Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A próxima edição do maior e mais tradicional campeonato de jogos de luta do mundo, o Evolution Championship Series 2018, vai acontecer entre os dias 3 e 5 de agosto, em Las Vegas. O evento deste ano trará muitas novidades, principalmente em relação aos jogos que vão fazer parte da disputa – teremos a estreia de dois games na competição, mas, pela primeira vez em 18 anos, nenhum título da franquia Marvel vs. Capcom vai entrar na briga.

Todos os jogos que estarão nos campeonatos do EVO 2018. (Foto: Divulgação/EVO)Todos os jogos que estarão nos campeonatos do EVO 2018. (Foto: Divulgação/EVO)

Todos os jogos que estarão nos campeonatos do EVO 2018. (Foto: Divulgação/EVO)

Apesar da presença já esperada de games como Street Fighter 5, Tekken 7 e Smash Bros. Melee, a lista oficial surpreendeu bastante na escolha dos estreantes. Blaz Blue Cross Tag Battle, por exemplo, só será lançado em 31 de maio e, mesmo assim, já garantiu sua participação. Outro destaque entre os novatos é Dragon Ball FighterZ, que em poucos meses conquistou um grande público e ocupa a antiga vaga de Marvel vs. Capcom.

Famosa por seu sistema rápido, arrojado e altamente competitivo, a saga Guilty Gear também terá um representante no evento. Assim como os novos Blaz Blue e Dragon Ball, Guilty Gear Xrd Rev 2 é uma produção do estúdio Arc System Works e, portanto, o Evolution deste ano terá três jogos com visual inspirado em anime. Essa escolha chama a atenção especialmente por causa de Dragon Ball FighterZ, já que o desenho japonês mais popular de todos os tempos poderá atrair um novo grupo de espectadores para os campeonatos e transmissões.

Uma infinidade de erros

Marvel vs. Capcom Infinite acabou ficando de fora da EVO por uma queda brusca e compreensível de popularidade. As falhas do título começaram a surgir antes mesmo de seu lançamento, quando foi anunciado que por conta de uma negociação de direitos autorais, o novo jogo não teria a presença de alguns personagens clássicos – como os X-Men e o Quarteto Fantástico.

Sem muitos personagens icônicos, Marvel vs. Capcom perdeu parte de sua essência.  (Foto: Divulgação/Capcom)Sem muitos personagens icônicos, Marvel vs. Capcom perdeu parte de sua essência.  (Foto: Divulgação/Capcom)

Sem muitos personagens icônicos, Marvel vs. Capcom perdeu parte de sua essência. (Foto: Divulgação/Capcom)

Com a chegada das versões de teste e o lançamento final, os problemas ficaram ainda mais evidentes. Infinite tem poucos modos de jogo e o seu visual, em uma tentativa falha de dar mais realismo aos personagens, causou estranhamento nos fãs. Além disso, o sistema do game contraria totalmente os conceitos usados no título anterior. Ao invés de seguir com a freneticidade de Ultimate Marvel vs. Capcom 3, o game tenta voltar às raízes da série de forma inconveniente, com combates simplificados e apenas entre duplas.

Foi justamente completando essas lacunas que Dragon Ball FighterZ conquistou seu espaço no coração da comunidade e, consequentemente, no EVO 2018. Seja pelos gráficos cartunescos, combos mirabolantes ou ação caótica, o game inspirado nas aventuras de Son Goku traz tudo o que os fãs gostariam de ver em uma sequência de Marvel vs. Capcom.

Com jogabilidade lembrando Marvel vs. Capcom 3, DBFZ ganhou o apoio da comunidade. (Foto: Divulgação/BANDAI NAMCO)Com jogabilidade lembrando Marvel vs. Capcom 3, DBFZ ganhou o apoio da comunidade. (Foto: Divulgação/BANDAI NAMCO)

Com jogabilidade lembrando Marvel vs. Capcom 3, DBFZ ganhou o apoio da comunidade. (Foto: Divulgação/BANDAI NAMCO)

A diferença entre a popularidade dos games fica ainda mais nítida ao analisarmos algumas informações: de acordo com dados do steamcharts.com – uma ferramenta que monitora o acesso dos jogadores a títulos da Steam – Dragon Ball FighterZ já conseguiu alcançar mais de 44 mil usuários simultâneos na plataforma. Enquanto Marvel vs. Capcom Infinite, lançado em setembro de 2017, ainda não passou dos 4 mil jogadores.

Quase duas décadas de tradição

A primeira aparição da saga Marvel vs. Capcom nos torneios da Evolution (Battle by the Bay, na época) aconteceu em 2000 e foi repleta de jogadores emprestados de outros games. O melhor exemplo é o veterano Alex Valle que, na ocasião, manteve seu título de campeão em Street Fighter Alpha 2 e ainda conquistou o segundo lugar de MvC 2.

Com o passar do tempo, a comunidade ao redor do jogo foi tomando proporções gigantescas e verdadeiras lendas do eSport começaram a nascer. Nesse caso, a principal delas é Justin Wong. Apesar de normalmente ser lembrado por sua histórica derrota para Daigo Umehara no Evo Moment 37, o jogador é o maior vencedor da competição e conquistou sete vezes o mundial de Marvel vs. Capcom 2 – de 2001 a 2004 e em 2006, 2008 e 2010.

Nos anos seguintes, Marvel vs. Capcom 3 se tornou o representante oficial da série nos torneios do EVO e, apesar de Justin se destacar na maioria deles, outros nomes como Filipino Champ começaram a ganhar força. A última grande conquista de Wong nos games da franquia foi o topo do pódio no EVO 2014. Relembre a decisão emocionante:

Os primeiros nomes de Dragon Ball FighterZ

Uma parte razoável da cena competitiva de Dragon Ball FighterZ é formada por jogadores que ganharam relevância em Marvel vs. Capcom 3. Um dos destaques é Christopher Gonzalez, conhecido como ChrisG e membro da equipe Evil Geniuses. O campeão da EVO 2016 faz transmissões do game em seu canal na Twitch frequentemente e pode ser um dos destaques do Evolution Championship Series 2018.

Outro que está investindo no game e deve dar as caras no EVO deste ano é Dominique “Sonic Fox” Mclean. O americano já foi campeão no evento uma vez com Injustice, duas com Mortal Kombat X e vem mostrando suas habilidades em torneios locais de Dragon Ball FighterZ. Uma das conquistas mais recentes foi o campeonato no Winter Brawl 12, vencendo ChrisG por 3 a 0.

Sonic Fox enfrentou ChrisG e levou a melhor nas finais do Winter Brawl 12. (Foto: Reprodução/Team Spooky)Sonic Fox enfrentou ChrisG e levou a melhor nas finais do Winter Brawl 12. (Foto: Reprodução/Team Spooky)

Sonic Fox enfrentou ChrisG e levou a melhor nas finais do Winter Brawl 12. (Foto: Reprodução/Team Spooky)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.