O próximo compromisso da equipe brasileira de Counter Strike: Global Offensive da SK Gaming é a Adrenaline Cyber League 2018. O torneio conta apenas com quatro equipes e terá início nesta quarta (23), em Moscou, na Rússia. Os times participantes batalharão, durante dois dias, pela premiação de US$ 100 mil, cerca de R$ 366,6 mil.

Adrenaline Cyber League será a próxima oportunidade de redenção da SK Gaming (Foto: Divulgação/ ACL)

Adrenaline Cyber League será a próxima oportunidade de redenção da SK Gaming (Foto: Divulgação/ ACL)

Além da SK Gaming, que foi convidada após a desistência da Na’Vi de participar da competição, Virtus.pro e Gambit também ingressaram sem participar de fases qualificatórias. A equipe desafiante será a AVANGAR, que conta com quatro atletas do Cazaquistão e um da Rússia. Para garantir o acesso, a AVANGAR teve que superar times de destaque como Kinguin, Quantum Bellator e Vega Squadron.

Ao todo, a ACL 2018 contará com três jogos. Na primeira etapa a Virtus.pro encarará a AVANGAR e a SK Gaming enfrentará a Gambit. Os vencedores dos primeiros jogos se enfrentarão na grande final, valendo o título e a maior premiação do campeonato, que ainda não tem sua distribuição definida.

Com Stewie2K, a SK Gaming ainda busca seu primeiro título (Foto: Reproduç
... ão/SK Gaming)" title="Com Stewie2K, a SK Gaming ainda busca seu primeiro título (Foto: Reprodução/SK Gaming)" src="data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wBDAAMCAgMCAgMDAwMEAwMEBQgFBQQEBQoHBwYIDAoMDAsKCwsNDhIQDQ4RDgsLEBYQERMUFRUVDA8XGBYUGBIUFRT/2wBDAQMEBAUEBQkFBQkUDQsNFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBQUFBT/wgARCAATABkDASIAAhEBAxEB/8QAGAAAAwEBAAAAAAAAAAAAAAAAAAUGBwT/xAAYAQACAwAAAAAAAAAAAAAAAAACBAEDBf/aAAwDAQACEAMQAAABfceayyLW9mV0dsTfWGa6vdgY/wD/xAAdEAACAgIDAQAAAAAAAAAAAAADBAABAgUGERUU/9oACAEBAAEFAlXA64jXPki4H5WgJbsM3OzaulUBkgA471j3G4DGi3847hcawZ8tWf/EABkRAAIDAQAAAAAAAAAAAAAAAAABAhEhMf/aAAgBAwEBPwGUqdInj0XCkz//xAAYEQEBAQEBAAAAAAAAAAAAAAABAgAREv/aAAgBAgEBPwGYKn04gdSjleG//8QAKxAAAQMCAgcJAAAAAAAAAAAAAQACAxESITEEFCIjQUKRMjM0UXGBodHw/9oACAEBAAY/AjNLI7Vw8ukuza2mFPdWEEMuFC5nDmy8kyGaGOMuqbw81pwWfyFLojIwYpmi5xGI9Fvb64ZJh0l+rugpaxvMPwXho+g+ltYobPFR2inaC7odV//EACEQAQACAgEDBQAAAAAAAAAAAAEAESFBUTFx0RCh4fDx/9oACAEBAAE/ITFFjYduxK9DflurS8O8oSUJDZ0zc+rzTNZfCj4QigSZI632lQaEJfNl9nPp6NJvjMbpN8cRGBKybCkJ+08z/9oADAMBAAIAAwAAABAzYKD/xAAaEQEBAQEAAwAAAAAAAAAAAAABEQAhYaHw/9oACAEDAQE/EGk884XOPeImmsafQ3//xAAaEQEAAgMBAAAAAAAAAAAAAAABABEhcfCR/9oACAECAQE/EDi53CKF7yYCw9T1z//EAB0QAQEBAAIDAQEAAAAAAAAAAAERIQAxEEFhUYH/2gAIAQEAAT8QKa3hZ3QwRCsejjw7TGxgpWARSua2LYDBBFEoyFzOfZyGVk74C6z6j1zezjGMEFHXr3yovoaGicjA6leFQVxQLGfzgQjGtSfjHeFMcyI0n2Cudb4Zf//Z">

Com Stewie2K, a SK Gaming ainda busca seu primeiro título (Foto: Reprodução/SK Gaming)

Retomando o caminho das vitórias

Após um começo de ano catastrófico, envolvendo mudanças de line up e indefinições em substituições, a SK Gaming busca arrumar a casa para retornar ao hall das melhores equipes do mundo. Embora não tenha ido tão longe na ESL Pro League Finals, a equipe superou o fantasma das recentes eliminações em fases de grupo, caindo para a forte FaZe Clan, nas quartas de final, por 2 a 0.

O time majoritariamente brasileiro, que conta hoje com Marcelo “coldzera” David, Gabriel “FalleN” Toledo, Fernando “fer” Alvarenga, Ricardo “boltz” Prass e o americano Jake “Stewie2K” Yip passou recentemente por mudanças. Em anúncio, coldzera afirmou que está atuando como capitão da equipe, no lugar de FalleN, para que o sniper possa se concentrar em seu jogo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.