Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Taysa Coelho, para o TechTudo


É possível identificar fake news pelo WhatsApp com a ajuda do Fake Check. O detector de boatos foi criado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A ferramenta grátis pode ser acessada via web ou pelo mensageiro, com o auxílio de um bot, em celulares Android e iPhone (iOS). O usuário se comunica com uma aplicação que simula as respostas de um ser humano, verifica o conteúdo e responde sobre o seu teor. Ainda em fase de testes, a plataforma já consegue detectar com 90% precisão as notícias que se enquadram como totalmente verdadeiras ou totalmente falsas, segundo os criadores.

Vale ressaltar que o WhatsApp fornece um canal em que é possível denunciar conteúdos problemáticos, como fake news e spam, por meio do próprio app. Para isso, o serviço solicita informações completas e print sobre o caso, uma vez que eles não têm acesso às mensagens, criptografadas de ponta a ponta. A ferramenta ajuda a plataforma a encontrar perfis responsáveis por espalhar esse tipo de material. A medida faz parte dos investimentos em segurança do mensageiro, que baniu milhares de contas suspeitas em período eleitoral.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

De acordo com o professor Thiago Pardo, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, os textos falsos costumam apresentar alguns indícios claros. "A gente sabe que, quando uma pessoa está mentindo, inconscientemente, isso afeta a produção do texto. Mudam as palavras que ela usa e as estruturas do texto. Além disso, a pessoa costuma ser mais assertiva e emotiva. Então, uma das formas de detectar textos enganosos é medir essas características", explica.

Para que o sistema aprendesse a diferenciar os conteúdos, foram aplicadas técnicas da área de inteligência artificial. Foram usados 3,6 mil textos falsos e 3,6 mil verdadeiros, todos em português, publicados na web entre janeiro de 2016 e janeiro de 2018. A partir do reconhecimento das características e padrões dessas reportagens, o computador foi "treinado" para avaliar outros conteúdos. Confira a seguir como usar o Fake Check no WhatsApp e descobrir se uma notícia é verdadeira ou falsa.

Passo 1. No smartphone, acesse o link (https://otwoo.app/nilc-fakenews) pelo navegador de sua preferência, como Google Chrome, Firefox e Safari. Em seguida, você será redirecionado para uma janela do WhatsApp, com o conteúdo "Nilc-FakeNews" (sem aspas) no campo de mensagem. Toque na seta para enviar;

Passo 2. Você receberá então a seguinte mensagem: "Olá! Seja bem-vindo ao detector de fake news do NILC-USP – Detecção Automática de Notícias Falsas para o Português! O sistema irá utilizar o modelo de detecção para avaliar se a notícia é falsa ou verdadeira. Insira o corpo de uma notícia". Em seguida, abra a notícia que deseja avaliar como verdadeira ou falsa e a copie na íntegra;

Passo 3. Depois, cole todo o conteúdo na barra de mensagens e toque na seta para enviar. É importante seguir exatamente esses passos, uma vez que o sistema não funciona com trechos da notícia, manchetes ou links;

Passo 4. Caso a notícia tenha a chance de ser verdadeira, o sistema informará: "Essa notícia é possivelmente verdadeira. Sempre consulte fontes confiáveis antes de divulgá-la". Se for falsa, a plataforma enviará: "Essa notícia pode ser falsa. Por favor, procure outras fontes confiáveis antes de divulgá-la".

Pronto. Aproveite a ferramenta Fake Check para consultar mensagens duvidosas no WhatsApp e saber se elas são, de fato, fake news.

Via ICMC

Contatos aparecem sozinhos no WhatsApp? Saiba como resolver no Fórum do TechTudo.

Como apagar os seus dados do WhatsApp

Como apagar os seus dados do WhatsApp

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.