Após boa campanha na final mundial do World Electronic Sports Games 2017, a SG e-sports voltou a atuar em alto nível. A equipe brasileira venceu a seletiva sul-americana da StarLadder ImbaTV Invitational e garantiu vaga para a disputa do Minor de DotA 2. Guilherme "Costabile" Costábile, Adriano "4dr" Machado, Rodrigo "Liposa" Lelis, Thiago "Thiolicor" Cordeiro e Lucas "Bardo" Barbosa confirmaram a classificação ao derrotarem os peruanos da Gorillaz-Pride por dois a um.

Antes de alcançar a final da seletiva, a SG enfrentou ainda outros dois adversários. Nas quartas de final, não encontrou dificuldades para despachar a Thunder Predator. Já nas semifinais, o duelo foi contra os compatriotas da STARS e-Sports. Ambos os confrontos foram vencidos pelo placar de dois a zero. Também participaram da classificatória as brasileiras T Show Rising e Midas Club e as peruanas Mad Kings e Infamous Gaming.

Oito organizações disputarão a StarLadder ImbaTV Invitational entre os dias 11 e 15 de abril em Kiev, na Ucrânia. O vencedor do torneio leva pra casa uma premiação de US$ 135 mil, cerca de R$ 446 mil. A equipe campeã também acumulará 300 pontos a mais no ranking do circuito competitivo de DotA 2.

A SG vem crescendo cada vez mais no cenário! (Foto: Divulgação/WESG)

A SG vem crescendo cada vez mais no cenário! (Foto: Divulgação/WESG)

Fnatic, OpTic Gaming e LGD já conquistaram a classificação em seletivas regionais. Os chineses da VGJ.Thunder e os ucrânianos da Natus Vincere foram convidados pela organização do campeonato e, por isso, estão automaticamente garantidos. Os representantes da Europa e da Comunidade dos Estados Independentes ainda serão divulgados.

A StarLadder ImbaTV Invitational é o penúltimo Minor da temporada 2017/18 de DotA 2. As oito organi

... zações classificadas serão divididas em grupos de quatro. Após se enfrentarem em confrontos no formato MD3, os dois melhores de cada chave avançam para as semifinais. O confronto derradeiro será disputado em uma MD5.

O bom momento da SG

A SG e-sports chegou longe na final mundial do World Electronic Sports Games 2017, competição conhecida como as "Olimpíadas" do esporte eletrônico. Bardo e seus companheiros se classificaram para as quartas de final do torneio após terminarem em primeiro lugar no grupo B. Eles venceram a seleção da Sérvia, a EHOME e empataram com a Keen Gaming.

No mata-mata, acabaram derrotados pela Seleção da Rússia. O time formado por altetas da Virtus.Pro, atual líder do ranking geral, acabaria sagrando-se campeão do torneio logo depois. Os russos bateram os brasileiros da paiN Gaming com placar final de três a zero para os europeus.

A também brasileira Pain Gaming foi vice-campeã do WESG 2017 (Foto: Divulgação/WESG)

A também brasileira Pain Gaming foi vice-campeã do WESG 2017 (Foto: Divulgação/WESG)

A SG e-sports entrou de vez no cenário competitivo de DotA 2. Com as recentes mudanças adotadas pela Valve, as seletivas sul-americanas para as disputas de torneios Minor e Major abriraram espaço para o crescimento da organização mineira. Além da boa campanha no WESG, os brasileiros surpreenderam o mundo no The Kiev Major em 2017, avançando paras as quartas de final e eliminando a famosa Team Secret, atual terceira colocada do ranking geral.

A SG também fez bonito ao conseguir vaga para disputar outros dois Majors: StarLadder i-League Invitational Season 3 e AMD SAPPHIRE Dota PIT League.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.