Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Taysa Coelho, para o TechTudo


A SumUp Total é a nova máquina de cartão da SumUp, que promete a bateria mais resistente do mercado na categoria, com autonomia de até 25 horas de uso após uma única carga, de acordo com a empresa. Diferente de outros modelos da marca, o produto permite imprimir na hora o comprovante da transação na hora ou enviá-los por SMS.

Sem cobrar aluguel, o aparelho tem preço de R$ 718,80, oferece dez anos de garantia e funciona de forma autônoma, sem precisar de um smartphone. Para isso, a maquininha conta com conexão via Wi-Fi ou 3G, além de Bluetooth para emparelhamento com outros dispositivos. A seguir, conheça mais detalhes da SumUp Total, como taxas e bandeiras aceitas, e saiba se ela é boa para você.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é a SumUp Total?

A SumUp Total é um leitor de cartões com tela de LED e teclado físico, compatível com cartões de chip e tarja. A máquina realiza o processo de forma independente, sem a necessidade de integração com celulares ou tablets. Para isso, conta com opções de conexão via Wi-Fi ou dados móveis.

Após realizar a operação, o proprietário pode imprimir o comprovativo de venda ou enviar via SMS. O relatório de venda diário pode ser visto no próprio aparelho ou emitido em papel. De acordo com a fabricante, o eletrônico tem a bateria com o maior tempo de duração da categoria, aguentando até 25 horas de uso por recarga.

Para quem é indicada?

A máquina é indicada todos os tipos de comerciantes. Devido à grande autonomia da bateria, pode ser usada por bastante tempo sem estar conectada à rede elétrica, o que pode ser útil para profissionais que não têm posto fixo de trabalho. Além disso, o fato de não depender somente do Wi-Fi para funcionar, atuando também com 3G, amplia a facilidade de utilização em ambientes externos, como feiras, por exemplo.

Vale lembrar que, apesar de não ser necessário o pagamento de aluguel, o dispositivo requer compra constante de bobinas. Por isso, o proprietário deve levar em conta esse gasto além do valor da máquina, que pode ser parcelado em até 12 vezes de R$ 59,90. Quem não tem tanto capital para investir, pode optar por outros aparelhos da marca ou da concorrência, que são mais baratos e não imprimem o comprovante de venda.

Taxas e parcelamentos

Apesar de não ter taxas de adesão ou aluguel, a SumUp Total funciona como qualquer outra máquina de cartões e isso implica no pagamento de taxas de operação. A cada venda no débito é cobrada uma taxa única de 2,3% e o valor é recebido em um dia útil em conta bancária ou no cartão pré-pago SumUp, alternativa para quem não tem conta em banco.

Já para compras no crédito, o usuário deve optar entre um dos dois planos disponíveis. No Antecipado, é cobrado 4,60% nos pagamentos à vista mais 1,50% a cada parcela e leva somente um dia útil para o comerciante receber as vendas. Já no Econômico, a taxa por operações à vista é de 3,10% e de 3,90% em até 12 vezes. Nesse caso, o proprietário recebe em parcelas a partir de 30 dias.

Bandeiras

A SumUp Total é compatível com cartões de crédito e débito das bandeiras Visa, Mastercard, Elo, Hipercard e Hiper. A marca informa que está trabalhando para aceitar novas opções, entre ela bandeiras de Vale-Refeição e Vale-Alimentação. Assim que ficarem disponíveis, passarão a funcionar na máquina automaticamente.

Garantia

As máquinas da SumUp têm 10 anos de garantia e podem ser trocadas em caso de problemas técnicos que ocorrerem dentro desse período, desde que tenham sido mantidas em condições normais de uso e manutenção. Portanto, danos ocasionados por mau uso, como possíveis quedas e leitores riscados não são cobertos. Caso o aparelho tenha mais de um ano, a substituição só é feita caso tenha sido realizada ao menos uma venda nos últimos 12 meses antes da solicitação.

Preço

A SumUp Total é a máquina mais completa e, por isso, também a mais cara da companhia. O equipamento está à venda por 12x de R$ 59,90 (R$ 718,80 no total) no site da empresa, com entrega grátis em 15 dias para todo o Brasil. O dispositivo é acompanhado de carregador de parede, quatro bobinas de papel, display de balcão e adesivos de bandeira e um manual de instruções.

O usuário tem 30 dias para testar sem compromisso e, caso não fique satisfeito, recebe todo o valor pago de volta. A devolução da maquininha também é feita sem qualquer custo para o consumidor.

Concorrentes

A principal concorrente da SumUp Total é a Moderninha Pro, do PagSeguro, que também não cobra aluguel. A máquina também custa R$ 718,80 e permite imprimir comprovantes de pagamento ou enviá-lo por SMS para os clientes. A rival oferece chip e plano de dados grátis e abrange uma quantidade maior de bandeiras: Mastercard, Visa, Elo, Cabal, Hipercard, Hiper, American Express, Diner’s Club International, Alelo, Sodexo, Ticket e VR.

Em compensação, a SumUp Total apresenta autonomia de bateria muito superior, suportando 19 horas a mais de uso. Além disso, o período de garantia oferecido pela SumUp é o dobro do ofertado pelo PagSeguro.

Ficha técnica

Máquinas de cartão de crédito no celular são seguras? Saiba no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.