O Snapdragon 850 é o novo processador da Qualcomm destinado a PCs e notebooks. Com promessa de 30% mais performance do que o Snapdragon 835, CPU anterior presente em alguns laptops da HP e Asus com críticas sobre baixo desempenho, o novo modelo é a tentativa da marca de melhorar ainda mais a experiência de uso.

Além da velocidade, o processador ganhou mais autonomia – a fabricante afirma que o novo chip gasta 20% menos energia do que o anterior. Revelado na Computex 2018 nesta segunda-feira (4), o Snapdragon 850 deve aparecer em lançamentos da HP, Asus e Lenovo em um primeiro momento.

Snapdragon 850 é o novo processador da Qualcomm exclusivo para PCs com Windows 10 (Foto: Divulgação/Qualcomm)

Snapdragon 850 é o novo processador da Qualcomm exclusivo para PCs com Windows 10 (Foto: Divulgação/Qualcomm)

Com conectividade LTE (base da tecnologia 4G), a proposta é oferecer ao PC o conceito de celulares que estão sempre conectados – inclusive com velocidade Gigabit. O objetivo da tecnologia é deixar o notebook online, sem depender da rede Wi-Fi da sua casa.

Em relação às especificações, o Snapdragon 850 é um octa-core capaz de rodar a 2,95 GHz de velocidade, além de ser equipado com um chip de 10nm. A GPU usada no processador é a mesma Adreno 630 encontrada no Snapdragon 845, exclusivo para os celulares, e presente no interior dos Galaxy S9 e S9 Plus, por exemplo.

Outro avanço de performance descrito pela Qualcomm fica por conta da velocidade de rede 4G do processador, que está até 20% maior nos testes realizados pela marca. Vale lembrar que laptops com chips da linha têm foco maior em conectividade, oferecendo funcionalidades similares às de tablets – por isso, há suporte

... às redes 4G embutido no processador.

Visto como uma espécie de “segunda geração” da linha Snapdragon para PCs, o 850 visa corrigir as falhas do 835 ao se distanciar das limitações provocadas pelo design, originalmente criado para celulares. Ao contrário do 835, o 850 pode chegar a velocidades mais altas por mais tempo sem tanta preocupação com calor e consumo – já que, nos laptops, as baterias são bem maiores.

Autonomia e compatibilidade com apps

Asus NovaGo foi um dos primeiros PCs com Snapdragon: processador 835 garantia 22 horas de bateria ao notebook (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Asus NovaGo foi um dos primeiros PCs com Snapdragon: processador 835 garantia 22 horas de bateria ao notebook (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

Segundo a fabricante, notebooks que têm o Snapdragon 835 apresentam autonomia de bateria de até 20 horas. Diante do ganho de 20% de eficiência, a Qualcomm afirma que as máquinas com o novo processador terão “dias de bateria”, e não horas.

A grande questão em relação aos computadores com processadores da fabricante gira em torno da compatibilidade com os apps tradicionais do Windows 10. O sistema da Microsoft já tem estruturas que permitem rodar aplicativos em PCs com Snapdragon. Porém, a implementação do recurso foi alvo de críticas na primeira geração da linha em virtude de lentidão e bugs generalizados em programas mais exigentes, como o Photoshop.

Qual processador é melhor? Opine no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.