Por Igor Nishikiori, para o TechTudo

11/11/2018 07h00 Atualizado 2018-11-11T09:00:52.966Z


Se você tem uma smart TV, nunca é demais tomar algumas precauções para que seu aparelho dure bastante tempo. Algumas medidas simples, como evitar usar produtos químicos durante a limpeza e não deixar o televisor em local abafado e exposto ao sol, já contribuem para preservar seu dispositivo.

Além disso, não deixe a segurança de lado. Como as televiões atuais têm funcionamento próximo ao de computadores, é importante evitar conectar o aparelho a redes Wi-Fi desconhecidas, dentre outras ações que deixam seu aparelho suscetível a ataques de hackers. Confira a seguir seis coisas que você nunca deve fazer com sua smart TV.

1. Não instalar corretamente o suporte na parede

Instalar um suporte para a TV não é das tarefas mais simples e, se o procedimento for feito de maneira incorreta, a consequência pode ser um grande prejuízo. Para evitar essas situações, a primeira coisa é ficar atendo ao tamanho e peso do televisor, que precisam corresponder ao máximo permitido pelo suporte. Depois, é preciso se certificar de que não há nenhuma tubulação de água, gás ou rede elétrica passando por trás da parede. Se a sua parede for de madeira (ou drywall), ainda será necessário reforçá-la com chapas de aço e parafusos especiais.

Além disso, é preciso levar em conta a altura do suporte em relação ao chão. Para um cômodo como a sala, onde as pessoas costumam assistir à TV sentadas no sofá, a altura ideal é de 1,20 m (medindo até o centro da tela). Já para o quarto, o aparelho pode ficar em uma posição mais alta.

2. Usar produtos químicos ao limpar a tela

Sempre que for limpar sua smart TV, lembre-se de nunca usar produtos químicos, como detergente, álcool ou lustra-móveis. Caso contrário, há o risco de surgir uma mancha na tela. Além disso, nunca faça a limpeza com a televisão ligada, nem borrife água sobre a tela. Isso pode comprometer alguns componentes internos e fazer com que o eletrônico pare de funcionar.

As fabricantes costumam indicar apenas o uso de um pano macio (de preferência de microfibra) para retirar a poeira. Caso haja marcas de gordura ou de digitais, a limpeza pode ser feita com um pano ou um algodão umedecido.

3. Colocar a TV em lugar abafado ou exposta a raios solares

As smart TVs estão cada vez mais próximas dos computadores em termos de recursos e componentes. Por isso, a dica para quem tem PCs vale também para as TVs: não coloque o dispositivo em locais fechados e com pouca circulação de ar, como armários e estantes fechadas. Isso fará com que o aparelho superaqueça, reduzindo sua vida útil e causando outros danos que podem ser permanentes.

Outra dica é não colocar a tela do televisor exposta diretamente a raios solares. Além de prejudicar a visualização, por conta dos reflexos da luz, essa ação pode causar superaquecimento dos componentes e, em alguns casos mais graves, deixar manchas na tela. Uma solução simples é mudar o ângulo da TV ou providenciar cortinas para barrar a luz direta.

4. Deixar as configurações da TV no máximo

Por desconhecimento ou até preguiça de configurar, muita gente tem o costume de deixar brilho, contraste e backlight da tela no máximo permitido. Isso, não apenas consome mais energia, como faz com o que a vida útil da televisão diminua consideravelmente.

Uma maneira de resolver esse

... problema é conferir se sua TV possui um modo de Economia de Energia, que adapta a configuração da tela de acordo com a iluminação do local. Assim, se a sala estiver escura, o brilho do televisor é automaticamente reduzido para um nível mais equilibrado. Outra saída é fazer o ajuste manual das configurações do aparelho.

5. Fazer compras pela smart TV ou usar redes Wi-Fi desconhecidas

Embora, as smart TVs estejam cada vez mais inteligentes, muitos modelos são suscetíveis a ataques de hackers. Portanto, nunca é demais se proteger. Uma medida importante é jamais se conectar a redes Wi-Fi desconhecidas. Isso pode fazer com que seu eletrônico se torne alvo fácil para invasores.

Além disso, evite clicar em links suspeitos quando estiver navegando pela Internet e nunca use senhas, nem faça compras pela smart TV. Como a maioria das TVs possui um sistema operacional mais simples, nem todos os dispositivos possuem suporte a criptografia, antivírus e outros sistemas de segurança.

6. Deixar a smart TV desatualizada

Atualizar o firmware do televisor, além de garantir mais proteção contra invasores, corrige bugs importantes e pode até acrescentar algumas funções novas. Por isso, o ideal é configurar para que a TV baixe a atualização automaticamente, o que torna essa tarefa ainda mais prática.

Em alguns modelos, como os da Samsung, também é possível atualizar automaticamente os aplicativos. A função é interessante, porque as empresas costumam lançar novos recursos e interfaces de navegação. Assim, você garante que não vai perder nenhuma novidade.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.