Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A New York Excelsior sagrou-se campeã da terceira fase da Overwatch League. A equipe norte-americana saiu vencedora da grande final por três a zero, quebrando uma invencibilidade de 11 partidas da Boston Uprising. Este é o segundo título dos nova-iorquinos no torneio da Blizzard, que também já haviam conquistado a segunda etapa no final de março.

O time treinado pelos técnicos Yu "Pavane" Hyeon-sang e Kim "WizardHyeong" Hyeong-seok desponta como principal força da Overwatch League. Os atuais bicampeões ocupam o topo do ranking geral com 27 vitórias e apenas três derrotas. Já a Boston Uprising segue à sombra dos líderes na segunda posição, com cinco triunfos a menos.

O confronto

A primeira partida da série final, disputada no sistema MD5, foi bem equilibrada. A Excelsior abriu dois pontos de vantagem no mapa Rota 66, foi para o intervalo com o match point na mão, mas acabou permitindo uma reação da Uprising. Os bostonianos até empataram o marcador, no entanto, não tiveram forças para frear a quinta e derradeira investida dos adversários.

O controle estratégico da equipe de Nova Iorque foi mais eficiente no duelo seguinte. Os jogadores da Excelsior não deram chances a Boston no mapa Nepal e confirmaram a segunda vitória da série. Os bicampeões da Overwatch League contaram com atuação sólida de Kim "MekO" Tae-hong. O flex sul-coreano foi dono de 16 abates e apenas seis mortes.

Ninguém para os sul-coreanos da Excelsior (Foto: Divulgação/Blizzard)Ninguém para os sul-coreanos da Excelsior (Foto: Divulgação/Blizzard)

Ninguém para os sul-coreanos da Excelsior (Foto: Divulgação/Blizzard)

O terceiro jogo terminou empatado. Assim como na abertura da série, Nova Iorque voltou a confirmar dois pontos de vantagem, desta vez, no mapa Indústrias Volskaya. Boston correu atrás do prejuízo, igualou o placar de objetivos conquistados e complicou a vida da Excelsior. Ambas as equipes conquistaram mais um round cada. Placar final: 3-3.

O quarto e último confronto foi disputado no mapa híbrido Numbani. Os campeões da terceira etapa dominaram a área de captura e escoltaram a carga com sucesso, assegurando o segundo título do campeonato. Os jogadores da Uprising não facilitaram novamente para a Excelsior e até obtiveram dois pontos, mas não o suficiente para empatar, de novo, o marcador.

Park "Saebyeolbe" Jong-yeol foi eleito o melhor jogador da série. O ofensivo da Excelsior terminou a série com 147 abates combinados, 24 mortes e 44.854 de dano causado. Em entrevista concedida ao canal oficial da Overwatch League na Twitch, o craque sul-coreano levou o público à loucura ao declarar: "Eu sou a melhor Tracer do mundo".

Soberania no campeonato

Uprising faz história: 100% de aproveitamento na temporada regular (Foto: Divulgação/Blizzard)Uprising faz história: 100% de aproveitamento na temporada regular (Foto: Divulgação/Blizzard)

Uprising faz história: 100% de aproveitamento na temporada regular (Foto: Divulgação/Blizzard)

New York Excelsior e Boston Uprising realizaram a final de stage mais equilibrada das três etapas disputadas até aqui. Não à toa, os bostonianos foram a primeira equipe da liga a terminar uma temporada regular de forma invicta: dez vitórias em dez partidas disputadas. Os vice-campeões ainda despacharam a Los Angeles Gladiators na semifinal.

Os nova-iorquinos também mandaram bem nas cinco rodadas da terceira etapa e quase terminaram a trajetória com 100% de aproveitamento. O único revés do percurso foi justamente para Boston. Os jogadores da Excelsior terminaram em segundo, derrotaram a Los Angeles Valiant na semifinal e confirmaram a revanche contra a Uprising.

A Overwatch League volta a ser disputada no dia 16 de março. As 12 organizações do torneio terão pela frente a quarta e última etapa regular. Classificam-se para os playoffs definitivos as seis primeiras equipes do ranking geral. Todos os duelos podem ser assistidos na plataforma de streaming online Twitch.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.