Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Isabela Cabral, para o TechTudo


Mais de um século antes dos smartphones e até dos computadores pessoais, a máquina de fax já permitia o envio (quase) instantâneo de mensagens através de longas distâncias. Logo, imagens também podiam ser transmitidas. A tecnologia, que teve seu auge algumas décadas atrás, usa sinais de rádio ou telefone para transferir informações e reproduzi-las em papel no equipamento do receptor.

Avô do celular e antecessor dos telefones fixos, o aparelho ainda é utilizado hoje em dia, especialmente no Japão. Conheça, a seguir, dez curiosidades sobre o fax, que resiste até hoje em alguns escritórios.

1. O fax é mais antigo que o telefone

O físico e relojoeiro escocês Alexander Bain registrou, em 1843, a patente de um telégrafo elétrico capaz de transmitir imagens através de fios. Em 1860, nas linhas telegráficas entre a capital francesa Paris e as cidades de Marseilles e Lyon, o engenheiro italiano Giovanni Caselli instalou o pantelégrafo. Tratava-se de uma espécie de máquina de fax rudimentar, criada para uso comercial.Além disso, na mesma época, uma linha experimental de fax foi implantada na Rússia, ligando São Petersburgo e Moscou.

Por sua vez, o telefone só foi patenteado em 1876 por Alexander Graham Bell. A primeira linha telefônica comercial começou a operar em 1877.

2. A última atualização no protocolo de transmissão de fax foi em 2005

O atual protocolo de fax, chamado de T.30, foi estabelecido em 1985 pela agência internacional ITU-T, sigla em inglês para Setor de Normatização das Telecomunicações. Ele define a atividade de fabricantes de máquinas de fax até hoje, mas desde sua criação recebeu mais de uma dúzia novas versões e emendas. A última atualização, porém, aconteceu em 2005.

3. Faxes ainda são usados

A tecnologia do fax pode parecer ultrapassada, mas ela nunca desapareceu. Um levantamento de 2015 estimou que ainda havia, naquele ano, 46,3 milhões de máquinas de fax ativas no mundo todo. É possível notar essa persistência ao visitar o site de quase qualquer grande empresa ou agência governamental – lá estão números de contato de fax. Agências de bancos pelo país também têm o aparelho.

4. Especialmente popular no Japão

As empresas japonesas tiveram um papel importante na popularização global do fax durante as décadas de 1970 e 1980. A possibilidade de enviar notas escritas a mão no alfabeto tradicional do país era um grande atrativo. Esse apreço pela tecnologia persiste até hoje, quando comparado ao resto do mundo: no Japão, ter uma máquina de fax segue sendo comum não apenas para corporações, mas também para cidadãos. Estima-se que faxes são usados atualmente em 40 a 50% das casas japonesas.

5. Faxes são mais seguros do que você imagina

Um dos motivos para a permanência do uso do fax é a preocupação com a segurança. Na era digital, é claro que enviar e-mails e mensagens de WhatsApp é muito mais rápido e prático. No entanto, a internet apresenta alguns riscos. A todo momento testemunhamos invasões de sites e vazamentos de dados, inclusive de grandes proporções. Recursos que tornam a troca de informações pela rede mais segura estão cada vez mais avançados, mas há quem ainda prefira recorrer aos faxes para se prevenir contra ataques digitais.

6. É possível hackear redes corporativas usando o fax

Apesar de mais seguro que um simples e-mail, por exemplo, o fax não é inviolável. Durante um congresso anual de segurança digital, os pesquisadores Yaniv Balmas e Eyal Itkin demonstraram como hackear uma máquina de fax usando uma conexão telefônica.

O teste com uma multifuncional da HP revelou uma vulnerabilidade em um módulo do sistema responsável pelo processamento de arquivos JPEG. Aproveitando a brecha, foi possível controlar totalmente o dispositivo a partir de um fax recebido. Para mostrar as consequências em potencial, Balmas e Itkin usaram o exploit EternalBlue e infectaram um computador conectado à mesma rede que a máquina.

7. Primeiro envio de foto via fax aconteceu em 1906

O alemão Arthur Korn foi responsável pelo primeiro envio de imagem por fax da história, em 1906. Era uma fotografia do príncipe Guilherme, herdeiro do trono alemão, transmitida por 1.800 quilômetros. Korn, que foi professor de Direito, Física e Matemática, seguiu trabalhando com a tecnologia. Em 1913, conseguiu transmitir um filme por telégrafo óptico e, em 1923, teve seu sistema utilizado pela polícia para mandar fotos e impressões digitais.

8. Faxes podem transmitir imagens coloridas

Sua ideia de um documento transferido por fax provavelmente é de um papel cinzento com tons do branco ao preto. Entretanto, desde 1996, as máquinas de fax também são capazes de trocar imagens com cores. Faxes coloridos usam formato JPEG, enquanto aqueles em preto e branco usam TIFF.

9. As máquinas de fax modernas têm múltiplas funções

Em muitos casos, as organizações que ainda mantêm a utilização do fax ao menos abandonaram as máquinas dedicadas em favor de dispositivos multifuncionais mais modernos. São equipamentos que servem como impressora, copiadora, scanner e fax, e ficam conectados a uma linha telefônica, uma rede corporativa e, às vezes, à Internet.

10. Existe o fax digital

Sabia que dá para enviar e receber faxes pela Internet? Se, por algum motivo, você for obrigado a mandar um fax e não faz ideia de onde arrumar uma máquina, não se desespere. Há vários serviços online, alguns deles grátis, que permitem o envio de mensagens ou documentos do computador para uma máquina de fax ou o recebimento de faxes por e-mail. Entre eles estão o FaxZero, o GotFreeFax, o FaxBetter e o eFax.

Como consertar celular que caiu na água

Como consertar celular que caiu na água

Qual será o preço do iPhone XS no Brasil? Usuários opinam no Fórum TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.