Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Pocophone F1 é o novo celular da Xiaomi com processador de ponta, ficha técnica avançada e preço competitivo. Equipado com Snapdragon 845, mesmo processador do Galaxy Note 9, Xperia XZ2, OnePlus 6 e tantos outros, o aparelho estreia no mercado com tela Full HD+ de 6,18 polegadas, bateria de 4.000 mAh e câmera traseira dupla. Embora tenha lançamento confirmado apenas na China no momento, o Pocophone F1 deverá ser lançado pela Xiaomi em outros mercados.

Pocophone tem processador top de linha, câmera dupla e bateria de 4.000 mAh (Foto: Divulgação/Pocophone)Pocophone tem processador top de linha, câmera dupla e bateria de 4.000 mAh (Foto: Divulgação/Pocophone)

Pocophone tem processador top de linha, câmera dupla e bateria de 4.000 mAh (Foto: Divulgação/Pocophone)

Quer comprar um smartphone Xiaomi barato? Encontre os melhores preços no Compare TechTudo

O dispositivo foi anunciado no mercado indiano por preço na faixa dos US$ 300 (R$ 1.225, em conversão direta), e sua ficha técnica top de linha vai além do processador. O Pocophone F1 tem 6 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento para a versão mais simples, mas poderá ser encontrado com 8 GB de RAM e 128 GB ou 256 GB de armazenamento.

Além disso, a CPU é protegida pela tecnologia LiquidCool, que proporciona um controle mais preciso da temperatura do Snapdragon, prevenindo superaquecimento e garantindo maior margem de manobra para que o sistema rode em alta velocidade por mais tempo.

Outro aspecto que aproxima o Pocophone F1 de aparelhos mais caros é a presença de sensor biométrico de impressões digitais. O componente é localizado em posição centralizada no painel traseiro do telefone. Um pouco acima do leitor de digitais está a câmera dupla do aparelho. O conjunto é composto por um sensor principal de 12 megapixels e por um secundário, de 5 MP, encarregado de efeitos de profundidade em fotografias, como o bokeh. Na dianteira, as selfies ficam sob responsabilidade de uma câmera de 20 MP.

Apenas para comparação de preço, o Note 9 da Samsung começa a US$ 999 nos Estados Unidos com um conjunto que leva o mesmo processador, tem 6 GB de RAM, câmera dupla e bateria de mesma capacidade.

Tela apresenta o mesmo recorte superior de iPhone X, Zenfone 5 e LG G7 (Foto: Divulgação/Pocophone)Tela apresenta o mesmo recorte superior de iPhone X, Zenfone 5 e LG G7 (Foto: Divulgação/Pocophone)

Tela apresenta o mesmo recorte superior de iPhone X, Zenfone 5 e LG G7 (Foto: Divulgação/Pocophone)

As características robustas do Pocophone F1 também se manifestam no design em sintonia com modelos mais avançados, como o LG G7 e iPhone X com seus entalhes na tela. A tela, que tem resolução Full HD+ e 6,18 polegadas usa um aspecto de 18,7:9, mais estreito e que promete favorecer a pegada do aparelho.

Por fim, a bateria também merece destaque: com 4.000 mAh, está entre as maiores da atualidade. Análises prévias do celular em sites como o Engadget afirmam que a autonomia pode chegar a dois dias, com uso moderado, e que o componente fornece energia suficiente para 7 horas de uso.

Ficha técnica do Pocophone F1:

  • Tamanho da tela: 6,18 polegadas e proporção 18,7:9
  • Resolução da tela: Full HD+ (2246 × 1080 pixels)
  • Câmera principal (Dual): 12 MP e abertura de f/1.9 e 5 MP de f/2.0
  • Câmera frontal (selfie): 20 MP
  • Sistema: Android 8 Oreo
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 845 (8 núcleos e 2,38 GHz)
  • Memória RAM: 6 GB ou 8 GB
  • Armazenamento (memória interna): 64 GB, 128 GB ou 256 GB
  • Cartão microSD: compatível
  • Capacidade da bateria: 4.000 mAh
  • Dual SIM: sim
  • Telefonia: LTE
  • Peso: 182 gramas
  • Cores: grafite, azul aço, vermelho, carbono

Vale a pena comprar o celular Xiaomi Mi 5? Usuários opinam no Fórum TechTudo

Conheça as novidades da Xiaomi no MWC 2018

Conheça as novidades da Xiaomi no MWC 2018

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.