Os JBL T450BT e E45BT são dois fones de ouvido on-ear da JBL com ficha técnica interessante e preços diferentes. Seus valores mínimos no varejo brasileiro são de R$ 115 e R$ 340, respectivamente. Na comparação, além do design de proposta parecida, os fones de ouvido apresentam especificações semelhantes e isso pode confundir o usuário na hora da compra.

No comparativo a seguir, você vai descobrir quais são as diferenças entre os dois fones de ouvido e até que ponto elas justificam a sua escolha entre um ou outro produto.

Design

No design, os dois fones da JBL apresentam linhas bem similares, com alça reforçada e conchas no final de hastes reguláveis. Seguindo o padrão on-ear, tanto T450BT quanto E45BT têm linhas leves e discretas por conta da ausência de cabos e microfones. No Brasil, o T450BT é vendido em três opções de cor: branca, preta ou azul. Já o E45BT tem versões em preto, branco, azul, verde e vermelho.

Em termos ergonômicos, o E45BT apresenta alça com revestimento acolchoado para melhor acomodação e apoio na cabeça. Além disso, a concha do modelo é ajustável e não fica totalmente fixa ao corpo do fone. Nos dois modelos há controles de reprodução de som nas conchas e as hastes são dobráveis para facilitar o transporte.

E45BT e T450BT (foto) têm controles no próprio fone (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)

E45BT e T450BT (foto) têm controles no próprio fone (Foto: Yuri Hildebrand/TechTudo)

Em relação ao peso, o modelo E45BT é bem mais pesado, somando 574 gramas, enquanto o T450BT fica em 151 gramas. Um fone mais leve pode ser mais confortável, sobretudo para quem usa o acessório por períodos mais prolongados.

... >

Qualidade de som

Com relação à qualidade do som, a característica que destoa entre os dois é o diâmetro do driver dinâmico, que no E45BT é de 40 mm contra 32 mm da versão usada no T450BT. O componente está diretamente associado à reprodução de som do fone de ouvido. Em geral, quanto maior seu diâmetro, melhor será a performance do fone de ouvido na reprodução de graves – embora exageros nesse quesito possam produzir distorções em sons agudos.

E45BT tem driver maior e pode ser usado com cabo (Foto: Divulgação/JBL)

E45BT tem driver maior e pode ser usado com cabo (Foto: Divulgação/JBL)

Essa característica pode favorecer o modelo mais robusto para certos tipos de usuário, mas vale lembrar que o T450BT também conta com o recurso Pure Bass da JBL, que visa acentuar graves e ameniza essa diferença. Há igualdade nas outras especificações que determinam qualidade de áudio. Taxas de impedância (32 ohms) e faixa de frequência de resposta (20 Hz a 20 kHz) são iguais nos dois modelos.

Conectividade, recursos e bateria

JBL T450BT é mais barato, mas tem bateria para menos tempo (Foto: Divulgação/JBL)

JBL T450BT é mais barato, mas tem bateria para menos tempo (Foto: Divulgação/JBL)

Uma das principais vantagens do E45BT sobre o modelo mais barato da JBL é a presença de uma entrada 3,5 mm. O T450BT, por outro lado, só funciona via Bluetooth, característica que rendeu críticas no nosso review.

Os dois fones contam com microfone embutido e oculto, possibilitando atender chamadas telefônicas, por exemplo. Com relação à autonomia, o T450BT pode funcionar por até 11 horas entre recargas, nas contas da JBL. O E45BT vai mais longe, com fôlego para 16 horas, ainda segundo as estimativas da marca.

Preço e custo-benefício

O E45BT custa oficialmente R$ 499 e, no varejo nacional, está disponível por a partir de R$ 340. Já o T450BT aparece com preço de R$ 299 no site da marca, mas pode ser encontrado no e-commerce por no mínimo R$ 115.

Com especificações parecidas, essa diferença no preço pode ser explicada pela leve vantagem do modelo mais premium, que tem entrada 3,5 mm, maior duração de bateria e drivers maiores, além de haste acolchoada. Apesar disso, o T450BT pode ser considerado um headphone de entrada e, mesmo com a desvantagem, o fone tem qualidade de som garantida pela tecnologia Pure Bass.

Qual fone de ouvido é bom para uso geral? Saiba no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.