Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Julio César Puiati, para o TechTudo


Epitácio ''TACO'' de Melo, jogador de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), é um dos maiores nomes brasileiros no cenário internacional do game da Valve. Com 23 anos de idade, o jovem nordestino já entrou para história ao conquistar títulos importantes na Luminosity Gaming e SK Gaming. Após sair da SK, TACO entrou na Team Liquid, equipe em que atua até hoje. O TechTudo selecionou cinco curiosidades sobre o pro player que é um dos maiores ídolos brasileiros no CS.

Origem do nick

Ao contrário do que muitos pensam, o nick do jogador brasileiro nada tem a ver com o prato de comida mexicana. Taco, na verdade, é o apelido que o pro player ganhou de sua madrinha na infância. A denominação é uma brincadeira com o seu primeiro nome, Epitácio, pouco usual entre os jovens de sua idade. O apelido ''pegou'' e foi escolhido para representá-lo dentro dos servidores.

Tarefas para o irmão

Em entrevista ao SporTV, TACO contou que quando era criança, a sua família tinha apenas um computador em casa. Para ''conquistar'' o direito de jogar Counter-Strike no tempo livre, Epitácio realizava algumas tarefas para agradar o irmão mais velho. Uma delas era preparar a sobremesa favorita do irmão: leite condensado com farinha láctea. A barganha resultou ao jogador algumas horinhas extras à frente do PC.

Plano B

Caso abandone o cenário competitivo de CS:GO, TACO pretende estudar economia. O jogador sempre foi bom em organização. Inclusive, ele era o responsável por criar planilhas de gastos dentro de casa. Quando sua mãe viajava, TACO controlava a quantia deixada para os irmãos, anotava as compras realizadas com o dinheiro e anexava ao relatório todas as notas fiscais.

Jogar dá dinheiro? Sim!

De acordo com o portal e-Sports Earnings, TACO é o sexto profissional de CS:GO do mundo que mais faturou dinheiro na história. Até outubro de 2018, foram US$ 857 mil (cerca de R$ 3,1 milhões) arrecadados em premiações ao longo de sua carreira. Só pela SK Gaming, o atleta acumulou 13 troféus e esteve em 21 finais de torneios, o que faz dele um dos jogadores mais bem sucedidos dos últimos anos.

Briga com s1mple

Em 2016, TACO ficou marcado por uma polêmica com Oleksandr "s1mple" Kostyliev, atual AWPer da Natus Vincere. O brasileiro, até então player da Luminosity Gaming, se desentendeu com o ucraniano em uma partida online. ''Gosto de matar noobs na faca como você'', disse s1mple. ''Você nunca me venceu em nenhum mapa. O noob é você'', retrucou TACO. Essas foram apenas algumas frases da confusão. Ambos os atletas se desculparam publicamente depois da confusão.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.