Por Bruno De Blasi, da redação

24/10/2018 09h37


As queixas contra operadoras de telefonia celular tiveram redução de 21,5% em um ano, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Entre as operadoras com o maior número de reclamações abertas estão a TIM e a Claro. De acordo com o levantamento, questões sobre cobrança nas linhas pós-pagas e créditos em planos pré-pago são as principais reivindicações dos clientes.

Foram registradas 224,9 mil reclamações envolvendo todos os serviços de telecomunicações – telefonia móvel, fixa, TV por assinatura e banda larga. A agência faz a comparação com o mesmo mês do ano passado.

Reclamações sobre operadoras de celular
Ranking divulgado pela Anatel em setembro de 2018
Fonte: Anatel

As principais reclamações de setembro de 2018 estão relacionadas a questões financeiras. Entre os clientes pós-pago, a maior parte das queixas registradas são problemas na cobrança, falhas no serviço e cancelamento. Reclamações com créditos, ofertas, bônus e promoções e qualidade do serviço se destacam entre usuários das linhas pré-pagas.

Todas as operadoras apresentaram redução em relação ao ano anterior. A TIM lidera a lista, com 40,5 mil queixas abertas em setembro, com a Claro em segundo lugar, com 21,2 mil reclamações, ambas as empresas com queda de 13,7% e 20,9%, respectivamente. A Vivo ocupa a terceira colocação, com 19,6 mil registros abertos (-29,6%). Completam a lista a Oi, com 15,1 mil (-15,3%) e a Nextel, com 4 mil (-53,8%).

Entre os estados, Rondônia teve a maior redução de reclamações dos serviços de telecomunicação, com queda de 33,9%. Regiões, como Pernambuco (-22%), Bahia (-20,2%), Minas Gerais (-13,1%), Rio de Janeiro (-17,4%) e São Paulo (-9,9%), vêm em se

... guida.

O levantamento também levou em consideração serviços de telefonia fixa e televisão, que tiveram queda de 12,6% e 14,5%, respectivamente. Serviços de banda larga fixa apresentaram aumento de 6,3% em 2018.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.