As escolhas de personagens em League of Legends demandam muita atenção e estratégia, principalmente nos torneios competitivos. Isso faz com que o jogo produzido pela Riot Games proporcione uma infinidade de composições táticas. No primeiro split do CBLoL 2018, vencido pela KaBuM! e-Sports, por exemplo, 85 campeões diferentes foram utilizados pelas oito equipes partipantes. Cinco escolhas, no entanto, se sobressaíram em relação às demais. Confira abaixo a lista separada por rotas:

Topo: Gnar (26 vezes)

Gnar foi pioridade na tempora regular, mas perdeu força com alguns nerfs durante a escalada (Foto: Divulgação/Riot Games)

Gnar foi pioridade na tempora regular, mas perdeu força com alguns nerfs durante a escalada (Foto: Divulgação/Riot Games)

O yordle pré-histórico começou o ano com tudo. Só na temporada regular, Gnar foi escolhido 23 vezes para ocupar a rota superior. O conjunto de habilidades do campeão é perfeito para os jogadores que estão em busca de controle de grupo, agressividade e resistência. Na fase de pontos, o campeão apareceu muito bem nas mãos de Pedro "LEP" Marcari, da RED Canids.

Gnar foi deixado de lado após as atualizações do patch 8.4. O campeão perdeu um pouco do seu potencial após ter a restituição do tempo de recarga do seu Bumerangue reduzido. Além disso, o campeão também sofreu com o nerf imposto ao Malho Congelado, um dos seus itens mais importantes naquela época. Resultado: o yordle só foi escolhido quatro vezes na escalada.

Caçador: Sejuani (26 vezes)

... lass="progressive-img">
Controle de grupo, mobilidade e defesa. Sejuani é uma caçadora completa (Foto: Divulgação/Riot Games)

Controle de grupo, mobilidade e defesa. Sejuani é uma caçadora completa (Foto: Divulgação/Riot Games)

Não é de hoje que Sejuani é uma das caçadores mais úteis em League of Legends. A campeã não perdeu a sua força após o final da temporada passada e continua sendo prioridade tanto nas filas ranqueadas quanto em partidas competitivas. Escolhida 26 vezes durante as duas etapas do primeiro split, a personagem deixou bons caçadores como Olaf, Jarvan IV e Zac para trás.

A guerreira glacinata é uma boa pedida para composições de team fight que demandem uma linha de frente bem resistente. Além disso, Sejuani é ótima para iniciar lutas com a sua ultimate Prisão Glacial. Embora demore um pouco para crescer na partida e fazer a diferença, a campeã é bastante impactante no jogo coletivo. Sofreu dois pequenos nerfs na última atualização.

Meio: Azir (32 vezes)

O Imperador das Areias voltou com tudo este ano! (Foto: Divulgação/Riot Games)

O Imperador das Areias voltou com tudo este ano! (Foto: Divulgação/Riot Games)

A capacidade de criar jogadas e surpreeender o adversário é um dos triunfos de Azir. Por esse motivo, o Imperador das Areias foi praticamente unanimidade em todas as séries do primeiro split, tanto na fase de pontos quanto na escalada. O campeão é seguro, móvel e imprescindível em composições de cerco.

Azir sofreu um nerf na atualização 8.5. O governante de Shurima recebeu redução de dano em sua habilidade Areias da Conquista e por isso perdeu um pouco de força durante a fase de rotas. No Brasil, pelo menos, ainda continua sendo prioridade. Foi autor de um belíssimo pentakill nas mãos de "Rakin" Knittel, da CNB e-Sports Club, durante confronto contra a ProGaming na escalada.

Atirador: Ezreal (42 vezes)

Escolha segura e poderosa. Ezreal faz sucesso entre os atiradores do CBLoL (Foto: Divulgação/Riot Games)

Escolha segura e poderosa. Ezreal faz sucesso entre os atiradores do CBLoL (Foto: Divulgação/Riot Games)

Alguns jogadores casuais podem não gostar tanto de Ezreal, mas o carismático atirador de League of Legends é figurinha carimbada em duelos competitivos já faz um bom tempo. Considerado uma das escolhas mais seguras para a sua posição, o Explorador Pródigo foi o segundo campeão mais utilizado de todas as rotas do primeiro split.

A mecânica de Ezreal é diferente dos demais atiradores, que se destacam pelo dano proveniente de auto-ataques. O aventureiro de Piltover conta com um arsenal ofensivo baseado em combos de habilidades e por isso às vezes é visto com desdém. Ainda que precise de um bom tempo para crescer, sua fase de rotas não sofre pressão para muitas matchups adversárias.

Suporte: Braum (46 vezes)

Levando em conta todas as rotas, Braum foi o mais escolhido do primeiro split (Foto: Divulgação/Riot Games)

Levando em conta todas as rotas, Braum foi o mais escolhido do primeiro split (Foto: Divulgação/Riot Games)

Braum foi o campeão mais selecionado em todo o primeiro split do Campeonato Brasileiro de League of Legends. O bondoso bigodudo é um dos suportes preferidos de Gustavo "Baiano" Gomes, da CNB e-Sports Club, mas também brilhou nas mãos de outros jogadores da posição como Marcelo "Riyev" Carrara, campeã KaBuM.

O Coração de Freljord é conhecido por sua passiva extremamente poderosa que, quando corretamente utilizada, tem a habilidade de atordoar o inimigo. Além da habilidade útil na fase de rotas, Braum é um dos suportes mais completos para lutas em qualquer fase da partida, seja no early ou no late game. Por fim, sua ultimate Fissura Glacial é ótima para iniciações e disengages.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.