O cenário competitivo de CS:GO 2018 está equilibrado. Diferentemente do que ocorreu entre 2016 e 2017, quando a SK Gaming monopolizou as competições e conquistou 13 títulos, os principais Majors deste ano tiveram seis equipes vitoriosas, e o time de Gabriel “FalleN” Toledo ainda não levou nenhum título importante até agora. A ESL One Belo Horizonte, que acontece entre os dias 13 e 17 de junho, é o próximo grande torneio do jogo. O TechTudo relembra as principais conquistas deste ano.

ELEAGUE Major: Boston 2018 - Cloud9

Apontada como zebra antes da competição, Cloud9 surpreendeu ao conquistar a ELEAGUE Major Boston 2018 (Foto: Divulgação/ELEAGUE)

Apontada como zebra antes da competição, Cloud9 surpreendeu ao conquistar a ELEAGUE Major Boston 2018 (Foto: Divulgação/ELEAGUE)

Logo no primeiro torneio do ano, a Cloud9 desbancou a SK Gaming, de Gabriel "Fallen" Toledo e companhia, e FaZe Clan para levar o título mundial. O time de Tyler Latham "Skadoodle", Timothy "autimatic" Ta, Will "RUSH" Wierzba, Tarik "tarik" Celik e Jake "Stewie2K" Yip iniciou bem a campanha na New Challengers Stage, com três vitórias e nenhuma derrota. Na fase seguinte, a New Legends Stage, a equipe americana perdeu os dois primeiros jogos para a G2 Esports e Space Soldiers, mas conseguiu se recuperar após vencer três jogos consecutivos diante da Virtus.pro, Astralis e Vega Squadron.

A partir das quartas-de-final, a Cloud9 despachou a G2 por dois mapas a zero. Na sequência, os americanos

... bateram a SK por dois mapas a um (16 x 3 na Mirage, 8 x 16 na Cobblestone e 16 x 9 na Inferno). Na grande decisão, a Cloud9 venceu um duelo emocionante com a FaZe Clan por dois a um (14 x 16 na Mirage, 16 x 10 na Overpass e um 22 a 19 de tirar o fôlego na Inferno). Com o surpreendente título, a Cloud9 tornou-se o primeiro time americano a conquistar um Major na história e levou o prêmio US$ 500 mil (aproximadamente R$ 1,57 milhão em conversão direta).

StarSeries & i-League Season 4 - mousesports

Mousesports foi a grande campeã da StarSeries & i-League Season 4 (Foto: Divulgação/StarLadder)

Mousesports foi a grande campeã da StarSeries & i-League Season 4 (Foto: Divulgação/StarLadder)

Disputado em Kiev, na Ucrânia, o segundo torneio da temporada novamente teve um campeão que não figurava entre os principais favoritos: a mousesports. Na primeira fase da competição, o time de Chris "chrisJ" de Jong, Tomás "Oskar" Stastný, Robin "ropz" Kool, Miikka "suNny" Kemppi e Martin "STYKO" Styk oscilou bastante, mas acabou avançando aos playoffs com três vitórias e duas derrotas.

Nas quartas-de-final, a mousesports encarou a G2 e bateu os franceses por dois a zero. Na semifinal, os europeus derrotaram a Liquid, com uma viória por dois a um, mas com parciais tranquilas nos mapas Mirage e Train (16 x 7 e 16 x 9). O duelo na grande final foi contra a Natus Vincere, que contava com o apoio massivo da torcida ucraniana. Após perder o primeiro mapa, Overpass, por 16 a 9, a mouz precisou de um duplo overtime para vencer a Na'Vi na Mirage por 22 a 18. No terceiro e decisivo duelo, a equipe europeia venceu o confronto na Train por 16 a 9 e levou para casa o prêmio de US$ 130 mil (cerca de R$ 421 mil).

IEM Season XII: Katowice - World Championship - Fnatic

Após um ano sem títulos, Fnatic deu a volta por cima ao ganhar a IEM Katowice - World Championship (Foto: Divulgação/ESL)

Após um ano sem títulos, Fnatic deu a volta por cima ao ganhar a IEM Katowice - World Championship (Foto: Divulgação/ESL)

A IEM XII - World Championship é um dos eventos mais tradicionais e importantes do calendário de CS:GO. O campeonato, que aconteceu em Katowice, na Polônia, consagrou a Fnatic campeã depois de dois anos de jejum. Pelo grupo B, a equipe sueca venceu os dinamarqueses da Heroic, passou pela francesa G2 e ainda bateu a FaZe Clan por dois a zero (16 x 11 na Inferno e 16 x 8 na Cache) para chegar à semifinal.

No duelo seguinte, o time de flusha, JW, Krimz, Maikil "Golden" Selim e Jonas "Lekr0" Olofsson derrotou a Team Liquid por dois a zero (16 x 13 na Inferno e 16 x 7 na Mirage), avançando à grande final contra FaZe. Na decisão, a Fnatic venceu por 3 a 2, com direito a um 19 a 17 no quinto mapa, Train. Flusha foi eleito MVP do torneio e a equipe garantiu o prêmio de US$ 250 mil (R$ 815 mil). Na sequência da temporada, a Fnatic ainda ganharia a WESG.

DreamHack Masters Marseille - Astralis

DreamHack Masters Marseille foi o primeiro grande título da Astralis em 2018 (Foto: Divulgação/Facebook Astralis)

DreamHack Masters Marseille foi o primeiro grande título da Astralis em 2018 (Foto: Divulgação/Facebook Astralis)

A DreamHack Masters Marseille reuniu os melhores times do mundo e contou com uma alta premiação total: US$ 250 mil (aproximadamente R$ 852 mil). O campeonato marcou a recuperação da Astralis na temporada. Na primeira fase, a equipe de Nicolai "dev1ce" Reedtz, Peter "dupreeh" Rothmann, Andreas "Xyp9x" Højsleth, Lukas "gla1ve" Rossander e Lukas "Magisk" Rossander avançou com vitórias convincentes sobre Space Soldiers e Team Liquid, e foi direto aos playoffs.

Das quartas-de-final em diante, a Astralis dominou completamente seus adversários. A equipe fez dois a zero sobre a FaZe (16 x 11 na Mirage e 16 x 6 na Nuke) e sobre a Fnatic (16 x 5 na Overpass e 16 x 12 na Mirage). Na decisão, contra a Natus Vincere, mais um show dos dinamarqueses, que venceram por 16 a 4 na Nuke e 16 a 11 na Inferno e garantiram o prêmio de US$ 100 mil (cerca de R$ 341 mil).

IEM Season XIII: Sydney - FaZe Clan

FaZe Clan conquistou primeiro título da temporada ao vencer a IEM XIII - Sydney (Foto: Divulgação/ESL)

FaZe Clan conquistou primeiro título da temporada ao vencer a IEM XIII - Sydney (Foto: Divulgação/ESL)

A FaZe Clan finalmente conquistou seu primeiro título no ano com a Intel Extreme Masters XIII Sydney. A equipe de rain, karrigan, NiKo, Ladislav "Guardian" Kovács e do substituo Richard "Xizt" Landström, estreou com vitória sobre a Order, mas acabou surpreendida pela Renegades ao perder por dois a um. Na lower bracker, o time precisou disputar com a australiana Grayhound e a Cloud9.

Nas quartas-de-final, os europeus venceram a Fnatic por dois a zero (16 x 8 na Cache e 16 x 14 na Mirage) e logo na sequência bateram os asiáticos da TyLoo por dois a um. Na decisão, contra a Astralis, a FaZe venceu por três a zero, mas os três mapas foram bastante equilibrados, com vitória de rain, karrigan e companhia por 19 a 17 na Cache, 22 a 20 na Overpass e 16 a 14 na Train. A equipe faturou o prêmio de US$ 100 mil (aproximadamente R$ 353 mil).

ESL Pro League Season 7 - Astralis

Astralis chegou ao topo do ranking mundial ao conquistar a ESL Pro League Season 7 (Foto: Divulgação/ESL)

Astralis chegou ao topo do ranking mundial ao conquistar a ESL Pro League Season 7 (Foto: Divulgação/ESL)

O excelente momento da Astralis na temporada foi confirmado em uma das competições mais importantes de todo o calendário do CS:GO: a ESL Pro League Season 7. No grupo B, os dinamarqueses estrearam com vitória sobre OpTic Gaming por 16 x 3 na Nuke. Na sequência, duas vitórias por dois a zero, sobre a SK Gaming e Team Liquid.

No duelo contra a FaZe, a Astralis venceu por dois a zero (16 x 3 na Mirage e 16 x 6 na Inferno). Na final contra a Team Liquid, os dinamarqueses fizeram impressionantes 16 x 1 na Dust II. Na sequência, nova vitória, desta vez em um jogo equilibrado na Nuke (16 x 14). Mesmo com a reação da Liquid na Mirage (16 x 14), a Astralis fechou o confronto na Inferno: 16 x 12. Com o título, a equipe garantiu um prêmio de US$ 250 mil (R$ 937,5 mil) e assumiu a liderança do ranking da HLTV. De quebra, dupreeh foi eleito o MVP do torneio.

StarSeries & i-League Season 5 - Natus Vincere

Natus Vincere encerrou jejum de títulos ao conquistar a StarSeries & i-League Season 5 (Foto: Divulgação/StarLadder)

Natus Vincere encerrou jejum de títulos ao conquistar a StarSeries & i-League Season 5 (Foto: Divulgação/StarLadder)

Esta edição da StarSeries i-League não contou com algumas equipes importantes do cenário, como Astralis e FaZe. A Natus Vincere aproveitou a chance para conquistar seu primeiro título em 2018. Na primeira fase da competição, a Na'Vi estreou com derrota por dois a zero para a TyLoo, mas reagiu ao emplacar duas vitórias pelo mesmo placar sobre VG.FlashGaming e Virtus.pro. No quarto jogo, o time de s1mple, Ioann "Edward" Sukhariev, Egor "flamie" Vasilyev, Daniil "zeus" Teslenko e Denis "electronic" Sharipov, perdeu por dois a um para a mousesports, mas se garantiu nos playoffs ao emplacar dois a zero contra a AVANGAR.

Nas quartas-de-final, a Na'Vi venceu a SK de virada por dois a um (19 x 22 na Inferno, 16 x 6 na Overpass e 16 x 8 na Mirage) e logo na sequência bateu a mousesports por dois a um (7 x 16 na Inferno, 16 x 12 na Mirage e 16 x 8 na Nuke). A decisão contra a NRG foi dominada pela Na'Vi, e em mais uma grande performance de s1mple, eleito MVP, a equipe garantiu o título por dois a zero (16 x 8 na Overpass e 16 x 7 na Cache) e faturou US$ 125 mil (cerca de R$ 467,5 mil).

Esports Championship Series Season 5 - Astralis

Astralis conquistou terceiro título do ano ao vencer a Team Liquid na final da ECS Season 5 (Foto: Divulgação/Twitter ECS)

Astralis conquistou terceiro título do ano ao vencer a Team Liquid na final da ECS Season 5 (Foto: Divulgação/Twitter ECS)

A Esports Championship Series Season 5 (ECS Season 5) confirmou a excelente fase da Astralis, que venceu o torneio sem perder um único mapa. Logo na estreia pelo grupo A, vitória de 16 x 13 dos dinamarqueses sobre a Cloud9, seguida de um verdadeiro atropelo de 16 x 6 em cima da Team Liquid.

Nas semifinais, a Astralis venceu a FaZe Clan na Inferno. A decisão contra a Liquid foi equilibrada nos mapas Mirage e Dust II, com parciais de 16 x 14 e 16 x 11. O AWPer Nicolai "dev1ce" Reedtz acabou eleito MVP da competição, e os líderes do ranking mundial garantiram mais uma alta premiação de US$ 250 mil (aproximadamente R$ 926 mil) pelo título.

O próximo grande torneio da temporada será a ESL One: Belo Horizonte, que acontece entre os dias 13 e 17 de junho. Após começar com o pé esquerdo, a SK Gaming conseguiu uma vitória contra a Gohst e segue no campeonato. A etapa de repescagem será neste sexta-feira (15). Acompanhe o TechTudo para saber tudo sobre a competição.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.