Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Os torneios regionais de League of Legends da Europa e dos Estados Unidos já estão na reta final. Na LCS Europa, G2 Esports e Fnatic brigam pelo título do primeiro split em Copenhague, Dinamarca. Já na LCS América do Norte, Team Liquid e 100 Thieves medirão forças para levantar o troféu em Miami, nos EUA.

Os confrontos serão disputados neste domingo (8), no formato melhor de cinco. Os interessados poderão acompanhar os duelos na plataforma de streaming online Twitch ou pelo canal oficial da Riot Games no Youtube.

Tradição e experiência nas finais europeias

Após dois anos, Fnatic volta a disputar uma final da LCS Europa (Foto: Divulgação/Fnatic)Após dois anos, Fnatic volta a disputar uma final da LCS Europa (Foto: Divulgação/Fnatic)

Após dois anos, Fnatic volta a disputar uma final da LCS Europa (Foto: Divulgação/Fnatic)

Atual tetracampeã da LCS Europa, a G2 Esports alcançou a sua quinta final consecutiva. Com 12 vitórias e sete derrotas, a organização espanhola terminou em segundo lugar na temporada regular e só ficou atrás da Fnatic. Nas semifinais, despacharam a Splyce por três a um.

Estão no elenco titular da G2 Esports o topo Martin "Wunder" Hansen, o caçador Marcin "Jankos" Jankowski, o meio e capitão Luka "PerkZ" Perković, o suporte Petter "Hjärnan" Freyschuss e o atirador Kim "Wadid" Bae-in. A equipe é treinada por Rosendo "Send0o" Fuentes.

Já a Fnatic terminou a primeira fase no topo da tabela com 14 vitórias e apenas quatro derrotas. Pentacampeã da competição e dona de um título mundial, a organização inglesa bateu a Team Vitality no mata-mata antes de chegar à final.

A line-up titular é composta pelo topo Gabriel “Bwipo” Rau, pelo caçador Mads "Broxah" Pedersen, pelo meio Rasmus "Caps" Winther, pelo atirador e capitão Martin "Rekkles" Larsson e pelo suporte Zdravets "Hylissang" Galabov. Dylan Falco é o técnico.

A Fnatic não irá a Summoner's Rift com força máxima. O topo titular Paul “sOAZ” Boyer machucou a mão antes do confronto contra a Team Vitality e anunciou que estaria fora de qualquer partida disputada nos playoffs.

Novata mostra a sua força nos EUA

Uma temporada, uma final. Grande início da 100 Thieves (Foto: Divulgação/100 Thieves)Uma temporada, uma final. Grande início da 100 Thieves (Foto: Divulgação/100 Thieves)

Uma temporada, uma final. Grande início da 100 Thieves (Foto: Divulgação/100 Thieves)

A 100 Thieves, equipe de League of Legends do Cleveland Cavaliers, mal estreou na liga norte-americana e já alcançou a final de forma inédita. A organização liderou a temporada regular com 13 vitórias e seis derrotas. No mata-mata, suou a camisa para eliminar a Clutch Gaming por três a dois.

A equipe tem em sua formação titular alguns velhos conhecidos do cenário competitivo: o suporte Zaqueri "aphromoo" Black e o meio Yoo "Ryu" Sang-wook. Completam o elenco o topo Kim "Ssumday" Chan-ho, o caçador William "Meteos" Hartman e o atirador Cody Sun.

Do outro lado, a Team Liquid enfrentou um caminho mais difícil. O time comandado pelo célebre atirador Yiliang "Doublelift" Peng terminou a temporada regular em quarto lugar. Os pupilos do treinador Nu-ri “Cain” Jang derrotaram Cloud9 e Echo Fox antes de chegarem à final.

Também estão entre os titulares o topo Jung "Impact" Eon-yeong, o caçador Jake "Xmithie" Puchero, o meio Eugene "Pobelter" Park e o suporte ex-Pain Gaming Kim "Olleh" Joo-sung. Devido a uma tragédia familiar recente, ainda não se sabe se Doublelift estará apto a jogar.

A mãe do atirador morreu na noite do último domingo (1) após ser atacada a facadas pelo irmão mais velho de Doublelift. O pai do atleta também foi ferido e se encontra em estado grave. Yihong Peng, de 30 anos, já está preso.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.