAAgADAAAAEBTP/8QAHBEAAgICAwAAAAAAAAAAAAAAARExQQAhUWGh/9oACAEDAQE/ECLdRBMlYBhJ3NdnYELU0OX5Of/EABoRAQEAAwEBAAAAAAAAAAAAAAEhETFBAIH/2gAIAQIBAT8QX9QYJGpinNRdeUETYtxV39hwwc9//8QAHRABAQEAAgIDAAAAAAAAAAAAAREhADEQQVFhkf/aAAgBAQABPxBazSF6Axp7zq897bIGhpZp2pLJQlIEBRCL4JQwvitotmlA0YMxOjioSt9EaRUe+lu6JwF0TZEYMy7z7H85/9k=">

Abra a ferramenta de busca do iPhone (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 2. Caso a sua conta esteja protegida com o processo de autenticação em dois fatores e você não possui o seu celular para confirmar a sua identidade, clique em "Buscar Meu iPhone", no rodapé da página de confirmação.

Abra a ferramenta de busca do iPhone (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. Agora, no topo da página, clique em "Todos os dispositivos" e, na lista que aparece, clique no nome do aparelho que você quer rastrear.

Selecione o dispositivo que você quer rastrear (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 4. Se o seu iPhone estiver conectado à internet, a localização exata do aparelho será exibida no mapa. Caso o aparelho tenha sido desligado, você verá a última localização conhecida.

Localização do iPhone é exibida no mapa (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 5. Nas opções à direita, você pode reproduzir um som em volume máximo no aparelho; habilitar o modo perdido, que bloqueia o celular com a sua senha; ou ativar a remoção de todos os dados pessoais. Vale lembrar que o comando só será executado quando o telefone se conectar à rede.

Executando ações de rastreamento (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Como rastrear e bloquear o Android

Passo 1. Em um computador, acesse o site do Android Device Manager (google.com/android/find) e faça login na sua conta Google. É importante usar a mesma conta que está cadastrada no seu celular. Se a verificação em duas etapas estiver ativada na sua conta, você deve se conectar em um dispositivo já verificado.

Use um dispositivo verificado para conseguir acessar a conta sem o celular (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 2. No canto superior esquerdo da página, selecione o celular que você quer rastrear. Agora, à direita, você verá a última localização conhecida do seu celular.

Selecione o aparelho que você quer rastear (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Passo 3. Use as opções da barra lateral esquerda para reproduzir um som, bloquear o telefone com uma senha ou apagar os seus dados pessoais. O comando para remoção remota dos dados só funciona quando o telefone se conectar à internet.

Você pode apagar ou bloquear o celular remotamente (Foto: Reprodução/Helito Bijora)

Como bloquear o IMEI

Outra opção é o bloqueio do IMEI do celular. Neste caso, o procedimento independe do sistema operacional e impede que o aparelho seja usado em qualquer rede GSM dos países que compartilham o banco de dados do CEMI – Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas.

Para realizar este tipo de bloqueio, basta ter em mãos o número do IMEI do seu telefone e entrar em contato com a sua operadora. A outra alternativa é fazer um boletim de ocorrência (BO), pois as forças policiais também abastecem o cadastro.

Você pode localizar o IMEI de diversas formas. Considerando-se que o telefone já não está mais contigo, a maneira prática é checar os adesivos na caixa do smartphone ou a nota fiscal.

iPhone X comprado mais barato nos EUA funciona no Brasil? Acompanhe a conversa no Fórum TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.