Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A atleta da Vivo Keyd de CS:GO Bruna "bizinha" Marvila falou, com exclusividade para o TechTudo, sobre a necessidade de melhora do cenário competitivo da modalidade em relação à presença das mulheres na cena. A jogadora, que tem impressionado o Brasil e o mundo com o excelente jogo, disse ter passado por problemas até mesmo no começo da carreira por questão do seu gênero.

Bruna "bizinha" Marvila falou com exclusividade com o TechTudo (Foto: Reprodução/Facebook Bruna "bizinha" Marvila)Bruna "bizinha" Marvila falou com exclusividade com o TechTudo (Foto: Reprodução/Facebook Bruna "bizinha" Marvila)

Bruna "bizinha" Marvila falou com exclusividade com o TechTudo (Foto: Reprodução/Facebook Bruna "bizinha" Marvila)

"Quando a menina tem o primeiro contato com o jogo, tem toda aquela reação para ela sair dali. Isso realmente acontece, aconteceu comigo em lan houses. Eu tive um time masculino em lan house, quando era menor, e o maior problema era que eu chamava muita atenção, porque era menina, porque só tinha eu, na lan house, de menina. Então o foco era todo na garota que está jogando e não está fazendo outra coisa", disse Bruna.

Confira a entrevista exclusiva de bizinha para o TechTudo

Entrevista: Bruna 'Bizinha' Marvila

Entrevista: Bruna 'Bizinha' Marvila

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.