Perfis falsos de instituições bancárias são usados para enganar e roubar usuários. É o que afirma um levantamento feito pelo DFNDR Lab, laboratório de segurança digital mantido pela Psafe. Segundo os dados divulgados, somente em fevereiro de 2018, foram identificadas mais de 30 páginas fraudulentas no Facebook que usavam o nome de empresas como Itaú, Caixa Econômica e Banco do Brasil. Até o momento, mais de de mil pessoas curtiram as páginas falsas.

Segundo as informações divulgadas, os criminosos criam fanpages bastante detalhistas para que clientes desavisados não desconfiem de nada. Postagens feitas nos supostos canais ou na descrição das páginas, porém, contêm links que, quando clicados, levam a sites falsos. Lá, a pessoa é levada a fornecer dados pessoais como senha e número da conta.

Páginas falsas de banco enganam usuários (Foto: Divulgação/DFNDR Lab)

Páginas falsas de banco enganam usuários (Foto: Divulgação/DFNDR Lab)

Ainda de acordo com a DFNDR Lab, desde o ano passado essa modalidade de crime virtual vem crescendo. Um aplicativo de segurança desenvolvido pela empresa teria bloqueado mais de 1 milhão de páginas falsas na rede de Mark Zuckerberg em 2017. Após obter os dados da vítima, os criminosos passam a ter acesso e a realizar movimentações financeiras na conta afetada.

Saiba se proteger

Existem alguns cuidados que o usuário pode tomar para não cair em um golpe como esse. O primeiro deles é está atento ao selo de verificação oferecido pelas principais redes sociais. O símbolo é um check a

... zul posicionado ao lado do nome da página e significa que a identidade da empresa ou celebridade foi comprovada. Na ausência do selo, evite interações com a fanpage.

Também é válido entrar nos sites oficiais do banco para ver se há links para as redes sociais verdadeiras. Isso evita que o usuário caia em perfis fraudulentos. Caso alguma página de banco dê as opções: realizar qualquer operação por meio de um link ou entrar em contato com a agência pessoalmente, prefira a segunda opção.

Páginas reais tendem a contar com selo de verificação, como mostra imagem acima (Foto: Reprodução/Bruno Soares)

Páginas reais tendem a contar com selo de verificação, como mostra imagem acima (Foto: Reprodução/Bruno Soares)

Ao perceber que pode ter sido vítima de uma dessas páginas, entre em contato com o banco por outro meio o mais rápido possível e siga as instruções de segurança. Pode ser uma boa ideia também denunciar a página para evitar que outras pessoas passem pelo mesmo problema.

Link para isenção de IPVA no WhatsApp é golpe? Veja no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.