A equipe de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) Na'Vi venceu a BIG na grande final da ESL One Cologne, neste domingo (8), por três mapas a um. A vitória, que é a primeira da organização ucraniana com a atual line up, rendeu a premiação de US$ 125 mil (cerca de R$ 482 mil em conversão direta) para os cinco jogadores e seu técnico.

O primeiro mapa do confronto foi a Overpass, de escolha da Na'Vi. A BIG, de Fatih "gob b" Dayik, Johannes "tabseN" Wodarz, Johannes "nex" Maget, Tizian "tiziaN" Felbusch, Owen "smooya" Butterfield e do técnico Nikola "LEGIJA" Ninic começou bem, mas viu o time rival virar na frente na primeira metade por oito rounds a sete.

Natus Vincere é a grande campeã da ESL One Cologne 2018 (Foto: Reprodução/ ESL)

Natus Vincere é a grande campeã da ESL One Cologne 2018 (Foto: Reprodução/ ESL)

Ao trocar para o lado Contra-Terrorista, o time do veterano Ioann "Edward" Sukhariev, Egor "flamie" Vasilyev, Danylo "Zeus" Teslenko, Denis "electronic" Sharipov, do habilidoso Oleksandr "s1mple" Kostyliev e do técnico Mykhailo "kane" Blagin dominou o mapa. Assim, eles venceram a metade por oito rounds a sete – e o mapa por 16 a 10.

A série continuou no mapa Dust 2, escolhido pela BIG. A Na'Vi, que começou do lado Contra-Terrorista, saiu na frente no round de pistolas contando com duplas eliminações de Edward e electronic. A equipe ucraniana negou o round forçado e o econômico dos alemães, abrindo três a zero e gerando confiança para o primeiro armado.

...
s1mple foi um dos destaques da Na'Vi neste domingo (Foto: Reprodução/ Facebook Na'Vi)

s1mple foi um dos destaques da Na'Vi neste domingo (Foto: Reprodução/ Facebook Na'Vi)

A BIG, entretanto, estava longe de entregar os pontos. O time buscou a reação e terminou a primeira metade, atuando do lado Terrorista, na frente pelo placar mínimo: oito rounds a sete. Na sequência, a segunda metade foi frenética. Com altos e baixos das duas equipes e jogadas individuais de impacto por nex, da BIG, e electronic, da Na'Vi, a line up alemã deixou a série empatada ao vencer por 16 rounds a 11.

Retomando a vantagem no mapa de escolha

A line up ucraniana demonstrou que é boa em escolhas. Ao ver a BIG contestar o segundo mapa e empatar a série, a Train foi o palco para que a Na'Vi confirmasse seu favoritismo. Liderados pela estrela s1mple, em tarde inspirada com 29 eliminações, quatro assistências e 16 mortes, a equipe mais cotada não se desesperou ao presenciar a vantagem da BIG. O time chegou a fazer 10 rounds a sete e fechou o mapa por 16 a 10 para estar, mais uma vez, a frente na série.

A organização alemã BIG teve a oportunidade de conqusitar um título premier em casa, mas não teve sucesso (Foto: Reprodução/ ESL)

A organização alemã BIG teve a oportunidade de conqusitar um título premier em casa, mas não teve sucesso (Foto: Reprodução/ ESL)

Para continuar viva na competição, a BIG precisava, por sua vez, garantir a vitória na Inferno. A Na'Vi, disposta a fechar de uma vez a série, venceu os primeiros quatro rounds. Os donos da casa fizeram questão de provar que o acesso à final não foi sorte e reagiram – eles terminaram a primeira metade com sete rounds contra oito.

O esforço, entretanto, foi em vão. Em grande mapa de electronic (24/10) e flamie (20/12), a Na'Vi dominou o lado CT da Inferno e conquistou o título da ESL One Cologne 2018, carinhosamente chamada de "Catedral do CS".

Qual PC roda CS:GO? Veja no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.