Competição mais antiga no cenário do Rainbow Six: Siege, a sétima edição da ESL Pro League, que será disputada entre 19 e 20 de maio em Atlantic City, nos Estados Unidos, repetirá a fórmula de disputa da season 3 de 2017. A distribuição igualitária de vagas entre as regiões participantes se manteve para a atual temporada.

Disputado em formato de playoffs com eliminação simples, os oito participantes representam quatro partes do mundo (América do Norte, América Latina, Europa e Ásia/Pacífico).

Desta vez, o Brasil, que ainda busca seu primeiro título internacional no FPS da Ubisoft, será representado por FaZe Clan, de Guilherme "gohaN" Alf, Leonardo "Astro" Luís, Gabriel "cameram4n" Hespanhol, João "HSnamuringa" Deam e Rafael "mav" Freitas, e Team Liquid, de Léo "Zigueira" Duarte, André "nesk" Oliveira, José "Bullet" Victor, Thiago "S3xyCake" Reis e Paulo "psk" Lourenço. A premiação total do torneio é de US$ 167.000 (R$ 601.000).

Contudo, devido à expansão do calendário de torneios internacionais no Rainbow Six, que neste ano contará com o Major de Paris, em agosto, e três edições da DreamHack, que serão disputadas entre junho e novembro nos Estados Unidos, na Espanha e na Suécia, 2018 será o primeiro ano com apenas uma edição da Pro League, que antes contava com três temporadas anuais. A seguir, você confere tudo o que precisa saber sobre os times participantes, favoritos ao título e chances dos brasileiros na competição.

Equipe de Rainbow Six da FaZe Clan busca primeiro título internacional de um time brasileiro (Foto: Reprodução/Twitter Guilherme "gohaN" Alf)

... 869565 L4.625,0.260869565 L4.625,0.260869565 Z M6.5,10.0434783 C4.775,10.0434783 3.375,8.5826087 3.375,6.7826087 C3.375,4.9826087 4.775,3.52173913 6.5,3.52173913 C8.225,3.52173913 9.625,4.9826087 9.625,6.7826087 C9.625,8.5826087 8.225,10.0434783 6.5,10.0434783 L6.5,10.0434783 Z" id="Shape"> Equipe de Rainbow Six da FaZe Clan busca primeiro título internacional de um time brasileiro (Foto: Reprodução/Twitter Guilherme "gohaN" Alf)

Os times participantes

A exemplo do regulamento adotado desde a season 3 da Pro League 2017, cada uma das quatro regiões participantes do torneio teve direito a duas vagas, destinadas ao campeão e vice das qualificatórias regionais.

A América do Norte vem representada por seus times mais fortes da atualidade: Evil Geniuses, vice-campeã do Six Invitational 2018 e cuja base ganhou a edição de 2017 da competição pela Continuum; e Rogue, semifinalista do Six Invitational 2017, quando foi derrotada justamente pela EG.

Já os europeus serão mais uma vez representados pela Penta, tricampeã da Pro League e atual campeã do Six Invitational, e Millenium, vice-campeã do qualificatório regional e que tem como melhor resultado em torneios internacionais as quartas-de-final no Six Invitational 2018.

A Penta quer repetir os títulos anteriores da Pro League (Foto: Reprodução/Facebook Penta Sports)

A Penta quer repetir os títulos anteriores da Pro League (Foto: Reprodução/Facebook Penta Sports)

Devido ao domínio no cenário competitivo europeu e mundial, onde ganhou dez dos 14 torneios que disputou, a Penta mais uma vez chega como grande favorita ao título e deve ser o principal obstáculo dos brasileiros numa eventual decisão (brasileiros e europeus estão em partes opostas da chave).

Da região da Ásia/Pacífico, os classificados foram os australianos da Fnatic, que chegaram às quartas-de-final do Six Invitational 2018, quando ainda defendiam a Mindfreak, e os japoneses da da Team Nora-Rengo, vice-campeões do qualificatório regional e estreantes em competições internacionais. Devido aos resultados pouco expressivos da Ásia e da Oceania no Rainbow Six, as duas equipes figuram entre as menos cotadas ao título.

A equipe da Fnatic pronta para embarcar para Atlantic City (Foto: Reprodução/Twitter Magnet)

A equipe da Fnatic pronta para embarcar para Atlantic City (Foto: Reprodução/Twitter Magnet)

Da América Latina, a exemplo do que ocorreu em todas edições da Pro League e do Six Invitational, dois times brasileiros representam a região. Melhor equipe do Brasil da atualidade, a FaZe Clan quer provar que está pronta para conquistar um título internacional, embora ainda não tenha alcançado nenhuma final em torneios desse porte.

Líder e atual campeã do Brasileirão de Rainbow Six, FaZe Clan ainda busca primeiro título internacional (Foto: Divulgação/Ubisoft eSports)

Líder e atual campeã do Brasileirão de Rainbow Six, FaZe Clan ainda busca primeiro título internacional (Foto: Divulgação/Ubisoft eSports)

A antiga line up da Team Fontt é a atual campeã brasileira e da Pro League LATAM, e chega como uma das principais candidatas a desbancar a Penta. Já a Liquid, que conta três dos cinco jogadores vice-campeões da season 1 da Pro League 2017 pela Black Dragons (Zigueira, nesk e Bullet), busca apagar a eliminação precoce na fase de grupos do Six Invitational 2018 e mostrar que pode surpreender na competição.

Duelo de gigantes na estreia e possível confronto entre brasileios

Logo no primeiro dia da competição, a Pro League terá um duelo que poderia perfeitamente ser a decisão do torneio: Penta x Evil Geniuses. Devido à derrota na final do qualificatório da América do Norte, a EG não entrou na condição de cabeça-de-chave, e acabou sendo sorteada a enfrentar os campeões europeus, com quem protagonizaram a grande final do Six Invitational 2018.

Na ocasião, a EG chegou a abrir dois a zero, mas acabou tomando a virada na desicão MD5. Num duelo MD3, no entanto, a margem para erros é menor, e a Evil Geniuses tem a chance de proporcionar a primeira eliminação da história da Penta antes da fase semifinal de uma competição.

O duelo tem tudo para determinar o favorito da parte de cima da chave, uma vez que o vencedor encara Rogue ou Nora-Rengo na fase seguinte. Nesta partida, a Rogue desponta como grande favorita a chegar à segunda semifinal de sua história, mas deverá enfrentar muitas dificuldades quem quer que seja seu adversário na semifinal, especialmente se a Penta, que nunca perdeu para uma equipe da América do Norte, derrotar a EG.

Tricampeã da Pro League e atual campeã do Six Invitational, Penta chega mais uma vez como favorita (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Tricampeã da Pro League e atual campeã do Six Invitational, Penta chega mais uma vez como favorita (Foto: Divulgação/Ubisoft)

Na parte inferior da chave, a FaZe é favorita na partida contra Millenium, cuja última particpação num torneio internacional foi a season 2 da Pro League 2017, quando perdeu na estreia por dois a zero justamente para a atual line up da FaZe, que na época ainda defendia a Team Fontt. Apesar do favoritismo, gohaN, Astro e companhia precisarão entrar atentos no duelo, pois o último jogo contra os franceses foi decidido duas vezes no overtime (6 x 4 nos mapas Oregon e Consulate).

Caso confirme o favoritismo, a Faze pode protagonizar na semifinal um embate de brasileiros contra a Liquid, que enfenta a Fnatic numa reedição da partida que definiu a última vaga do grupo B às quartas-de-final do Six Invitational 2018. Naquela ocasião, os brasileiros acabaram derrotados por dois a um para os australianos, que ainda defendiam a Mindfreak (3 x 5 na Chalet, 5 x 3 na Kafe Dostoyevsky e 4 x 6 na Consulate).

A Team Liquid quer recuperar o bom momento da época de Black Dragons (Foto: Reprodução/FaZe Clan)

A Team Liquid quer recuperar o bom momento da época de Black Dragons (Foto: Reprodução/FaZe Clan)

Desde então, a Liquid trouxe psk para a vaga de Lucas "Yuuk" Rodrigues e subiu de desempenho, ao passo que Fnatic, por jogar numa uma região onde o Rainbow Six ainda tem um cenário mas fraco, costuma ter dificuldades contra times de outros continentes.

Favoritos ao título e chances dos brasileiros

Num cenário que ainda vive um momento de expansão, os grandes candidatos ao título não costumam variar muito entre uma competição e outra. Com a eliminação da Ence, campeã da season 3 da Pro League 2017, ainda no qualificatório europeu, a Penta, conhecida por formar times com os melhores jogadores do continente, como o dinamarquês Niclas "Pengu" Mouritzen, o espanhol Daniel "Goga" Romero e o sueco Fabian "Fabian" Hällsten, figura como único time da região cotado entre os favoritos.

Composta por antiga line up da Continuum, Evil Geniuses é a principal força da América do Norte no cenário internacional (Foto: Divulgação/ESL)

Composta por antiga line up da Continuum, Evil Geniuses é a principal força da América do Norte no cenário internacional (Foto: Divulgação/ESL)

Pela América do Norte, a Evil Geniuses mais uma vez surge como principal representante da região na briga pelo título, apesar do confronto precoce com a Penta. Quando defendiam a Continuum, Troy "Canadian" Jarolavski, Ammar "Necrox" Albanna, Nathan "nvk" Valenti e Austin "Yung" Trexler ganharam em sequência a season 3 da Pro League 2016 e o Six Invitational 2017.

Após um período de resultados ruins, o time, agora com Brandon "BC" Carr no lugar de George "KingGeorge" Kassa, esteve a uma partida de vencer o Six Invitational 2018, trazendo de volta à line up o status de time de elite do Rainbow Six.

Já a FaZe, atual campeã brasileira e da Pro League LATAM, busca finalmente repetir internacionalmente os resultados obtidos a nível local. Apesar das três semifinais de 2017, uma no Six Invitational, quando Astro, gohan e cameram4n defendiam a Santos Dexterity, e duas nas seasons 2 e 3 da Pro League daquele ano, já com mav e HSnamuringa na formação, a equipe ainda têm mostrado momentos de oscilação nos confrontos contra equipes estrangeiras.

Para subir de patamar no cenário internacional, a equipe precisará corrigir essas falhas se quiser, enfim, levar o Brasil ao posto mais alto do pódio.

A Team Liquid, por sua vez, embora tenha na line up nomes que conquistaram o vice-campeonato da season 1 Pro League 2017 pela BD e na season 2 pela BRK, passou por transformações importantes na composição do time. Com S3xyCake e psk nas vagas Leone "oNe" Kayque e Yuuk, a equipe parece finalmente ter encontrado a formação ideal para alçar voos mais altos.

A boa campanha no Brasileirão, com apenas uma derrota em quatro jogos, e a vitória na fase de grupos da Pro League LATAM sobre a FaZe colocam a Liquid como o principal candidato a surpreender e desbancar favoritos no torneio.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.