Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A caixa de som Bose Home Speaker 500, lançada nesta terça-feira (28), é a aposta da empresa de equipamentos de áudio para o segmento de aparelhos inteligentes. Junto com a nova smart speaker, que vem integrada à assistente pessoal Alexa, da Amazon, a Bose anunciou também duas barras de som smart: o Soundbar 500 e o Soundbar 700. Todos serão lançados oficialmente em outubro deste ano, mas, como a fabricante não está presente no Brasil, só poderão ser adquiridos via importação — por um preço alto, diga-se de passagem.

A estreia da Bose no segmento de caixas de som inteligentes é uma opção a mais para quem quer contar com um assistente pessoal doméstico sem abrir mão da qualidade de som. Em maio deste ano, a JBL e o Google anunciaram o lançamento do Linkbar, um soundbar com Android TV e Google Assistente embutido. Ainda em 2018, a Apple lançou o HomePod, um speaker voltado para músicas integrado com a assistente Siri.

Bose Home Speaker 500 vem com a assistente virtual Alexa, da Amazon (Foto: Divulgação/Bose)Bose Home Speaker 500 vem com a assistente virtual Alexa, da Amazon (Foto: Divulgação/Bose)

Bose Home Speaker 500 vem com a assistente virtual Alexa, da Amazon (Foto: Divulgação/Bose)

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

De acordo com a Bose, a nova caixa de som oferece um dos maiores palcos sonoros da categoria. Ela vem com dois drivers de som que apontam para direções opostas, fazendo o som refletir nas paredes do ambiente e permitindo ouvir cada instrumento de maneira nítida. A Home Speaker 500 pode também ser usada como uma caixa de som Bluetooth, ou seja, acessada apenas pelo celular. Nesse caso, a desvantagem é que ela funciona apenas se estiver plugada na tomada, assim como suas concorrentes.

A caixa de som da Bose tem 15 cm x 10 cm de área, mede 20 cm de altura e pesa aproximadamente 2 kg. Na parte da frente há um visor que mostra algumas informações úteis, como a música ou a rádio que está tocando, e exibe as horas quando está em modo stand by. Ela vem integrada com diversos serviços de streaming, como Spotify e Deezer, e deve ganhar suporte ao Apple Music em 2019.

Bose Soundbar 500 (Foto: Divulgação/Bose)Bose Soundbar 500 (Foto: Divulgação/Bose)

Bose Soundbar 500 (Foto: Divulgação/Bose)

Diferente da Home Speaker 500, os Soundbar 500 e 700 foram desenhados para quem quer a melhor a qualidade de som na hora de assistir à TV. Dotados de HDMI com tecnologia eARC, entrada de cabo óptico e suporte à USB, os dispositivos contam com cinco drivers de som que prometem áudio cristalino tanto para música quando para diálogos ou esportes. Os aparelhos vêm ainda com um controle remoto universal, uma opção extra para controlá-los à distância.

A diferença entre o Soundbar 500 e o 700 está apenas no tamanho: o primeiro mede 10 cm x 78 cm, enquanto o segundo tem 10 cm x 96 cm. Assim como o Link Bar,da JBL, os aparelhos da Bose podem ser usados como caixa de som inteligente independente da TV, e podem responder a qualquer comando usando a frase “Hey, Alexa”. Quem busca uma melhor experiência de áudio pode integrar ao dispostivo caixas de som wireless extras da marca.

Toda essa tecnologia, porém, tem seu preço. O Home Speaker 500 será vendido por US$ 400 (cerca de R$ 1.650), enquanto o Soundbar 500 e 700 poderão ser comprados por US$ 550 (aproximadamente R$ 2.270) e US$ 800 (cerca de R$ 3.300).

Ainda vale a pena comprar um Home Theater? Comente no Fórum do TechTudo.

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Caixa de som Bluetooth: cinco dicas para usar melhor

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.