Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Inspirado no anime mais popular de todos os tempos, Dragon Ball FighterZ é o novo fenômeno dos esportes eletrônicos. Em apenas dois meses, o game já conquistou uma legião gigantesca de fãs e será um dos destaques da EVO 2018 - o evento competitivo mais importante dos jogos de luta. Junto com a ascensão meteórica e os primeiros torneios de alto nível do título, surgiu também a rivalidade entre dois dos maiores jogadores do planeta: Dominique “SonicFox” Mclean e Goichi “GO1” Kishida.

Confira o Gameplay comentado do game Dragon Ball FighterZ:

Dragon Ball FighterZ - Gameplay comentado

Dragon Ball FighterZ - Gameplay comentado

No auge de seus 20 anos de idade, SonicFox ficou conhecido por colecionar campeonatos mundiais de Mortal Kombat X e Injustice. Com o lançamento de DBFZ, o americano se tornou rapidamente um dos melhores na comunidade ocidental. Do outro lado do planeta, GO1 não ficou para trás e impressionou a todos com seu desempenho no novo jogo. O japonês, que competia principalmente em Street Fighter V, chegou a alcançar uma taxa de vitórias maior que 90% em partidas online.

Contudo, a competitividade entre os jogadores só começou de verdade no dia 24 de fevereiro, quando GO1 venceu o torneio Mix Up Night. Após a final, o japonês usou a transmissão do evento para fazer uma provocação: “Você é o próximo, SonicFox”. O americano aceitou o desafio com mensagens nas redes sociais e, no dia seguinte, ao se consagrar campeão do Winter Brawl 12, invadiu a cabine dos comentaristas para mandar outro recado. “Goichi, omae wa mou shindeiru”, disse SonicFox em japonês. A frase é uma referência ao anime Hokuto no Ken e significa “você já está morto”.

SonicFox usa microfone de comentarista para responder rival. (Foto: Reprodução/Winter Brawl 12)SonicFox usa microfone de comentarista para responder rival. (Foto: Reprodução/Winter Brawl 12)

SonicFox usa microfone de comentarista para responder rival. (Foto: Reprodução/Winter Brawl 12)

A batalha dos deuses

Com o apoio dos fãs e aproveitando o clima favorável para a disputa, o encontro dos rivais não demorou em ser anunciado. Os jogadores foram convidados pela organização do evento Final Round 2018 para protagonizar uma luta de exibição. O combate aconteceu no dia 16 de março, no formato FT10 – ou seja, o vencedor seria aquele que ganhasse dez partidas primeiro. Os personagens usados pelos profissionais foram os mesmos de sempre: a equipe de GO1 teve Gohan, Cell e Vegeta; enquanto SonicFox lutou ao lado de Goku Black, Hit e Android 16.

Cartaz inspirado em longa-metragem de Dragon Ball Z e usado para anunciar o confronto. (Foto: Divulgação/ Final Round 2018)Cartaz inspirado em longa-metragem de Dragon Ball Z e usado para anunciar o confronto. (Foto: Divulgação/ Final Round 2018)

Cartaz inspirado em longa-metragem de Dragon Ball Z e usado para anunciar o confronto. (Foto: Divulgação/ Final Round 2018)

O desafio começou com SonicFox empolgado, colocando seu estilo ofensivo em prática e conquistando os dois primeiros pontos. A grande vantagem do americano no início da batalha foi o uso preciso de agarrões, quase sempre para surpreender o oponente e causar dano monstruoso com combos.

Porém, bastaram mais alguns rounds para Goichi entender a estratégia do adversário, ganhar confiança e virar o jogo. O japonês passou a exagerar na pressão com Gohan, decidindo muitas lutas logo no início. O resultado de tudo isso foi um verdadeiro massacre e a exibição acabou em 10 a 4 para Goichi “GO1” Kishida.

Revanche no Final Round 2018

Além da famigerada partida de exibição, o FR2018 também foi sede de um grande torneio de Dragon Ball FighterZ. A competição reuniu vários nomes famosos do circuito, mas o destaque continuou sendo a rivalidade entre SonicFox e Goichi. Os jogadores chegaram à final do campeonato e se enfrentaram novamente. Como o americano estava invicto e GO1 havia sido derrotado nas semi-finais, o jogador oriental precisaria vencer ao menos uma FT3 para resetar a bracket e ter alguma chance de levar o ouro para casa.

No geral, a partida começou de forma muito parecida com o fim do último confronto. Apostando mais uma vez na agressividade de Gohan, GO1 dominou e venceu as três primeiras lutas. Mesmo com dificuldades em sair da pressão e furar o bloqueio inimigo, SonicFox usou as habilidades de Android 16 para contornar os problemas e equilibrar as coisas na segunda metade da decisão.

O jogador americano mostrou domínio do personagem, conseguiu reverter várias situações complicadas e, em alguns rounds, chegou perto de derrotar todos os lutadores do oponente apenas com o brutamonte. Mesmo assim, o esforço não fui suficiente e GO1 venceu a final do campeonato por 6 a 2.

Um é bom, dois é pouco e três é demais

Parecia que a disputa tinha finalmente acabado, mas, para os rivais, ainda faltava algo para provar quem era o mais forte. Menos de uma semana após a decisão no Final Round 2018, GO1 e SonicFox foram convidados para uma nova luta de exibição. O confronto ocorreu na última quinta-feira (24), na inauguração da eSports Arena em Las Vegas.

Apesar do time dos jogadores ter se mantido o mesmo, SonicFox fez uma mudança curiosa para a nova revanche: ao invés de deixar Goku Black na cabeça da equipe, o americano optou por abrir as lutas com Hit. A escolha fez uma grande diferença no resultado das partidas, já que o lendário assassino do universo seis foi fundamental para evitar a pressão de Gohan e manter o jogo neutro por mais tempo.

Gohan é um personagem agressivo em DBFZ. (Foto: Divulgação/BANDAI NAMCO)Gohan é um personagem agressivo em DBFZ. (Foto: Divulgação/BANDAI NAMCO)

Gohan é um personagem agressivo em DBFZ. (Foto: Divulgação/BANDAI NAMCO)

Contudo, o que ninguém esperava é que o príncipe dos sayajins fosse se revelar como uma das armas mais fortes de GO1. Apesar de ter atributos balanceados, as opções de ataque de Vegeta ficam muito limitadas quando sozinho e, normalmente, ele se destaca mais como um lutador de suporte. Ignorando esses detalhes, o japonês usou o personagem para tirar o foco de Gohan, conseguir a vantagem necessária e vencer SonicFox por 10 a 7.

“Ele é um verdadeiro gênio”, diz Goichi

Após o desfecho, os jogadores voltaram a trocar mensagens pelo twitter. “Ele é um verdadeiro gênio. Estava ainda mais forte do que quando lutamos antes. Fiquei surpreso com a velocidade em que melhorou”, publicou Goichi. Já SonicFox, não apenas comentou a partida e agradeceu o encontro, mas também escreveu sobre um possível problema em seu equipamento: “Eu deveria ter trocado meu controle quando o placar estava 4 a 4, foi quando ele começou a ficar visivelmente instável. De qualquer forma, acho que me acomodei ao ganhar as duas partidas que vieram em seguida.”

Os rivais ainda não tem uma data marcada para se reencontrar, mas devem continuar competindo em torneios de Dragon Ball FighterZ ao redor do mundo. O próximo desafio de GO1 será o Norcal Regionals 2018, evento que começa no dia 1 de abril e acontece em Sacramento, capital da Califórnia. Ainda não se sabe quais são os próximos campeonatos em que SonicFox estará presente.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.