Pesquisadores da IBM descobriram um novo malware direcionado para usuários brasileiros. MnuBot, como é chamado, é um trojan criado para roubar dados bancários através do monitoramento constante das atividades realizadas no PC infectado. Além de registrar tudo o que é digitado, o software malicioso consegue tirar print screen da tela do computador, desinstalar programas e até mesmo reiniciar o sistema. Tudo isso pode ser feito de forma remota, sob instruções do criminoso por trás do golpe cibernético.

Outra característica do MnuBot é a dificuldade de ser detectado. O malware consegue mascarar o tráfego, evadindo o antivírus instalado no computador do usuário e evitando que as autoridades façam engenharia reversa para descubrir quem são os autores do crime.

MnuBot é usado para roubar dados bancários, alerta IBM (Foto: Arte/TechTudo)

MnuBot é usado para roubar dados bancários, alerta IBM (Foto: Arte/TechTudo)

A forma como o MnuBot age chama a atenção, pois ele recebe os comandos a partir de um servidor Microsoft SQL. Em contrapartida, a maioria dos trojans comuns obtêm as instruções por um servidor web ou pelo IRC. Com isso, o tráfego malicioso do software pode passar despercebido pelo antivírus instalado no PC, e o usuário não é notificado do risco de segurança. Outro fator interessante é que sua construção é bastante sofisticada para um software desenvolvido na linguagem de programação Delphi.

Uma vez instalado na máquina, o MnuBot consegue espionar o sistema por completo. Ele cria uma área de trabalho e, a partir dela, é capaz de monitorar qual é a janela que está em primeiro plano. Quando detecta que a vítima está prestes a acessar o site de um banco, ele informa ao criminoso a

... ação. Em seguida, aguarda por mais instruções para roubar os dados bancários.

MnuBot é capaz de...

  • Simular e monitorar cliques;
  • Executar keylogger e simular digitação;
  • Tirar capturas de tela (print screen);
  • Desinstalar aplicativos;
  • Recuperar a versão mais recente de documentos;
  • Reiniciar o sistema

Como saber que foi infectado

Assim que o MnuBot é instalado, ele vasculha o diretório do PC em busca da pasta "AppData Roaming" e, se ela não estiver presente, o trojan a cria sem que o usuário saiba. Dessa forma, o principal sinal de que o computador foi infectado é encontrar um arquivo chamado "Desk.txt" nessa pasta.

Após essa etapa, o MnuBot instala um executável chamado "Neon.exe", que fica localizado no diretório C:\Users\Public\Neon.exe. Este componente é responsável por permitir que o criminoso tenha acesso remoto ao computador da vítima.

Como se proteger

A IBM não informou ainda mais detalhes sobre como o trojan está se espalhando entre os usuários. A recomendação no geral é evitar baixar arquivos enviados por anexo em e-mail e clicar em endereços enviados por desconhecidos. Além disso, vale lembrar de manter o antivírus e o sistema operacional sempre atualizados para maior segurança.

Como remover vírus do PC? Tire suas dúvidas no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.