Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A Royal Never Give Up está classificada para a grande final do Mid-Season Invitational 2018 de League of Legends. A organização chinesa bateu a Fnatic por três a zero na primeira semifinal do mundialito e confirmou o favoritismo perante os europeus. A equipe do craque Jian"Uzi" Zi-Hao, entretanto, não encontrou vida fácil contra os campeões europeus.

Os representantes da China têm agora um dia de descanso pela frente, enquanto aguardam o vencedor de KING-ZONE e Flash Wolves. Sul-coreanos e taiwaneses se enfretam neste sábado (18), às 7h, com transmissão na Twitch e no YouTube oficial da Riot Games. O vencedor da competição leva para casa US$ 385 mil em premiações, cerca de R$ 1.4 milhão em conversão direta.

RNG começa com o pé direito

Karsa foi escolhido para começar a série (Foto: Divulgação/Riot Games)Karsa foi escolhido para começar a série (Foto: Divulgação/Riot Games)

Karsa foi escolhido para começar a série (Foto: Divulgação/Riot Games)

A RNG apostou na experiência do caçador reserva Hung "Karsa" Hau-Hsuan para iniciar a série. O jungler da equipe chinesa entrou no lugar do titular Liu "Mlxg" Shi-Yu, rodou muito bem a selva e fez jus à escolha do técnico Lee "Heart" Gwan-hyung. O meio Li "Xiaohu" Yuan-Hao também se destacou no confronto, com dez abates, quatro mortes e cinco assistências.

O placar de abates do duelo foi mais elástico do que o normal. Os representantes da China fecharam a partida aos 34 minutos com 27 kills contra 16 da Fnatic. E os números dizem muito sobre o que foi o primeiro jogo da semifinal. Ambas as organizações tiveram a chance de sair com a vitória, mas a Royal Never Give Up soube aproveitar melhor as janelas criadas.

Enquanto os europeus apostavam em lutas isolados no mapa, os chineses impunham rotações sincronizadas para conquistar estruturas e dragões elementais. A organização e o senso objetivo do time comandado pelo atirador Uzi foram determinantes para o resultado. Após boa chamada de Barão aos 28, a RNG invadiu a base adversária e confirmou o triunfo.

Batalha de smites!

Broxah perdeu dois bônus em sequência  (Foto: Divulgação/Riot Games)Broxah perdeu dois bônus em sequência  (Foto: Divulgação/Riot Games)

Broxah perdeu dois bônus em sequência (Foto: Divulgação/Riot Games)

Os representantes da Europa foram a Summoner's Rift com os campeões Camille, Skarner, Aurelion Sol, Ezreal e Janna. O time executou muito bem a composição arquitetada pelo treinador Dylan Falco e quase complicou a vida da RNG. As boas atuações do meio Rasmus "Caps" Winther e do atirador Martin "Rekkles" Larsson, entretanto, não foram o suficiente para o empate.

A Fnatic apresentou uma evolução interessante e foi mais consistente na segunda partida. Apesar da derrota, os campeões do velho continente conseguiram tomar as rédeas do jogo desde o início e só não derrubaram o nexus inimigo por questão de detalhes. É que os europeus não contavam com atuação inspirada do caçador Karsa, mais uma vez no lugar de Mlxg.

O jungler da RNG foi autor de dois roubos que mudaram o rumo do confronto. Karsa venceu a batalha no smite contra Mads "Broxah" Pedersen em duas ocasiões pontuais: um Barão aos 29 e um Dragão Ancião aos 42 minutos. Os chineses só puderam virar o placar de ouro global e ampliar a vantagem no placar geral graças aos dois bônus conquistados pelo caçador.

Fnatic fica no quase mais uma vez

Pentakill de Rekkles não é o suficiente para a vitória (Foto: Divulgação/Riot Games)Pentakill de Rekkles não é o suficiente para a vitória (Foto: Divulgação/Riot Games)

Pentakill de Rekkles não é o suficiente para a vitória (Foto: Divulgação/Riot Games)

O terceiro e último duelo foi franco assim como os dois primeiros. Fnatic e RNG se alternaram no placar de ouro, em conquista de dragões, domínio de estruturas e boas team fights orquestradas. A composição de cerco dos chineses, todavia, se mostrou mais eficiente. Os favoritos ao título do MSI 2018 exploraram o potencial da campeã Caitlyn e carimbaram a vaga para a final.

Embora tenha acumulado recursos e abates ao longo do confronto, chegou um momento em que a Fnatic não encontrou mais forças e espaços para avançar. A surpreendente escolha do campeão Singed para a rota do topo, por exemplo, não se mostrou tão satisfatória. Acuados na base, os europeus até tentaram resistir com um milagroso pentakill de Rekkles.

O certame se arrastou até os 47 minutos, quando a Royal Never Give Up executou boas chamadas de Barão e Dragão Ancião para explorar uma última investida. Calma e paciência foram ingredientes fundamentais para o sucesso dos chineses dentro do território adversário. Ao contrário da Fnatic, a RNG não escorregou nos próprios erros e partiu em direção ao GG.

Compromisso marcado

A grande final do Mid-Season Invitational 2018 será disputada neste domingo (20), às 7h15, com transmissão na Twitch, no YouTube e no SporTV 2. Royal Never Give Up e o vencedor de KING-ZONE e Flash Wolves medirão forças na arena Zénith Paris, localizada na capital francesa. A expectativa é de casa cheia para a série valendo título.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.