Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

League of Legends (LoL) tem regras a serem seguidas assim como qualquer jogo online. Certos tipos de comportamentos podem levar jogadores a suspensões leves, moderadas e até mesmo permanentes, a depender da gravidade da situação. A Riot Games, desenvolvedora do MOBA, conta com diversos mecanismos para detectar desvios de conduta e aplica as punições para jogadores casuais e profissionais. Veja, a seguir, 10 posturas que são proibidas no game e que já até afastaram atletas do cenário competitivo.

Elojob

O elojob acontece quando um usuário paga outra pessoa para subir sua conta em filas ranqueadas. O pagamento é realizado sem o aval da Riot Games e prejudica todo o ecossistema do jogo. A desenvolvedora considera esse tipo de conduta uma maneira injusta de subir no ranking. Marcelo "Riyev" Carrara, da KaBuM, André "esA" Pavezzi, do Flamengo e Bruno "Brucer" Pereira, da CNB, já foram suspensos por elojob.

Feedar intencionalmente

No League of Legends, a expressão ''feedar'' significa ser abatido excessivas vezes na fase de rotas, conferindo ouro e mais recursos ao adversário. Em condições normais, esta é uma situação comum. Afinal, os jogadores podem encontrar dificuldades para enfrentar determinados inimigos. Ser abatido de propósito, no entanto, fere os valores coletivos defendidos pela Riot. O atleta Gabriel “tockers” Claumann, da Vivo Keyd foi recentemente suspenso do servidor por "feedar" uma partida.

Nomes impróprios

A Riot Games não tolera nomes de invocador que configurem caráter ofensivo. De acordo com as regras do site oficial, nicks ''difamatórios, vulgares, obscenos, sexualmente explícitos, raciais e étnicos'' são passíveis de penalidade. A empresa também se encontra no direito de alterar nomes de jogadores, se assim preferir. Suspensões, neste caso, são aplicadas apenas em último caso.

Abandonar partidas

Abandonar partidas ativas, sobretudo em filas ranqueadas, é uma atitude recorrente em League of Legends. Inicialmente esse tipo de conduta não leva o usuário a nenhum tipo de suspensão imediata. Os jogadores são submetidos a ''filas de baixa prioridade'', isto é, levarão mais tempo do que o normal para encontrar jogos. Mas em caso de reincidência, a conta do usuário poderá ser suspensa. A Riot Games monitora essa conduta através do sistema Leaverbuster, que rastreia dados dos jogadores.

Hacks, macros e scripts

Todo e qualquer tipo de software não autorizado pela Riot Games é estritamente proibido em League of Legends. Se encaixam nesse perfil: hacks, macros, scripts, bots e mods. Esses programas são utilizados para executar ações automáticas, como desviar skills e acertar habilidades com 100% de precisão. Softwares desta natureza colocam os demais jogadores em desvantagem e são considerado trapaças. Em 2005, o jogador Vermillion, da ANT Gaming, foi flagrado usando script na segunda divisão turca.

Se beneficiar de bugs

Na linguagem da informática, os famosos ''bugs'' são erros de funcionamento dentro de aplicativos e softwares. E não tem jeito. Qualquer jogo está sujeito a problemas, por mais estruturado que ele seja. Aproveitar-se destes bugs com consentimento e para benefício próprio é proibido em League of Legends e os jogadores podem ser suspensos por essa conduta antiética. Em 2016, por exemplo, vários usuários foram banidos por abusarem de um erro no item Portal de Zz'Rot.

Comportamento tóxico

Manter a tranquilidade, cultivar o espírito coletivo e pregar o respeito ao próximo são valores explorados pela Riot Games no Código do Invocador, uma espécie de manual de conduta presente em League of Legends. Assédios, ameaças, atitudes racistas, homofóbicas, xenofóbicas e xingamentos de qualquer natureza não são tolerados. Infelizmente, esse é um dos tipos de suspensão mais comum no ambiente do jogo (e a prática mais reportada pela comunidade).

Reembolsar dinheiro

Reembolsar valores de compras realizadas pelo cartão de crédito em League of Legends é motivo para suspensão. Isso vale para qualquer tipo de serviço contratado dentro do game, como skins, ícones de invocador, boosts, sentinelas e outros produtos disponíveis na loja virtual. A prática, inclusive, tem outra consequência negativa: todos os produtos reembolsados irão desaparecer da conta do usuário.

Spam em chats

O ato de ''spamar'', ou seja, publicar a mesma mensagem em curtos intervalos de tempo, é uma prática indesejável em todos os âmbitos da Internet, e em League of Legends não é diferente. O spam em chats do game pode resultar em banimento, pois atrapalha o fluxo de comunicação durante os confrontos. Seja por questões pessoais ou comerciais, este é um tipo de comportamento considerado ilegal pela Riot Games.

Enviar links suspeitos

Enviar links com cavalos de Tróia, keyloggers, adwares e outros tipos de vírus em chats gera suspensão imediata em League of Legends. Essa postura é geralmente adotada por usuários mal intencionados, que provavelmente estão tentando roubar dados e informações de terceiros. Links com conteúdo abusivo, como pornografia, serviços clandestinos e violência explícita também são proibidos no jogo.

Como funciona o ban da Riot?

A Riot tem um registro de monitoramento de usuário que podem ser utilizados para comprovar violações. Todos os chats, por exemplo, são armazenados temporariamente. O monitoramento de jogadores é também feito pela própria comunidade. Os usuários são livres para reportar transgressões através do Sistema de Feedback Instantâneo, uma ferramenta pública presente no game.

Quanto aos tipos de banimento, as penalidades são quatro e funcionam de forma gradativa. Isso significa que, caso o jogador apresente comportamentos ilegais reincidentes, as punições serão cada vez mais rigorosas.

1º ban: restrição de chat aplicada em 10 partidas;

2º ban: restrição de chat aplicada em 25 partidas;

3º ban: suspensão de duas semanas;

4º ban: suspensão permanente.

LoL ou Dota, qual o melhor MOBA? Comente no fórum TechTudo!

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.