Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A Netflix ainda tem 3 milhões de assinantes no serviço de aluguel de DVDs , precursor da companhia nos anos 1990, segundo a Variety. A informação revela o apego por um formato já superado, que representa uma parte da história do audiovisual. Desde o século XIX, o desejo de difundir imagens motivou os irmãos Lumière a criar um método de sucesso: o cinema. A partir disso, novas tecnologias revolucionaram hábitos e a forma de consumo até a chegada do streaming. Confira na lista abaixo os principais recursos e transformações, como o surgimento da TV, do DVD e do VHS, por exemplo.

1. Película

Perspectiva de curtir filmes em casa, por meio do computador, teria soado como ficção científica aos irmãos Lumière (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)Perspectiva de curtir filmes em casa, por meio do computador, teria soado como ficção científica aos irmãos Lumière (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)

Perspectiva de curtir filmes em casa, por meio do computador, teria soado como ficção científica aos irmãos Lumière (Foto: Carolina Ochsendorf/TechTudo)

Diversos avanços científicos foram necessários para o surgimento do cinema, no fim do século XIX. Embora a data de início do cinema não seja um consenso, é possível dizer que esse cinema como conhecemos hoje, com projetores e películas, começou na década de 1890 com o trabalho dos irmãos Lumière.

Independente do responsável pelos primeiros passos, filmes em película se tornariam a norma e a única forma de curtir longas e curtas-metragem até a chegada da TV. Só a partir da década de 1950 que as primeiras transmissões de filmes se tornariam comuns.

2. Som e cores

"Flores e Árvores", de 1932, seria o primeiro filme colorido, usando o Technicolor (Foto: Reprodução/Disney)"Flores e Árvores", de 1932, seria o primeiro filme colorido, usando o Technicolor (Foto: Reprodução/Disney)

"Flores e Árvores", de 1932, seria o primeiro filme colorido, usando o Technicolor (Foto: Reprodução/Disney)

Com mais de meio século de sucesso, o filme em película também passou por revoluções. A primeira delas foi o som, em 1927. "O Cantor de Jazz" seria o primeiro filme falado da história, responsável por inaugurar uma nova fase no cinema.

Outra inovação viria logo depois, a cor. Semelhante ao caso do som, experiências com películas coloridas já eram realizadas desde a invenção do cinema. Porém, um dos primeiros marcos de referência das cores é a animação "Flores e Árvores", curta da Disney de 1932 e que usava o centenário método Technicolor.

3. Filmes em casa

Até os anos 1950, a única forma de ver um filme era ir ao cinema. Contudo, a partir dessa década, a popularização e o avanço da TV permitiram que os filmes fossem assistidos no conforto de casa. Entre as condições necessárias para isso estão as tecnologias de videotape e a popularização dos televisores. Contexto influenciado pela invenção do transistor, que possibilitou eletrônicos de maior qualidade, estabilidade e preços mais baixos.

Apesar da chegada do videotape ser apenas nos anos 1950, o primeiro filme transmitido pela TV foi "The Crooked Circle", em 1933. Curiosamente, o filme foi ao ar para a TV enquanto ainda estava em cartaz no cinema e se tratava de uma experimentação de uma emissora de Los Angeles, nos Estados Unidos.

4. Cinema em casa

O primeiro formato cassete, de fita magnética capaz de gravar imagens e som para uso doméstico, foi revelado pela Sony em 1973: o U-matic. No entanto, os grandes marcos do período seriam o VCR, instituído em 1972, e a guerra de formatos entre o Betamax e o VHS. Este venceu o duelo e permaneceu em uso até os anos 2000.

Antes, filmes eram produtos com hora marcada para audiência, dependente das sessões de cinema e da sintonização do aparelho de TV no momento exato de exibição. Para modificar totalmente essa lógica, o VHS chegou. Com o dispositivo, se tornou possível adquirir — ou locar — uma fita e assistir à obra quando, e quantas vezes, quisesse. E talvez, não fosse por ele, a Netflix nem existisse.

4. DVDs e a qualidade de imagem e som

DVDs encolheriam os filmes, eram mais seguros, estáveis, baratos e tinam melhor qualidade. E não precisavam ser rebobinados (Foto: Reprodução/Pond5)DVDs encolheriam os filmes, eram mais seguros, estáveis, baratos e tinam melhor qualidade. E não precisavam ser rebobinados (Foto: Reprodução/Pond5)

DVDs encolheriam os filmes, eram mais seguros, estáveis, baratos e tinam melhor qualidade. E não precisavam ser rebobinados (Foto: Reprodução/Pond5)

O VHS sustentou décadas de filmes em casa. Até a evolução tecnológica, que indicou um caminho para imagens e som de alta qualidade e assim, surgiu o DVD em 1996. Com suporte digital, o formato garantia resolução de som e imagem superior ao atingido pelas fitas magnéticas e, em seguida, conquistou o mercado pré-streaming.

5. BluRay

O BluRay surgiu com a promessa de vídeo com alta definição em casa, para superar o DVD e resolução em 480p. A tecnologia cumpriu o compromisso e foi o padrão da indústria, depois de triunfar em uma nova guerra de formatos contra o HDDVD — o DVD de alta resolução.

Mas o BluRay, ficaria longe do domínio dos formatos anteriores em comparação ao modo de assistir filmes em casa. O motivo é simples de entender: a popularização da Internet.

6. Netflix e a era do streaming

Netflix não está mais sozinha (Foto: Marvin Costa/TechTudo)Netflix não está mais sozinha (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

Netflix não está mais sozinha (Foto: Marvin Costa/TechTudo)

A Netflix não foi a primeira, mas uma das pioneiras na ideia de distribuir vídeo via web para seus assinantes. Em 2005, a Apple começou a vender filmes e séries de TV via iTunes para usuários de iPods, mesmo ano em que o YouTube iniciou suas atividades. Já Amazon, inaugurou um serviço parecido em 2008, antecessor direto do Prime Video.

Apenas em 2007, a Netflix iniciaria suas atividades como plataforma de streaming. Mas, na época, com ações localizadas apenas nos Estados Unidos. Em 2010, os negócios expadiram e o serviço passou a funcionar de forma internacional, com oferta de planos para o Canadá.

Como atualizar a Netflix na smart TV da Samsung? Confira no Fórum do TechTudo.

Netflix: dicas que todo o assinante deveria saber

Netflix: dicas que todo o assinante deveria saber

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.