Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


Sem dificuldades, a Invictus Gaming (China) atropelou a Fnatic (Europa) e conquistou seu primeiro título do Campeonato Mundial de League of Legends (LoL) 2018, levando para casa US$843 mil, cerca de R$3 milhões, valor que aumentará com as vendas de itens no jogo. As expectativas eram de uma série melhor de cinco partidas (MD5) longa e equilibrada, mas tudo o que foi visto foram jogos unilaterais por parte do time chinês, que foi superior nos drafts e soube executar suas estratégias de forma a anular seu adversário, finalizando os três jogos rapidamente e levantando a primeira taça de mundial para a liga chinesa de LoL, a LPL.

Confira agora mais detalhes sobre a série e os resultados completos da edição de 2018 do Mundial de LoL e suas premiações.

Jogo 1 - Vitória da Invictus Gaming

Invictus Gaming não sentiu a pressão da final e executou a proposta de sua composição com tranquilidade. A começar pelo foco na Irelia de Rasmus "Caps" Winther na Rota do Meio. Aproveitando dos controles de grupo da Lissandra de Song "Rookie" Eui-jin e os ganks da Camille de Gao "Ning" Zhen-Ning, a IG simplesmente anulou a Irelia adversária, dando o espaço para destruir as torres tier 1 e tier 2 da Rota do Meio com apenas 13 minutos de jogo. Logo, as lutas favoráveis para os chineses vieram, as estruturas da Fnatic foram caindo e a vantagem de ouro se tornou discrepante. Por fim, bastou um barão para a IG aos 24 minutos de jogo e mais uma luta favorável para encerrar o primeiro jogo.

Jogo 2 - Vitória da Invictus Gaming

Mais uma vez, o caçador Gao "Ning" Zhen-Ning, jogando de Gragas, escolheu uma rota específica para focar e anular no jogo. Dessa vez, a vítima foi o Urgot de Gabriël "Bwipo" Rau na Rota Superior. O Topo da Fnatic já enfrentava dificuldades com a Irelia de Kang "TheShy" Seung-lok e quando o Gragas de Ning chegou, seu jogo simplesmente se tornou um desastre. Como se isso não bastasse, a composição da Fnatic precisava de tempo para crescer, fazendo com que todas as rotas ficassem na desvantagem e o Caçador Mads "Broxah" Brock-Pedersen não conseguisse fazer nada com seu Lee Sin. Logo o jogo desandou para a Fnatic, que arriscou tudo aos 27 minutos de jogo por um Barão, mas foi simplesmente a chamada que decretou a derrota frente a superioridade da IG.

Jogo 3 - Vitória da Invictus Gaming

No terceiro jogo da série, a Fnatic optou por chamar o veterano Paul "sOAZ" Boyer do banco como um último suspiro para tentar uma recuperação heroica. Além disso, a composição dos europeus foi bastante diferente, principalmente na escolha de Jax como Caçador. Embora tenha sido um começo de jogo bem mais equilibrado do que nos dois primeiros jogos, não demorou muito para a Invictus Gaming vencer lutas atrás de lutas e adquirir uma boa vantagem. Isso até o Caçador Mads "Broxah" Brock-Pedersen executar um heroico roubo de Barão e dar esperanças para a Fnatic de se recuperar. No entanto, foi apenas para atrasar o resultado final. A Invictus Gaming continuou superior nas rotações, contou com um jogo inspirado do jovem Yu "JackeyLove" Wen-Bo, voltou a vencer as lutas e derrubou o nexus aos 25 minutos de jogo, sagrando-se campeã mundial.

O MVP da competição, como esperado por muitos, foi para o Caçador Gao "Ning" Zhen-Ning. O resultado completo do mundial você pode conferir na tabela logo abaixo. As premiações podem aumentar consideravelmente com a adição de parte das vendas de itens dentro do League of Legends.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.