O iPhone XR chegou: a Apple apresentou o novo iPhone de 2018 nesta quarta-feira (12), nos Estados Unidos. O celular chama a atenção pela vasta opção de cores, sendo elas branco, preto, azul, coral, amarelo e vermelho, e pela ficha técnica, com armazenamento de 64 GB, 128 GB e 256 GB e promessa de desempenho ainda mais veloz. O smartphone desembarca em 26 de outubro no país norte-americano a partir de US$ 749 (cerca de R$ 3.089,85 em conversão direta). Ainda não se sabe preço no Brasil e início das vendas em território nacional.

Com design similar ao iPhone X, o smartphone é a opção de entrada da Apple. Confira, a seguir, a ficha técnica e os detalhes do iPhone XR.

Ficha técnica do iPhone XR

  • Tamanho da tela: 6,1 polegadas
  • Resolução da tela: 1792 x 828 pixels
  • Painel da tela: LCD
  • Câmera principal: 12 megapixels
  • Câmera frontal (selfie): 7 megapixels
  • Sistema: iOS 12
  • Processador: Apple A12 Bionic
  • Armazenamento (memória interna): 64 GB, 128 GB e 256 GB
  • Cartão de memória: não
  • Dual SIM: sim
  • Peso: 194 gramas
  • Cores: branco, preto, azul, coral, amarelo e vermelho
  • Anúncio global: 12 de setembro de 2018
  • Preço de lançamento: US$ 749 (64 GB), US$ 799 (128 GB), US$ 899 (256 GB)
  • Início das vendas no Brasil: indefinido
  • Preço no Brasil: indefinido

Tela e design

O iPhone XR é quase um irmão gêmeo do iPhone X. A tela (comercialmente conhecida como Liquid Retina) de 6,1 polegadas conta com o polêmico recorte na parte superior do painel LCD, que abriga sensores e a câmera frontal. Assim, o celular segue a tendência dos lançamentos de 2018, com quase nenhuma borda na frente.

A Apple também repete a fórmula do iPhone 5C: são cinco cores disponíveis, entre elas branco, preto, azul, coral, amarelo e vermelho. Além disso, o celular tem proteção contra água (profundidade de até 30 metros), com a certificação IP67.

O que chama a atenção, no entanto, é a ausência do botão Home. Isto confirma as especulações anteriores sobre a ausência do leitor de impressões digitais TouchID nos lançamentos da Apple a partir de 2018, e encerra uma das principais características do iPhone desde a primeira geração, de 2007.

Câmera

Diferentemente dos demais lançamentos, o iPhone XR não tem câmera dupla. Dessa forma, o celular conta apenas com um sensor de 12 megapixels com abertura de f/1.8, que pode render imagens claras mesmo em ambientes com baixa iluminação. Mesmo assim, o smartphone permite tirar fotos com o famoso efeito bokeh – popularizado pela Apple como Modo Retrato –, que desfoca o fundo, graças a incrementos no software.

Durante o evento, a Apple também anunciou o recurso Smart HDR, ou HDR Inteligente. Na prática, a ferramenta oferece fotos com mais riqueza em nitidez e detalhes.

A câmera para selfies tem apenas 7 megapixels com abertura de f/2.2, e conta com os sensores TrueDepth, para Face ID e Animojis. O celular filma em até 4K.

Desempenho e armazenamento

A safra de 2018 estreia o mais novo processador da Apple: o A12 Bionic. Com núcleo neural, o chip promete desempenho até 15% maior se comparado com a geração anterior, o A11 Bionic, do iPhone 8 e iPhone X. Além disso, a arquitetura de 7 nm garante mais eficiência energética – ou seja, mais bateria.

A memória interna também é promissora, com opções de 64 GB, 128 GB e 256 GB. Vale lembrar que nenhum iPhone tem suporte a expansão de armazenamento via cartão de memória microSD.

Bateria

O iPhone X

... R promete durar uma hora e meia a mais, se comparado com o iPhone 8 Plus, segundo a Apple. Isto significa que o celular pode render uma autonomia de 15 horas de acesso à Internet via rede Wi-Fi e ainda garante metade com apenas 30 minutos na tomada. O lançamento ainda conta com carregamento sem fio (Qi), presente nos celulares da marca desde a geração anterior.

iOS 12

O iPhone XR será comercializado com a versão mais recente do sistema operacional da Apple, o iOS 12. Ainda em testes, a atualização estará disponível para todos os iPhones e iPads de 2013 em diante e iPod touch 6ª geração a partir do dia 17 de setembro.

Com promessa de melhor desempenho e teclado mais rápido, a nova versão do iOS trará uma central de controle de atividades, que gera relatórios de uso e propõe menos tempo com o smartphone em mãos, e os novos Memojis, a evolução dos Animojis, que permite criar uma carinha animada com cabelos, olhos, acessórios, entre outros, personalizado pelo usuário.

Outras novidades ficam pelo Apple Fotos mais inteligente graças à recursos de Inteligência Artificial, o app Medidas e melhorias nas notificações e Modo Não Perturbe.

Preço e disponibilidade

Ainda não há data de lançamento marcada para o Brasil. Por ora, o celular estará disponível nos Estados Unidos a partir de 26 de outubro, por US$ 749 (64 GB), US$ 799 (128 GB) e US$ 899 (256 GB). Em conversão direta e sem impostos, os preços ficam em R$ 3.089,85, R$ 3.296,11 e R$ 3.708,64, respectivamente.

Quanto vai custar o novo iPhone 2018 no Brasil? Usuários opinam no Fórum TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.