A equipe brasileira da Sharks Esports foi derrotada pela equipe européia número 3 do mundo nos rankings da HLTV, a mousesports, por 16 a 10 na estreia da fase final da ESL Pro League Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive. Em jogo inspirado de Tomas "oskar" Stastny, que terminou a partida com 26 eliminações, os europeus reverteram um déficit inicial de 6 a 0 para seguir para a chave dos vencedores da competição.

A Sharks teve um começo de jogo avassalador no mapa da Inferno. Depois de vencer o pistol, as confirmações começaram a acontecer e os brasileiros chegaram a abrir 6 a 0 no placar, contando com uma atuação primorosa de Raphael "exit" Lacerda.

A Sharks estreou na ESL Pro League contra a mousesports (Foto: Divulgação/Sharks)

A Sharks estreou na ESL Pro League contra a mousesports (Foto: Divulgação/Sharks)

O domínio terminou em um clutch de muita sorte de Chris "chrisJ" de Jong, que impediu um plant no bombsite B através da smoke nos últimos segundos e abriu o placar para os europeus. A partir daí, o jogo ganhou forte equilíbrio, com a mousesports inclusive empatando o placar em 6 a 6, até que exit e Leonardo "leo_druNky" Oliveira resolveram, no mesmo bomb B, para recolocar a Sharks na vantagem, até fechar a primeira metade por 8 a 7.

Os europeus voltaram a empatar o jogo no pistol round da segunda metade. Apesar de um bom trabalho inicial de leo_druNky, os brasileiros não conseguiram a retomada do bombsite. E, como e costume, os rounds seguintes, o forçado e o econômico, colocaram a mousesports à

... frente do jogo pela primeira vez.

A primeira chance dos brasileiros de voltar para o jogo aconteceu no décimo nono round. No primeiro round armado, os jogadores apostaram em uma marcação do meio, mas a excelente execução da mousesports para a entrada foi muito bem feita, e com prefires afiados, forçaram a Sharks a guardar três armas para evitar maiores danos econômicos.

mousesports segue para a chave dos vencedores da ESL Pro League (Foto: Divulgação/Intel Extreme Masters)

mousesports segue para a chave dos vencedores da ESL Pro League (Foto: Divulgação/Intel Extreme Masters)

O round seguinte parecia estar tomando um lado favorável para o Brasil, com três eliminações do experiente Renato "nak" Nakano durante a entrada dos europeus no bombsite B, mas outro grande trabalho de Martin "STIKO" Styk e Tomas "oskar" Stastny garantiu o ponto para a mousesports.

A mousesports chegou ao match point pela primeira vez no round de número 24. depois de impedir o final de jogo por duas vezes, os brasileiros não resistiram e acabaram derrotados no jogo de abertura da competição.

Com a derrota, a Sharks segue para a chave dos perdedores, e vai precisar vencer quem sair derrotado do duelo entre FaZe Clan e Cloud9, ainda hoje (15).



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.