Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Filipe Garrett, para o TechTudo


Smartphones do ano passado, iPhones 8, 8 Plus e iPhone X agora também contam com o polêmico controle de desempenho da Apple, mecanismo que reduz a velocidade do processador quando a bateria começa a envelhecer. A novidade está presente na atualização do iOS 12.1, liberada nesta terça-feira (30), e vai de encontro a declarações anteriores, quando a companhia alegou que os celulares do ano passado usariam componentes mais avançados modernos, em que o desgaste natural da bateria seria menor. Usuários podem desativar o mecanismo.

Quem notou a mudança de posição da Apple sobre o assunto foi o site The Verge. A publicação observou que no texto original, antes da versão 12.1 do sistema operacional desembarcar, a Apple dizia que “o iPhone 8 e posteriores usam um design mais avançado de hardware e software para estimar consumo de energia e a capacidade da bateria e otimizar a performance geral do sistema”.

Depois da introdução da redução de performance nos iPhones 8, o texto mudou para “iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X incluem esse recurso, mas o gerenciamento de performance pode ser menos perceptível em virtude do design de hardware e software mais avançado”.

Na prática, a Apple passa a admitir o uso da ferramenta nos telefones mais novos, mas sustenta que seu impacto no desempenho – ou seja, a intensidade da perda de velocidade de processamento – será menos perceptível nos celulares mais recentes.

Celulares da Apple em 2017: conheça iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X

Celulares da Apple em 2017: conheça iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X

Entenda o caso

O recurso criado pela Apple foi alvo de uma série de polêmicas devido à falta de transparência, o que motivou processos judiciais em diversos países, sob acusação de obsolescência programada. A Apple se defende dizendo que a medida previne problemas com a bateria e isso ajuda a preservar outros componentes que poderiam acabar danificados por conta de baterias com desgaste pronunciado depois de alguns anos de uso.

Toda a confusão nasceu quando usuários do Reddit perceberam que iPhones passavam por uma limitação no software, como se o processador ficasse mais lento. A polêmica se instalou em virtude da natureza do mecanismo, implementado sem que o usuário soubesse, e a suspeita de que a limitação de velocidade de iPhones mais antigos via sistema operacional fosse uma forma da Apple forçar o consumidor a comprar modelos novos todos os anos.

Alvo de pesadas críticas, a Apple admitiu a presença da funcionalidade, mas defendeu a suposta forma de preservação do hardware para diminuir o desgaste da bateria com o tempo.

Além disso, a marca prometeu mais transparência, derrubou o preço para trocar a bateria do iPhone (inclusive no Brasil) e passou a oferecer a possibilidade de desligar o recurso diretamente no celular.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.